Onda de assaltos assombra moradores de Wagner/BA. Falta policiamento

assalto wagnerUma onda de assaltos e roubos a residências assusta moradores da cidade de Wagner – BA. Historicamente calma e tranquila, a pequena cidade de 10 mil habitantes enfrenta um surto de violência nas últimas semanas e coloca moradores em alerta.

Apenas na noite desta terça-feira (09), foram registrados dois assaltos consumados, um arrombamento a comércio, uma tentativa de arrombamento a residência e uma troca de tiros. Segundo informações de moradores, os assaltos teriam sido realizados por homens armados. Nas semanas anteriores os alvos foram residências, que foram arrombadas e saqueadas pelos marginais.

Um morador contou à nossa redação ter se deparado com um suspeito, que teria sacado uma arma de fogo da cintura no meio da rua. Assustado, o morador que não quis se identificar, disse ter baixado a cabeça e esperado pelo pior, mas o elemento teria guardado a arma de volta e seguido em frente.

O município conta com apenas dois policiais militares efetivos, o que torna impossível à Polícia Militar garantir a proteção da população. Hoje, diante dos registros assustadores da noite passada, um efetivo de reforço da PM apareceu para auxiliar, mas se não permanecerem, a situação tende a se intensificar, já que a sensação de impunidade estimula a prática criminosa.

A onda de violência está inclusive estimulando uma possível mudança no horário das sessões da Câmara de Vereadores, já que o Presidente da Casa Legislativa Municipal não se sente seguro em se deslocar tarde da noite para sua residência no distrito de Cachoeirinha. Se até as autoridades buscam se esconder, com medo dos bandidos, o que será do cidadão comum, desprovido de qualquer recurso de segurança? Acuados, os moradores se impõem um toque de recolher voluntário, na esperança de que as autoridades tomem providências para restabelecer a ordem no município. (Tribuna da RIDE)