Mastruz com Leite faz apelo à Vaquejada através de nova música

Uma das mais tradicionais bandas de Forró do país, a Mastruz com Leite resolveu tomar partido sobre a polêmica decisão do Superior Tribunal Federal (STF) de proibir a prática da Vaquejada. Os parlamentares entendem que essa prática acaba sendo um maltrato aos animais, no caso, aos bois. A decisão logo foi contestada por inúmeros vaqueiros de todo o país, que usam essa tradição como meio de sustento.

Se posicionando a favor da Vaquejada e dos vaqueiros, a banda Mastruz com Leite resolveu lançar a música “Não Pare a Vaquejada Não”, fazendo um apelo para que os juízes revoguem a decisão e olhem com mais carinho para a situação dos vaqueiros, já que muitos ficariam desempregados com tal lei. A música é interpretada por Neto Leite, com autoria de Luis Fidelis e Darineia, com arranjos de Ferreira Filho. Essa é mais uma música que promete ter grande repercussão, assim como a “Saga de um Vaqueiro”, outro grande sucesso interpretado pela banda e que relata a história amorosa de um vaqueiro em meio aos compromissos com as Vaquejadas.

A faixa logo será divulgada nas plataformas de música, inclusive aqui no Sua Música.
Abaixo, assista o vídeo oficial de “Não Pare a Vaquejada Não.” (Sua Musica.Com)

Polêmica: Após decisão do STF, vaquejadas começam a ser proibidas também na Bahia

A Justiça proibiu nesta terça-feira (11) uma vaquejada marcada para acontecer de 13 a 16 de outubro no Parque Nossa Senhora de Fátima, em Praia do Forte, no Litoral Norte.
A determinação atende a pedido feito em ação civil pública ajuizada ontem pelo Ministério Público estadual (MP-BA). A proibição não vale para o leilão programado para ocorrer no evento.

A ação partiu da promotora de Justiça Nívia Carvalho Rodrigues e se baseia na decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), que considerou a vaquejada como crime ambiental de maus-tratos a animais e declarou inconstitucional a lei estadual do Ceará que regulamentava a prática. “Não foi apenas uma lei estadual que foi declarada inconstitucional, mas o STF foi mais adiante e reconheceu as práticas inerentes à vaquejada como condutas penais típicas, de modo que as ações praticadas na vaquejada não podem configurar maus-tratos e crimes ambientais apenas no Estado do Ceará”, afirma a promotora.

Ela destaca mesmo assim que a decisão não tem efeitos vinculantes. O crime de maus-tratos a animais é previsto por lei. Na ação, é citado que não é raro em provas de vaquejadas o animal ter a coluna ou costelas fraturas. O juiz Admar Ferreira Sousa acatou integralmente o pedido do MP, afirmando que “em bom momento, o STF se pronunciou quanto à ilegalidade da prática de vaquejada”. Ele também proibiu qualquer vaquejadas nos municípios da comarca de Mata de São João, sob pena de multa de R$ 135 mil, valor da premiação, além de multa diária de R$ 50 mil.

Em contato com número da organização da vaquejada, a reportagem foi informada que o evento já estava cancelado desde ontem, por conta da decisão do STF. A Vaquejada de Berimbau, que acontece há alguns anos em Conceição de Jacuípe, também foi cancelada em virtude da decisão do STF. O evento aconteceria no Parque Manoel Armindo de 12 a 14 de novembro. O organizador Manoel Armindo estima que cerca de 12 mil pessoas iriam ao evento. Ele afirma que o impacto do fim das vaquejadas será imenso, caso a decisão se mantenha. “Vamos ter que demitir a maioria do pessoal”. A vaquejada é Patrimônio Cultural Imaterial do Estado da Bahia. O projeto foi aprovado em 2014 e a lei sancionada no mesmo ano. A atividade foi regulamentada em 2015, através de lei estadual, como prática esportiva e cultural.


