Brasil Elege Primeira Mulher Presidente da República

A partir do dia 1º de janeiro de 2011 e, pelos próximos quatros anos, o Brasil terá como chefe maior da nação, uma mulher. Mas não é uma mulher qualquer, esta mulher que o povo brasileiro consagrou como a primeira presidente da República Federativa do Brasil, é uma mulher com uma trajetória de vida e de luta política impressionante, que começou ainda na juventude, logo após o golpe militar de 1964. Bom, e o resto da história todo mundo já conhece né? Ela foi presa, torturada e humilhada, passou quase três anos na prisão comendo o pão que o Diabo amassou. Mas não ficou só nisso, depois que ela saiu da cadeia, continuou sua vida, sempre derrubando barreiras e quebrando paradigmas. Porem a belíssima trajetória de Dilma, não a livrou dos ataques, do jogo sujo e do preconceito.
Durante a campanha eleitoral, a sua capacidade de comandar os destinos do nosso país, foi inúmeras vezes questionada. Obviamente grande parte dessas inquietações tem origem no preconceito, talvez pelos simples fato de ser mulher, guerrilheira, de não ter morrido enquanto foi torturada na ditadura militar, de ter origem búlgara etc etc…
Acusada de estar ocupando a posição de destaque na disputa eleitoral, graças a popularidade e a influencia do presidente Lula, Dilma Rousseff seguiu firme em sua marcha ruma à vitória, conquistado a cada dia a confiança do eleitor. No dia 13 de agosto de 2010, ela aparece pela primeira vez nas pesquisas na frente do seu principal oponente, José Serra e, se manteve na frente até ser eleita no dia 31 de outubro.
Espero sinceramente, que a Dilma Rousseff, possa encarar o desafio de governar esse país gigante chamado Brasil, com a mesma coragem, garra e determinação que ela sempre teve durante toda a sua vida. E que possa dar continuidade a essa projeto de governo aprovadíssimo pela sociedade brasileira, que é o projeto do governo Lula, mas não esquecendo que para O BRASIL SEGUIR MUDANDO ela precisará também imprimir o seu estilo de governar fazendo os ajustes necessários, pois tenho certeza que ninguém discorda que, mesmo com os avanços que conseguimos nas mais diversas áreas, O BRASIL PODE MAIS e, vai continuar crescendo, rumo ao desenvolvimento que todos nós sonhamos. (Léo Barbosa)