Tapiramutá-BA: Moto transportando quatro pessoas da mesma família colide com carro; Criança de 7 anos morreu no local

Por volta das 23h deste domingo, 16 de outubro de 2016, uma criança de 7 anos morreu e mais três pessoas da sua família ficaram feridas, vítimas de colisão entre carro e moto na cidade de Tapiramutá.

Segundo informações, na mesma moto seguia um casal com os dois filhos, um de 7 e outro de 12, quando colidiram com o carro na pista entre Tapiramutá e o povoado de Porto Feliz, na BA 052.

Ainda de acordo com informações, além da morte da criança de 7 anos, o seu irmão de 12 anos ficou em estado grave, sendo transferido para Salvador juntamente com o seu pai, que teve fraturas na perna e braço.

A imprudência também causou ferimentos na mãe das crianças, que sofreu fratura de fêmur e pernamece internada no Hospital de Tapiramutá, aguardando uma vaga no Sistema de Regulação do Estado. (Augusto Urgente)


Agente de Saúde é assassinado a tiros no interior Bahia

Um funcionário da Prefeitura Municipal de Itambé foi assassinado com vários tiros na noite de ontem (domingo), na Rua João Pessoa, nas proximidades do Estádio Osório Ferraz.

Natalício Pires, Agente Comunitário de Saúde e Endemias da Secretaria de Saúde do município foi alvejado com vários tiros nas costas e provavelmente na cabeça. O crime aconteceu por volta da 21h30. Segundo informações do blog Itambé Agora, ele foi perseguido até ser alvejado nas proximidades de sua residência.

O Samu ainda socorreu até o Hospital São Sebastião, mas, Natalício não resistiu e morreu ao dar entrada na unidade de saúde logo em seguida.

Não há ainda informações sobre a autoria e motivação do crime. (Blog do Rodrigo Ferraz)

Ipiaú-BA: Jovem de 27 anos morre após sofrer acidente com bicicleta

Um acidente com uma bicicleta na manhã dessa segunda-feira (27), no bairro Aloísio Conrado, matou o ajudante de pedreiro Manoel Vicente de Jesus, de 27 anos, conhecido popularmente como “Careca”. Segundo a família informou ao GIRO, ele descia uma ladeira na ‘Rua C’ quando a bicicleta colidiu na frente de uma residência. O acidente pode ter sido provocado por falta de freios,

Ainda segundo a família, o guidão da bicicleta teria provocado lesões graves no rosto de Manoel. O Samu socorreu a vítima que morreu a caminho do Hospital Geral de Ipiaú. O corpo será encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML), em Jequié, e depois liberado para a família realizar o velório e sepultamento. (Giro Ipiaú)


Iraquara-BA: Bandidos invadem residência rural e assassinam trabalhador rural

Na madrugada desse sábado (15), por volta das 02:00 da manhã, na comunidade de Passagem de Januário, que fica a 12 Km de Iraquara/Ba, bandidos invadiram a casa dos lavradores José Pedro do Nascimento e sua mulher Maria Gerolina de Brito, arrombando, atirando e matando seu filho, Manoel Brito do Nascimento, conhecido como Netinho, de 48 anos.

Segundo relatos, os bandidos chegaram no local atirando a esmo, no escuro, acertando portas, janelas e paredes.

Sr. José Pedro, pai da vítima, diz que percebeu toda a cena. Ele e sua mulher dormiam no quarto que fica ao lado da cozinha, quando acordaram com a pancada do arrombamento da porta dos fundos.

Porém, Netinho, filho do casal de idosos, já havia percebido o tiroteio, levantou e pegou a única coisa que achou para defender a casa: uma garrucha (um tipo de espingarda de um só tiro que serve para assustar pássaros).

Um dos bandidos arrombou a porta da cozinha e entrou disparando a esmo, no escuro. Os tiros pegaram no chão, no armário e infelizmente um dos tiros foi certeiro em Netinho que estava indo em direção aos pais para defendê-los. Mesmo ferido, no escuro, Netinho ainda conseguiu revidar com o único tiro da garrucha e acertou o bandido que caiu aos pés da porta do quarto dos idosos.