Protestos

Houve protestos em diversos pontos da Bahia nesta terça por conta da decisão do STF. Em Feira de Santana, a Associação Baiana de Vaquejada (ABV) organizou uma carreta que saiu da BR-116 Sul e ocupou uma das faixas da BR-324, chegando até a altura do Parque de Exposições. A previsão inicial era de fazer um bloqueio total do tráfego, mas os organizadores decidiram fazer uma carreata. Mais de mil pessoas e cerca de 200 veículos participaram da carreata, que foi o maior ato pró-vaquejada no estado hoje.

Em Juazeiro, houve manifestação pela manhã na Lagoa do Calú, seguindo até a ponte Presidente Vargas, onde aconteceu um encontro com vaqueiros de Pernambuco. Cerca de 500 pessoas participaram da ação. Na cidade de Barreiras, mais de 100 manifestantes participaram de um protesto que bloqueou o Anel Rodoviário da BR-242. Já em Conquista, a manifestação aconteceu na BR-116, próximo à saída para Cândido Sales. (Correio24Horas . Fotos: Resenha Geral)


Jequié: Vereadora mais nova do Brasil prova em documento que se filiou em tempo hábil


Alice Pina (PMB), de 18 anos, alega que enviou documentos comprovando sua filiação datada de 30 de março deste ano. “Agi de boa-fé!”, disse a vereadora eleita. Coligação recorre da decisão.
A candidata de acordo com o Tribunal Regional Eleitoral (TRE), não apresentou ficha de filiação ao partido em tempo hábil para a disputa eleitoral deste ano.

Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o prazo final para os candidatos deste ano realizarem filiação partidária, seria dois de abril de 2016, que de acordo com o TRE não foi cumprido pela candidata. Alice enviou à reportagem documentos que segundo ela comprovam sua filiação datada de 30 de março deste ano. Se eleita, Alice seria a mais jovem vereadora do país, com 18 anos. A candidata afirma em nota que sua conduta foi correta, agradece seus eleitores e diz que continuará a serviço da vida pública.

“Agi de boa-fé! Encaminho também minha Certidão Partidária Oficial dada pela Justiça Eleitoral. Meu coração é de luta, minha total gratidão a todos que confiaram em mim e na mudança que eu represento. A nossa luta começa agora!”. Os advogados da coligação “Renovar é preciso”, a qual Alice que é presidente partidária no município faz parte, recorrem da decisão. O processo ainda tramita no Ministério Público Eleitoral. (Bahia Notícias)

Brasil: Horário de Verão terá inicio no próximo domingo (16)

À zero hora do próximo domingo (16), brasileiros de três regiões devem se preparar para adiantar o relógio em uma hora para o inicio do Horário Brasileiro de Verão. A mudança deve ser aplicada em todos os estados das regiões Centro-Oeste, Sudeste e Sul. As unidades da Federação que compõem as regiões Norte e Nordeste não entram no horário de verão, porque estão mais próximos à linha do Equador. De acordo com o Ministério de Minas e Energia, a mudança prevê fins lucrativos de R$ 147,5 milhões, para o sistema elétrico. Esse lucro representa o custo evitado em segurança elétrica, atendimento à ponta de carga e diminuição dos carregamentos na rede de transmissão. O horário de verão vai até o dia 19 de fevereiro do ano de 2017.

Sandra de Sá, Negra Li e Mart’nália se apresentam no 18º Festival de Lençóis

A 18ª edição do Festival de Lençóis será iniciada nesta quinta-feira (13) com o lançamento da exposição e do livro “Unidades de Conservação da Bahia”. A abertura também traz shows de Luciano Silva, às 18h, Natália Cunha, às 19h, e Lazzo Matumbi, às 20h. Os artistas se apresentam no palco que recebeu o mesmo nome da mostra, montado ao lado da prefeitura da cidade.

