Sanfoneiro baleado em ação policial que matou dançarina é transferido para Salvador

Sanfoneiro foi transferido para Salvador na noite de sexta-feira — Foto: Arquivo pessoal
Sanfoneiro foi transferido para Salvador na noite de sexta-feira — Foto: Arquivo pessoal

Foi transferido para o Hospital Geral do Estado (HGE), em Salvador, no fim da noite de sexta-feira (5), o sanfoneiro Eliedelson Possidônio, baleado em ação da polícia baiana que também feriu a tiros a cantora Joelma Rios e que causou a morte da dançarina Gabriela Amorim, todos integrantes da banda cearense Sala de Reboco, que estavam em um carro. A ação da polícia ocorreu na madrugada de sexta-feira, na cidade de Irecê, no norte da Bahia.

Eliedelson teve fratura exposta grau três e corre risco de perder parte da perna — Foto: Arquivo pessoal
Eliedelson teve fratura exposta grau três e corre risco de perder parte da perna — Foto: Arquivo pessoal

Eliedelson, que tem 32 anos, foi atingido por um tiro na perna direita e sofreu uma fratura exposta grau três, com comprometimento vascular, na altura da canela. Ele estava internado no Hospital Regional de Irecê, de onde saiu às 22h, em uma avião fretado pela família, com destino ao HGE, em Salvador.

(mais…)

Irecê/BA: Vídeo mostra parte de perseguição policial que acabou com dançarina morta

gabi amorim

Uma câmera de segurança registrou um trecho da perseguição policial que terminou com a morte de uma dançaria de banda de forró na cidade de Irecê, no norte da Bahia, na madrugada desta sexta-feira (5). A cantora e o sanfoneiro do grupo musical também ficaram feridos.

As imagens mostram o momento em que o carro que estava com os membros da banda cearense Sala de Reboco passa pela via em alta velocidade.

De acordo com o horário mostrado no visor da câmera, a passagem do veículo foi às 0h23. Cerca de 13 segundos depois, uma viatura da polícia segue, também em alta velocidade, atrás do carro que a banda estava, uma SUV de luxo.

As imagens mostram ainda que um mototaxista que está parado no local e um pedestre se assustam com a passagem da polícia. Os dois, junto com um segundo mototaxista, observam a passagem da viatura da PM.

Uma segunda viatura que estava parada na via antes mesmo do carro com os membros da banda Sala de Reboco passarem também segue atrás do primeiro veículo da polícia.  (Itambé Agora)

Policia Militar divulga nota sobre ação policial que resultou na morte de dançarina em Irecê

gabi

O Comando do 7º BPM de Irecê divulgou na tarde desta sexta-feira (05) uma nota oficial com a versão da Policia Militar sobre a ação policial que resultou na morte de uma dançarina e deixou um musico da banda Sala de Reboco ferido na cidade de Irecê.

Carro onde os integrantes da banda Sala de Reboco estavam foi atingido por tiros na Bahia — Foto: Arquivo Pessoal
Carro onde os integrantes da banda Sala de Reboco estavam foi atingido por tiros na Bahia — Foto: Arquivo Pessoal

Segundo relato do dono da banda, Antônio Neto Rocha, mais conhecido como Toinho Produções, quatro integrantes do grupo — duas dançarinas, O sanfoneiro e a cantora – e o motorista estavam em um carro, quando o veiculo foi atingido por tiros disparados por policiais militares que seguiam o veículo na madrugada desta sexta-feira (05) (mais…)

‘Parem de atirar, somos músicos’, diz cantora sobre ação que matou dançarina em Irecê

Vocalista da banda, Joelma Rios, relatou como crime aconteceu — Foto: Reprodução/Instagram
Vocalista da banda, Joelma Rios, relatou como crime aconteceu — Foto: Reprodução/Instagram

“Atiraram para matar. Eu nunca passei por isso”, diz Joelma Rios, de 44 anos, vocalista da banda cearense Sala de Reboco, sobre a ação policial que deixou ela e o sanfoneiro do grupo feridos, além de causar a morte da dançarina da banda. O caso ocorreu na madrugada desta sexta-feira (5), em Irecê, e também estavam no carro outra dançarina do grupo e o motorista do veículo.

