Integralizar capital tem se tornado um dos investimentos mais vantajosos

sicoob0612Quem busca realizar investimento, realiza pesquisas, pergunta e busca informações de todas as maneiras possíveis, foi desta maneira que milhões de brasileiros passaram a investir na compra de cotas das cooperativas de crédito. Com a solidez atual das cooperativas, o retorno tem sido acima do esperado, mesmo em um cenário de crise. Outro fator de destaque é que cooperado ainda tem ganhos com base nas movimentações financeiras que faz na instituição.

Ao contrário dos bancos, nas cooperativas os cotistas são sócios do negócio. O dinheiro é utilizado para a formação do capital social. Mas é só depois de adquirir um pedaço da participação, que o aplicador pode realizar as operações financeiras disponíveis, como movimentação de conta corrente ou tomada de crédito.

E quanto mais a cooperativa dar resultado, mais o associado ganha. Os participantes recebem uma remuneração dos juros sobre o capital, que não pode ultrapassar os 100% da taxa Selic no período em que é calculada. Esta distribuição ocorre porque as cooperativas são instituições sem fins lucrativos, o que exige o rateio dos resultados entre os sócios. Logo, quanto maior a cota adquirida, maior será o retorno.

Remuneração via lucro

Os juros, porém, não são a única forma de remuneração. Se a instituição lucrar e gerar excedentes, ela pode distribuir as sobras aos cotistas. As regras variam entre as instituições, mas os percentuais médios representam ganhos significativos para os cooperados.