Ex-gestor de Wagner é multado por não enviar documentos e informações para o TCM

natan1Por não ter encaminhado os documentos e informações sobre a prestação de contas da gestão e pela sonegação de informações contábeis e financeiras durante alguns meses, o ex-prefeito de Wagner, Natã Garcia Hora, foi multado em R$9 mil pelo Tribunal de Contas dos Municípios. A decisão ocorreu nesta terça-feira (13) e os conselheiros resolveram ampliar para R$1 mil por cada mês a multa caso a documentação exigida não seja entregue no prazo legal. A relatoria afirmou que a Prefeitura de Wagner consta na lista dos ordenadores de despesas que omitiram informações referentes a diversos meses de 2016 – 63 prefeituras, 15 câmaras municipais e 10 entidades vinculadas ainda não puseram em disponibilidade pública suas contas -, o que pode acarretar em processos administrativos.

Os conselheiros irão analisar nos próximos dias a possibilidade de denunciar os gestores omissos ao Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA), movendo ação por Crime de Improbidade Administrativa. Durante a sessão também foram multados por não terem encaminhado documentação correta o ex-prefeito de Presidente Tancredo Neves, Valdemir de Jesus Mota e os presidentes das Câmaras de Entre Rios e Ubatã, Tárcio Luiz Almeida e Jaquison Mendes Brito. (Bahia Notícias)