Joelma foi atingida nas nádegas e de raspão no braço. Após receber atendimento, foi liberada do hospital. Ela conta que apesar de perceber que se recupera bem, o sentimento de tristeza toma conta dela e de todos da banda.
“Imprudência. Infelizmente perdemos nossa companheira, Gabi, de 25 anos, era uma menina maravilhosa, tão meiga, nossa companheira. A gente vai voltar sem ela, a família esperando. Ela fazia de tudo um pouco, costurava, era cabeleireira, vivia batalhando. No período do São João, a gente organizou uma turma e chamou ela [Gabriela] para completar a equipe”, relatou Joelma, que está há três anos nos vocais da banda.

(mais…)

Vitória da Conquista: Morre a professora Carmem Silva Oliveira Cunha aos 45 anos

prof carmemCentenas de pessoas foram pegas de surpresas com a partida de Carmem Silva Oliveira Cunha. Aos 45 anos, a professora Carmem Cunha faleceu na noite da quinta-feira (4), num acidente envolvendo carro de passeio e animal numa rodovia do Vale do Jequitinhonha, no Norte de Minas Gerais, para onde viajou de ônibus poucas horas antes da tragédia.
No início da madrugada da sexta-feira (5) o psicólogo e babalorixá Ricardo Alves de Oliveira lançou uma nota de pesar.

 “A vida retirou um pedaço de mim, mas a morte nunca será maior que a vida. Você agora e um espírito que nos guiará nas horas difíceis deus precisava de você. Te amo, te amo… Até um dia quando eu chegar aí também”, declarou o Pai Ricardo Alves sob muitas emoções em Vitória da Conquista.

O velório e sepultamento serão na Capital do Sudoeste Baiano em locais e horários ainda a serem definidos. Aos amigos e familiares os sinceros sentimentos. (Blog do Anderson)

Polícia acha celular escondido em solado de sandália de preso em delegacia da Bahia

Celular é encontrado em compartimento dentro de sandália de borracha — Foto: Divulgação/Cipe Sudoeste
Celular é encontrado em compartimento dentro de sandália de borracha — Foto: Divulgação/Cipe Sudoeste

Um homem que está preso na delegacia de Palmas de Monte Alto, cidade da região sudoeste da Bahia, foi flagrado com um celular escondido em um compartimento que ele criou na própria sandália. De acordo com a Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe-Sudoeste), o aparelho foi encontrado durante vistoria nas celas, na quarta-feira (3).

Para esconder o celular, o preso fez um corte na sandália, criou uma espécie de “compartimento secreto”. Com a borracha que foi cortada, ele criou a “tampa” do compartimento.

Além do celular achado dentro da sandália, os policiais encontraram outros dois aparelhos na cela. Além da Cipe, policiais civis e a guarnição da 17º Batalhão de Polícia Militar de Guanambi, cidade a cerca de 43 km de Palmas de Monte Alto.

De acordo com a Cipe, 12 presos estão na carceragem da delegacia de Palmas de Monte Alto.

G1 entrou em contato com a Polícia Civil para levantar mais detalhes sobre o preso, e aguarda posicionamento.

Irecê: PMs envolvidos em ação que resultou em morte de dançarina prestam depoimento

gabi

Policiais que participaram do caso que resultou na morte de uma dançarina (ver aqui) são ouvidos nesta sexta-feira (5) em Irecê, no centro norte do estado. Segundo o delegado Almir Fernandes, da 14ª Coorpin, que apura o caso, alguns PMs já prestaram depoimento durante a madrugada, e o restante deve ser interrogado até o final do dia. Os primeiros depoimentos reforçam a versão já apresentada pela Polícia local.

