Capim Grosso: Dupla executa manicure, é seguida e morre em confronto com a PM

Foto: Reprodução/Facebook
Foto: Reprodução/Facebook

Após três meses sem nenhum homicídio, a cidade de Capim Grosso, no Sudoeste da Bahia, registrou três mortes nesta sexta-feira (22) pela manhã. O delegado Humberto Marino Júnior, titular da delegacia local, conta que uma dupla armada em uma motocicleta executou a manicure Luzinete dos Anjos da Silva, 38 anos, no Centro da cidade. Na fuga, a dupla acabou sendo morta em confronto com a polícia.

A manicure se deslocava para o trabalho quando Fernando Faustino da Silva desceu da moto e disparou três tiros na cabeça da vítima. “Ele estava com o comparsa, Lucas Francisco Oliveira Silva. Depois de matar a manicure, eles fugiram, mas se depararam com duas viaturas da Polícia Militar e houve perseguição. Já na saída da cidade, perto do encontramento com Senhor do Bonfim, eles resistiram à prisão, teve confronto e eles foram baelados”, explica o delegado.

“Esse é o primeiro crime contra a vida que acontece na cidade em 90 dias. As pessoas ficaram assustadas com o fato”, reforçou o delegado Humberto Marino.

Ele ressaltou que Fernando e Lucas chegaram a ser levados para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade, mas não resistiram aos ferimentos. Lucas, segundo o delegado, já tinha passagens na polícia por tráfico de drogas.

“Acreditamos que a morte da manicure tenha relação com o tráfico de drogas. Não há informações de que ela teria, por exemplo, algum tipo de envolvimento com os autores. Ela tinha algumas passagens por tráfico de drogas. Acreditamos que isso tenha motivado a morte”, afirmou o delegado ao CORREIO. Com Fernando e Lucas, segundo a Polícia Civil, foram encontradas duas armas.

Veja abaixo nota da PM sobre o crime: 

Na manhã desta sexta-feira (22), uma guarnição da Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe) Cerrado, após ouvir disparos de arma de fogo, na Avenida ACM, município de Capim Grosso, realizou rondas na região e flagrou o momento em que dois indivíduos armados em uma motocicleta, atiravam em direção a uma mulher. A vítima morreu no local, onde os PMs fizeram o isolamento para chegada da Polícia Técnica. De imediato os policiais militares realizaram o acompanhamento dos acusados, que se recusaram a obedecer às ordens de parada, e dispararam contra a guarnição. No revide, os dois indivíduos foram atingidos. Ele foram socorridos e encaminhados a UPA do município, onde não resistiram aos ferimentos.
Foram apreendidos com eles um revólver calibre 38 com quatro cartuchos deflagrados e um intacto, uma pistola calibre 22 com dois cartuchos intactos, cinco munições calibre 38 e uma motocicleta marca Honda de cor azul. (Correio24Horas)