A segunda noite de shows, na sexta-feira (14), segue com apresentações de Cidade Liberal, às 20h, Russo Passapusso, às 21h30, Mart’nália, às 23h, e Délcio Luiz já na madrugada, 1h da manhã. A última noite de festas, no sábado (15), conta com shows da Família Grãos de Luz e Griô, às 20h, Ju Moraes, às 21h30, o projeto especial “Baile do Bem” com Sandra de Sá, Serjão Loroza e Negra Li cantando Jorge Ben Jor e Tim Maia, às 23h, e Zion, que sobe no palco 1h da manhã e encerra o festival.

Programação:
– Quinta-feira (13/10)
18h – Luciano Silva (sax)
19h – Natália Cunha e Bateia de Renda
20h – Lazzo Matumbi

– Sexta-feira (14/10)
20h – Cidade Liberal
21h30 – Russo Passapusso
23h – Mart´nália
01h – Délcio Luiz

– Sábado (15/10)
20h – Família Grãos de Luz e Griô
21h – Ju Moraes
23h – Baile do Bem (Sandra de Sá, Sejão Loroza e Negra Li)
01h – Zion

Serviço
O quê: 18º Festival de Lençóis
Quando: 13 a 15 de outubro
Onde: Lençóis – Chapada da Diamantina – Bahia
Valor: Gratuito


Exército abre seleção na Bahia com salários de até R$ 7.458 mil

Estão abertas até 30 de outubro as inscrições para seleção de Oficiais, Sargentos e Cabos Temporários do Exército Brasileiro, para cidades da Bahia (Salvador, Feira de Santana, Paulo Afonso e Barreiras) e de Sergipe (Aracaju). A remuneração bruta inicial será de R$ 2.512,16 (para Cabo Especialista), R$ 3.857,00 (para Sargento Técnico) e R$ 7.458,92 (para nível superior na graduação de Aspirante a Oficial).

Na Bahia, as oportunidades são para:
Salvador – Nível Superior: Bacharelado em Informática, Contabilidade, Engenharia Civil, Engenharia Elétrica, Engenharia Ambiental, Arquitetura e Urbanismo, Engenharia Civil, e Licenciatura em História, Inglês e Espanhol; Nível Médio: Técnico em enfermagem, Informática, Eletrotécnica, Contabilidade, Manutenção Automotiva, Topografia e Instrumentos Musicais; Nível Fundamental: Motorista habilitado nas categorias D e E.
Feira de Santana – Nível Médio: Técnico em Enfermagem, Contabilidade e Administração; Nível Fundamental: Motorista habilitado nas categorias D e E.
Paulo Afonso– Nível Fundamental: Motorista habilitado nas categorias D e E, e Auxiliar de mecânico de viatura.
Os interessados nas vagas da Bahia devem se inscrever pelo site da 6ª Região Militar, para incorporação no dia 1º de fevereiro de 2017. O processo seletivo é composto por etapas de inscrição, avaliação curricular, entrevista, prova escrita (licenciatura) e prática (músicos), inspeção de saúde e Exame de Aptidão Física (TAF).
Os aprovados em todas as etapas serão convocados para iniciarem a formação básica no Estágio de Adaptação ao Serviço e preencherão o cadastro de reserva, sujeito à existência de vagas nas Organizações Militares.
Os candidatos devem estar em dia com as obrigações perante o Serviço Militar e a Justiça Eleitoral; possuir bons antecedentes e idoneidade moral; ter no mínimo 1,60 m de altura, se for do sexo masculino, e 1,55 m, se for do sexo feminino; possuir, no máximo, sete anos de serviço público anterior; e estar de acordo com as orientações específicas do Aviso de Convocação, disponível no site da 6ª Região Militar.
Outros pré-requisitos são:
Para Oficial Técnico Temporário (OTT)
Ser candidato voluntário do sexo masculino ou feminino, formado em instituição de Ensino Superior / Possuir menos de 38 (trinta e oito) anos de idade em 31 de dezembro de 2017 / Ser brasileiro nato.
Para Sargento Técnico Temporário (STT)
Ser candidato voluntário do sexo masculino ou feminino, tendo concluído o Ensino Médio e Curso Técnico que o habilite a exercer o cargo para o qual se candidatou / Possuir, no mínimo, 19 (dezenove) anos e, no máximo, 37 (trinta e sete) anos de idade em 31 de dezembro de 2017 / Ser brasileiro nato ou naturalizado.
Para Cabo Especialista Temporário (CET)