No chão, o bandido gritou para o comparsa que estava ferido e ficou quieto esperando novos tiros. Porém, a garrucha era de um tiro só e Netinho não tinha como revidar. Apenas gritou: “eu quero paz, eu quero paz, eu quero paz”.

Para o Sr. José Pedro, pai da vítima, foi aí que o bandido percebeu que Netinho não havia morrido e nem tinha mais munição, então, levantou, saiu correndo em fuga para a porta da frente gritando: “é a polícia, é a polícia” e no caminho deflagrou mais 3 a 4 tiros em Netinho. Tiros que o levaram a óbito instantaneamente.

Atordoado, atônito, desesperado, Sr. José Pedro diz que só lembrava do facão que tinha dentro do quarto, mas se o pegasse os bandidos iriam lhe alvejar. Ele então, ficou dentro do quarto, segurando a mulher que desesperada insistia em ir defender o filho, gritando: “eu quero sair, eu quero sair”. Porém, ele a conteve e, muito provavelmente, evitou mais duas mortes: a dele e a da mulher.

Os bandidos saíram em disparada da casa, pegaram um carro cinza/prata de modelo e marca não identificados e empreenderam fuga. Porém, saíram bem devagar, espreitando para ver se alguém surgia na escuridão. Como não perceberam ninguém eles aceleraram. Vale lembrar que um dos bandidos se encontra ferido.

Sr. José Pedro relata que após os tiros ele saiu do quarto e percebeu os bandidos fugindo. Eram dois. Não estavam encapuzados, mas foi impossível reconhecê-los. Se dirigiu até o filho baleado, viu que estava sem vida, arrumou seu corpo e só então, aflito, caiu em descontrole, gritando. Foi quando os vizinhos chegaram em seu socorro. Como são casas que ficam distantes umas das outras de 100 a 150 metros, os vizinhos, apesar de ouvirem tudo, nada puderam fazer porque os tiros não cessavam.

A vítima tinha 48 anos, era solteiro e não deixa filhos. Tinha mais duas irmãs que moram fora. Antigamente viajava para São Paulo para trabalhar, porém, a tempos deixou de viajar para ficar cuidando dos pais idosos. Trabalhava diariamente com o pai na roça.

A reportagem do Chapada News esteve no local, constatou um cenário de muitos tiros, foram diversas balas. Entrevistou muitos amigos, passou em várias comunidades, foi até Canabrava e, por todo lugar que passou só ouviu relatos do quanto o Netinho era um bom homem, nunca foi de confusão, era trabalhador, uma pessoa de bem e muito querido nos povoados.

É um crime que intriga a população. Estão alarmados e não conseguem compreender tal brutalidade, pois, além de ser um rapaz de bem, não tinha nada de valor material dentro da casa. Tinha somente o dinheiro de fazer a feira. Para eles somente um engano poderia explicar tamanha crueldade.

O corpo da vítima foi encaminhado para o IML (Instituto Médico Legal) de Irecê por volta das 6:30 da manhã de sábado (15), sendo liberado por volta das 17:30 do mesmo dia. O sepultamento se deu à 9:30 da manhã desse domingo (16) na comunidade de Passagem de Januário.A Polícia Local (Iraquara) informou que o caso foi encaminhado para investigação da Polícia Civil de Seabra. (Chapada News)

Homem é assassinado a tiros neste fim de semana em Irecê

Um homem identificado por Agamenon Silva Reis foi morto com vários tiros na madrugada de 
domingo (16), em Irecê.

O crime ocorreu na Rua Caldeirão Grande, no bairro Baixão de Sinésia. Até o momento a autoria é indefinida.

O caso será investigado pelo Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) da 14ª Coorpin.