O carro onde as vítimas estavam teria desobedecido a uma ordem de parada das Rondas Especiais (Rondesp), houve perseguição com reforço de mais PMs, e depois de passar por outro bloqueio, o veículo foi alvejado. Três guarnições de policiais militares participaram da ação, o que se estima que havia de 10 a 12 agentes envolvidos.

Baleada na região do abdômen, a dançarina Gabriela Moura, foi levada para o Hospital Regional de Irecê, mas não resistiu após sofrer uma parada cardiorrespiratória. Outros três músicos, que também foram baleados, seguem hospitalizados na mesma unidade de saúde. Eles não correm risco de morte. O caso ocorreu na madrugada desta sexta, por volta das 0h30, quando o grupo de músicos da banda Casa de Reboco voltava do município de Lapão. O motorista do carro não foi atingido. (Bahia Notícias)

Irecê: Dançarina morre e sanfoneiro de banda fica ferido após serem baleados no norte da BA; vítima relata ação policial

Dançarina morreu após abordagem policial na Bahia — Foto: Reprodução/Instagram
Dançarina morreu após abordagem policial na Bahia — Foto: Reprodução/Instagram

Uma dançarina de uma banda de forró morreu e outros três músicos ficaram feridos na madrugada desta sexta-feira (5) em Irecê, no centro norte baiano. A dançarina Gabriela Moura chegou a ser levada junto com os feridos para o Hospital Regional de Irecê, mas não resistiu. O fato teria ocorrido por volta das 0h30.  As vítimas estavam em um carro Toyota SW4 de cor preta que retornava de Lapão, município da mesma região de Irecê.

Segundo a Polícia Civil local, ao passar por uma equipe das Rondas Especiais [Rondesp] o carro não teria parado, o que fez os PMs perseguirem o veículo e atirarem. À Rádio Líder FM, o proprietário da banda Casa de Reboco, conhecido como Toinho, negou a versão da Polícia. “O que nós sabemos que não houve nenhuma manobra, nenhuma contramão […] Não tinha motivo de tanta violência. O carro era de Irecê, o pessoal desceu desesperado pedindo para parar, que não tinha nenhum marginal, os vidros estavam baixos. Eu quero pedir o apoio das autoridades que nos ajude porque isso não pode ficar dessa forma porque pode acontecer com outras famílias”, relatou o empresário.

Estão ainda no Hospital Regional de Irecê a vocalista Joelma Rios, a outra dançarina Suelen Sodré Mendonça Pinheiro e o sanfoneiro Elieselson Possindônio. O motorista, identificado como Cláudio Pereira Batista, não foi atingido pelos disparos. (Bahia Notícias)

Carro onde os integrantes da banda Sala de Reboco estavam foi atingido por tiros na Bahia — Foto: Arquivo Pessoal
Carro onde os integrantes da banda Sala de Reboco estavam foi atingido por tiros na Bahia — Foto: Arquivo Pessoal

Região de Irecê: Carcereiro é encontrado morto com vários tiros em Lapão

lapão1

Nas primeiras horas do dia desta quarta feira dia 03 de julho, o repórter policial Ezequias Dourado trouxe a informação do homicídio na cidade de Lapão- BA.

As primeiras informações deram conta que as 06h:30min o CINCOM informou que às margens da via que liga Aguada Nova a Belo campo, havia um homem no interior de um veiculo, que provavelmente estaria morto. A informação foi comprovada com a chegada ao local, constatando que o corpo se encontrava no interior do veiculo Ipanema, vitima de disparos de arma de fogo tipo pistola 380, sendo encontradas 05 cápsulas no local, sendo isolado o local e solicitado o DPT.

FONTE: 2ªCIA/1°PEL LAPÃO

Com informações do repórter policial Ezequias Dourado