Quatro bandidos e um policial merem em troca de tiros após assalto a Banco em Itanhém



Quatro integrantes do bando que assaltou a agência do banco do Brasil em Itanhém nesta quarta-feira, 5 de setembro, morreram em confronto com policiais da Cipe Mata Atlântica, antiga Caema,  no distrito de Itupeva em Medeiros Neto.
Ainda segundo informações da Polícia, um policial da Cipe identificado por Cleber foi baleado e morreu no hospital de Medeiros Neto, outro policial também da Cipe, o Alves, foi alvejado com um tiro na cabeça, ele foi trazido de helicóptero da Polícia Rodoviária Federal para o Hospital Municipal de Teixeira. Como o local não possui heliporto, o piloto da aeronave precisou pousar no meio da Avenida Getúlio Vargas.
Alves passou por uma tomografia e segundo o plantão médico o projétil não perfurou o crânio, provavelmente o disparo que o atingiu é de baixo calibre, ele passará por uma cirurgia de risco.
Há informações de que pelo menos, oito assaltantes participaram do assalto a agência em Itanhém, quatro ainda estão foragidos.
O Assalto
A agência do Banco do Brasil de Itanhém foi assaltada na manhã desta quarta-feira (5/9) por três assaltantes. Outros cinco teriam ficado do lado de fora do banco.
Segundo o depoimento dos funcionários do banco, os marginais chegaram por volta das 8h, renderam os funcionários e entraram fortemente armados na agência, localizada na Praça Castro Alves, mesmo endereço da prefeitura.
Um marginal ficou na entrada do banco com o segurança, enquanto os outros dois entraram no cofre e recolheram o dinheiro. Em seguida, prenderam todos dentro do cofre e fugiram.
Os bandidos tomaram os celulares dos funcionários, exceto de um que, depois, ligou para a polícia e para o prefeito de Itanhém, Milton Ferreira Guimarães, o Bentivi. O prefeito, que é funcionário licenciado do banco, abriu o cofre para que os funcionários saíssem.
Os bandidos afirmaram que queriam apenas o dinheiro e que, se todos colaborassem, ninguém sairia ferido. Eles ainda ameaçaram dizendo que sabia onde cada um morava e que, se revelasse algo à polícia, eles voltariam.
Um funcionário contou emocionado que, quando os assaltantes estavam assaltando, por coincidência, um policial da CAEMA entrou na agência, o que fez com que os assaltantes ameaçassem matar os reféns, uma vez que o assalto poderia ter sido descoberto. No entanto, o assaltante se passou pelo novo gerente e o policial saiu normalmente, se desconfiar de nada.
Concluído o assalto, os bandidos fugiram no carro, um Tucson, de um dos funcionários do banco que foi encontrado, logo depois, em uma rua próxima.

Fonte: Itanhemnoticias

Luiza Maia: ‘Caso New Hit prova que letras de músicas influenciam no comportamento’

A deputada Luiza Maia (PT) divulgou, nesta quarta-feira (5), uma nota de repúdio ao caso de estupro de duas garotas de 15 e 16 anos por integrantes da banda New Hit confirmado em laudo técnico na segunda (3). A parlamentar acredita que o caso, ocorrido há cerca de duas semanas, “chocou o Brasil e dividiu opiniões”. “Quero registrar publicamente, mais uma vez, o meu repúdio a esse ato bárbaro de violência e crueldade, mas quero, também, ressaltar que esse é um ato de machismo, fomentado e estimulado por essa cultura de baixaria e desvalorização da mulher”, afirmou a petista, autora da polêmica Lei Antibaixaria. Para Luiza Maia, o fato de o grupo cantar músicas que depreciam o gênero feminino comprova uma vinculação com a violência. “Esse triste fato só veio provar que um homem que, em suas músicas, trata uma mulher como mero objeto sexual, que ele usa e abusa para satisfazer as suas vontades, leva esse comportamento para fora dos palcos. Foi o que eles fizeram com essas meninas: trataram como se elas fossem apenas objetos sexuais deles”, avaliou. A deputada destaca que o problema não está restrito aos integrantes da banda, mas também a todos que participam da produção e divulgação do “tipo de cultura musical”, desde o produtor até o responsável pela contratação dos músicos para eventos. A Antibaixaria, segundo ela, coibiria a prática, como forma de proteção às meninas e mulheres. “Precisamos fortalecer a Lei e a cultura Antibaixaria para impedir que barbaridades como essas voltem a acontecer”, defendeu. (

Fonte: BN/Foto; Tiago Melo

Irmão de Zezé di Camargo é detido em casa de jogos em BH, diz PM

O cantor Camargo, irmão de Zezé di Camargo e de Luciano, foi detido na tarde desta segunda-feira (3), em uma casa de jogos ilegal, em Belo Horizonte. De acordo com a Polícia Militar (PM), Werley José de Camargo, que faz dupla com Marcelinho de Lima, fazia apostas. “Vim pela primeira vez. Daqui uns dias, se abrir de novo, eu venho de novo, porque eu estou jogando com o meu dinheiro mesmo”, disse. Além do cantor, outras nove pessoas foram detidas na casa de jogos, que foi fechada, segundo a PM. Os policiais chegaram até o estabelecimento, que funcionava no quarto andar de um prédio na Região Centro-Sul da cidade, depois uma denúncia anônima. Segundo a polícia, no local foram apreendidos mais de R$ 25 mil e 34 máquinas caça-níqueis. Camargo e os outros detidos vão ser encaminhados para a Delegacia Adida ao Juizado Especial Criminal, na Região Noroeste de Belo Horizonte. Segundo a PM, as máquinas apreendidas serão levadas para o depósito do juizado. De acordo com a assessoria do Ministério da Justiça, desde julho, após uma alteração na lei, tanto o jogo do bicho quanto a exploração de máquinas caça níqueis, que antes eram considerados contravenção, podem ser punidos como crimes de lavagem de dinheiro. A pena prevista é de três a dez anos de reclusão. O G1 fez contato com a assessoria de imprensa da dupla Marcelinho de Lima e Camargo, mas ninguém foi encontrado até a publicação desta matéria. Um e-mail também foi enviado, mas não houve resposta.
Prisão em 2007
Em 2007, Camargo ficou preso por seis dias por falta de pagamento de pensão em Belo Horizonte. O cantor foi detido depois de um show em Nova Lima, na Região Metropolitana, em cumprimento de uma decisão da 1ª Vara da Família de São Paulo.
Fonte: Voz da Bahia