Uma equipe do Departamento de Polícia Técnica de Irecê esteve no local onde removeu o corpo para o Instituto Médico Legal. (CN)


Homem é morto ao lado da mulher enquanto ia para o trabalho

Um homem, identificado como Valdemir Cruz, de 50 anos, foi assassinado a tiros por volta das 8h deste domingo (16), na Rua Carinhoso, bairro Gabriela, em Feira de Santana. De acordo com o site Acorda Cidade, a esposa da vítima, Patrícia Silva de Oliveira, contou para a polícia que estava numa moto, a caminho do trabalho, quando foram abordados por dois assaltantes que roubaram o dinheiro do casal. Patrícia relatou ainda que, mesmo após terem levado a quantia, sem qualquer tipo de reação do casal, os suspeitos efetuaram disparo que atingiu Valtemir. Ele morreu no local. Informações do Acorda Cidade.


Em fuga, quadrilha incendeia veículos após arrombamento a mineradora Yamana em Jacobina

Elementos incendiaram pelo menos 3 veículos durante fuga após arrombarem a sede da Yamana Gold na região do Itapicuru, na madrugada desta segunda-feira, 17 de outubro de 2016. Cerca de 10 elementos com arma de grosso calibre renderam os vigilantes e na ação mataram a pessoa de Nilson Aleixo Nascimento. Segundo informações, os elementos explodiram a área da metalúrgica onde fica o ouro, porém, não se sabe se conseguiram levar algo da mineradora.
(Augusto Urgente!)


Jacobina-BA: Homens armados invadem a mineradora Yamana; Vigilante revida e morre

Na madrugada desta segunda-feira, 17 de outubro de 2016, mais de 10 homens armados invadiram a Jacobina Mineração e Comércio, empresa do grupo Yamana Gold Inc, na comunidade do Itapicuru em Jacobina.

Segundo informações, houve dezenas de disparos de arma de fogo, e no revide um vigilante identificado como Nilson Aleixo Nascimento foi atingido e veio a óbito. O Samu 192 foi acionado para socorrer outras pessoas feridas. Não há informações se os elementos conseguiram levar algo do local.

A Polícia Militar foi acionada e realiza diligências na região. Foram vistos um veículo Hilux, um Corolla e outro, os elementos fugiram por estradas vacinais. Na BA 131 entre Jacobina e Miguel foram jogados grampos para dificultar a perseguição policial.

No aplicativo WhatsApp por volta da 2h da madrugada um funcionário de uma terceirizada pediu socorro e que avisassem a polícia sobre o assalto, informando que tinha sido feito refém e preso em um container.

A assessoria de comunicação da Yamana entrou em contato com a nossa redação, e estará enviando um release do ocorrido. (Augusto Urgente)

25 detentos morrem dentro de presídio em confronto de facções em Roraíma, diz Bope

Vinte e cinco presos morreram durante confronto entre facções na Penitenciária Agrícola de Monte Cristo neste domingo (16), em Boa Vista, segundo informou o comandante do Bope, capitão Falkner.

De acordo com Falkner, dos 25 detentos mortos, sete foram decapitados e seis foram queimados.

Segundo a Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejuc), 100 familiares dos presos foram feitos reféns dentro da unidade durante o confronto. Os presos chegaram a exigir a presença da juíza da Vara de Execuções Penais no complexo, informou po capitão.

Os reféns foram liberados após equipes do Batalhão de Operações Especiais (Bope) entrarem na unidade, no fim da noite. De acordo o secretário de Justiça e Cidadania (Sejuc), Uziel Castro, a maioria dos reféns era formada por mulheres.

A confusão entre os detentos começou por volta das 15h (17h de Brasília) quando homens da ala 14 quebraram os cadeados e invadiram a ala 12.

A briga entre os presos ocorreu durante o horário de visitas na maior unidade prisional de Roraima.

Os detentos estavam armados com facas e pedaços de madeira, segundo relatou a mulher de um preso que estava dentro do presídio na hora que se iniciou a briga.

A estrada que dá acesso a penitenciária foi interditada pela polícia. Equipes do Instituto Médico Legal (IML) estão na unidade para a realização da perícia e remoção dos corpos. (G1 RR)