Ser candidato voluntário do sexo masculino, tendo concluído o Ensino Fundamental e Curso que o habilite a exercer o cargo para o qual se candidatou / Possuir, no mínimo, 19 (dezenove) anos e, no máximo, 35 (trinta e cinco) anos de idade na data da incorporação / Ser brasileiro nato ou naturalizado. (G1)

Ônibus escolar é incendiado em Cafarnaum-BA na região de Irecê


Ônibus escolar foi incendiado na madrugada desta segunda-feira (10) na cidade de Cafarnaum (BA), localizada na região de Irecê. De acordo com populares, o ataque pode ter sido criminoso, mas ainda não há confirmação.

O crime acontece por volta de 1h da manhã, quando o dono do automóvel acordou por causa do forte cheiro da fumaça e percebeu o ataque. O dono do automóvel conhecido por ‘João de Gutinho’ ainda tentou apagar as chamas com a ajuda de populares, mas o fogo se alastrou. Os suspeitos de tocar fogo no veículo não foram vistos. O caso será investigado pela Polícia Civil. (Central Notícia)

Após polêmicas, Câmara dos Deputados aprova em 1º turno PEC do teto dos gastos

A Câmara dos Deputados aprovou em primeiro turno, na noite desta segunda-feira (10), o texto base da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que estabelece um teto aos gastos públicos federais para os próximos 20 anos. Como se trata de mudança na Constituição, Ao todo, 366 votaram a favor do texto, enquanto 111 foram contrários e dois se abstiveram. Para ser aprovada, a PEC precisava do apoio de pelo menos 308 dos 513 parlamentares. Como se trata de mudança na Constituição, o texto ainda será votado em segundo turno, o que deve acontecer depois de um intervalo de cinco sessões. Encaminhada pelo presidente Michel Temer, a PEC do teto dos gastos, como ficou conhecida, esteve envolta em polêmicas desde que foi encaminhada ao Congresso Nacional. A Procuradoria Geral da República (PGR) encaminhou um parecer à Câmara que avaliava a proposta do governo como inconstitucional. O Palácio do Planalto negou que houvesse impedimentos na proposta, que também foi duramente criticada pela oposição – que alega que o texto provocará o congelamento de investimentos em saúde e educação. Neste domingo (9), Temer ofereceu um jantar no Palácio da Alvorada para cerca de 280 pessoas, entre ministros e parlamentares, para insistir na aprovação do texto. Alguns deputados acusaram o presidente de “ameaçar” membros da base do governo no Congresso que não votassem a favor da PEC, ao sugerir que eles poderiam ser expulsos das legendas. Empenhado na aprovação, Temer passou o dia ligando e recebendo deputados federais em seu gabinete. Na sessão desta tarde, a Câmara aprovou um requerimento para acelerar a tramitação do texto. Ao longo do dia, a bancada da oposição tentou retirar o projeto da pauta do dia ou fazer a votação ser dividida em blocos de artigos que compõem a PEC, mas todos os requerimentos foram negados pelo plenário. (Bahia Notícias)

Vídeo: Ivete Sangalo identifica e vai processar quem disse que ela cheirou “pó” antes de show

Ivete Sangalo subiu o tom, em show feito em São Paulo, para falar do vídeo que circulou pelas redes sociais nesta semana, seguido de comentários maldosos que insinuavam que a cantora estivesse usando drogas.

Na sequência, gravada com um celular direto de um televisor, onde se via uma apresentação feita por Ivete para o canal pago Multishow, a baiana aparecia retirando algo branco de um copo descartável, entregue a ela por um funcionário da produção nos bastidores do espetáculo, e levando ao nariz.

“Poeira”, disseram alguns engraçadinhos, citando um hit de Ivete, nos comentários mais leves. O vídeo foi publicado no Facebook, de onde já foi retirado, e replicado internet afora. “Vou tomar as devidas providências quanto a essas pessoas. Não tenham a menor dúvida”, disse Ivete, no palco do Espaço das Américas, na zona oeste paulistana, onde se apresentou na madrugada deste domingo.

Como explicou a equipe da cantora, não havia qualquer droga no copo: apenas soro fisiológico, que Ivete inala durante os shows para desobstruir as vias respiratórias. A baiana mostrou um copinho similar àquele do vídeo ao público do Espaço das Américas: “Isso aqui é soro fisiológico, que está presente em todas as minhas apresentações. Vocês, fãs, sabem disso. Isso aqui eu utilizo para que cante cada vez melhor para vocês”, disse, mostrando um copo descartável com um chumaço de algodão dentro.

“Não admito que tratem de forma irresponsável meu modo responsável de viver. Eu tenho um filho de 7 anos e tenho milhões de fãs mirins, crianças, adolescentes, que me acompanham, a quem eu devo todo o meu respeito e o meu carinho”, disse Ivete. “Não dá para ter uma carreira vitoriosa de 23 anos se a gente não entrar dentro de uma retidão de responsabilidade e saúde e, acima de tudo, consciência e qualidade de vida, que é uma coisa que eu tenho. Eu não posso admitir. Uma coisa é brincadeira de vídeo que a gente faz em que tira a calcinha, fala um palavrão, faz uma brincadeira. Outra coisa é tratar da vida de uma mulher com a minha responsabilidade, a minha seriedade, o meu trabalho…”

Ivete Sangalo terminou o discurso elogiando São Paulo, que, segundo ela, era o lugar ideal para fazer o anúncio do processo. “Achei conveniente falar isso aqui em São Paulo, que é uma cidade de gente inteligente, de discernimento, de educação. Então, um brinde à nossa saúde e à nossa consciência.”

Morre aos 59 anos o médico e ex-prefeito de Caetité-BA Ricardo Ladeia

Faleceu na manhã deste domingo (09), o médico Ricardo Ladeia, ex-prefeito de Caetité (2001-2008) e candidato derrotado nas eleições do último domingo. Ricardo de Tadeu Ladeia completaria 60 anos no próximo dia 28, ele foi vítima de uma parada cardíaca em sua fazenda e foi levado para o Hospital Nova Aliança em Guanambi, chegando no local sem batimentos cardíacos, não resistindo e vindo a óbito.

Ricardo estava em seu segundo casamento, ele deixa a esposa Fabiane e dois filhos. Na política ele deixou um lema marcante nas campanhas eleitorais em Caetité. “Minha gente, o meu abraço”. Como médico ginecologista Ricardo deixa a lembrança de seu atendimento humanizado aos seus pacientes que lamentaram a sua morte nas redes sociais. O cirurgião obstetra realizou centenas de partos em toda a região nos seus mais de 30 anos de carreira.

Ao ser derrotado na semana passada, Ricardo teve que se contentar com a provocação dos adversários que desfilaram com um caixão por diversas vezes pelas ruas de Caetité, lembrou um familiar que estava no Hospital instantes depois da notícia do falecimento. Informações sobre o velório e o enterro do corpo de Ricardo ainda não foram divulgadas.

“Dr. Ricardo Ladeia, O NOSSO ETERNO ABRAÇO”, publicou um amigo nas redes sociais. (Fonte Guanambi FM)