Bandidos são mortos pela polícia após tentativa de assalto a banco

Dois suspeitos foram mortos após uma tentativa de assalto frustrado ao Banco do Brasil em Santanópolis, 147 km de Salvador, na manhã desta segunda-feira (3). Eles foram localizados na zona rural do município, onde houve troca de tiros com policiais militares.  Após denúncias, três guarnições de companhias especializadas foram acionadas para empreender buscas no local, para onde os acusados teriam seguido após tentar assaltar o banco. O capitão Prado informou que os suspeitos foram identificados como Edson Conceição Santos, 36 anos, e Djalma Oliveira Filho, 25.  Baleados, eles foram socorridos para Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA), mas não resistiram. Foram encontrados com Edson e Djalma uma pistola 1.45 de uso restrito das forças armadas, uma pistola 380, farta munição, um revolver calibre 38 e um colete do segurança da agência.  

Fonte: Correio

Laudo confirma que meninas foram estupradas por integrantes de banda

Os resultados dos exames de corpo de delito confirmam que as duas garotas de 16 anos foram estupradas por integrantes da banda de pagode New Hit, de acordo com informações do delegado Marcelo Cavalcanti, da cidade de Ruy Barbosa, a cerca de 300 km de Salvador. O laudo foi concluído na sexta-feira (31) e divulgado apenas nesta segunda (3). O exame foi realizado pelo Departamento de Polícia Técnica de Feira de Santana, a 100 km da capital. “O laudo corrobora com as informações prestadas pelas menores. Não vou dar detalhes porque elas são menores. A perícia das roupas [das garotas] já foi solicitada um dia após a remessa das mesmas para o DPT de Feira de Santana. As investigações continuam. Mais pessoas serão inqueridas acerca do fato, possíveis testemunhas, e estamos aguardando o decorrer das investigações”, diz o delegado Marcelo Cavalcanti.
Nove membros do grupo estão presos desde o dia 26 de agosto, quando as vítimas os denunciaram após show em micareta. Além deles, um policial militar, que trabalhava na segurança do grupo, foi transferido para Coordenadoria de Custódia Provisória (CCP) da PM, localizada no Batalhão de Choque, em Lauro de Freitas, região metropolitana de Salvador. Ele foi preso suspeito de ter sido conivente com o crime. Segundo relato das vítimas, elas foram até o trio da banda para pedir autógrafos e tirar fotos com os artistas. Um produtor do grupo teria orientado as garotas a ir para o ônibus da banda, onde denunciaram ter ocorrido a violência sexual. Segundo a polícia, dois integrantes admitiram que fizeram sexo com as adolescentes, porém com consentimento. Os outros negaram que tiveram relação sexual com as garotas. 
Fonte: G1

Presidente da AL-BA pega ar com críticas de Bruno Reis ao DataNilo: ‘É um deputado invertebrado’

Presidente da AL-BA pega ar com críticas de Bruno Reis ao DataNilo: ‘É um deputado invertebrado’

O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), Marcelo Nilo, inflou com as críticas do deputado estadual Bruno Reis aos levantamentos realizados pelo seu instituto de pesquisa. De acordo com o parlamentar oposicionista, o resultado da consulta sobre a sucessão em Salvador – que teria ACM Neto com 36% e Nelson Pelegrino com 24% – já é de conhecimento de todos os parlamentares. Segundo Reis, o instituto Bahia Pesquisas e Estatísticas (Babesp), o chamado DataNilo, “presta serviço ao governador” Jaques Wagner. Ao saber da declaração, Nilo pegou ar, sacou o telefone celular do bolso e disparou: “Bruno Reis é um deputado que tem história… como subserviente de ACM Neto. Ele anda com as pernas de ACM Neto, anda com as pernas de ACM Neto, fala como ACM Neto e respira o ar que ACM Neto quer respirar. Não vou polemizar com um deputado que não tem história, não tem identidade e é invertebrado”. O chefe da AL-BA assegura que a amostragem do DataNilo cumpre uma metodologia científica. Em tréplica, Reis disse que “subserviência tem limite”. “É o devaneio que leva Marcelo Nilo a achar que o candidato ao governo [em 2014] será ele. A subserviência ao governador faz que ele cometa crime eleitoral, porque realizar pesquisa, sair falando do resultado e depois pedir registro é infringir a lei”, rebateu.

Fonte: Voz da Bahia

Deputado diz que todo mundo sabe resultado da pesquisa de Marcelo Nilo

Vice-líder da oposição na Assembleia Legislativa da Bahia, o deputado Bruno Reis (PRP) disse nesta sexta-feira (31) que virou motivo de piada a pesquisa do “instituto DataNilo” sobre a corrida eleitoral em Salvador. “O presidente da Casa, Marcelo Nilo, disse que vai registrar uma pesquisa na qual o próprio já anunciou aos quatros cantos o resultado, que dá 36% para ACM Neto (DEM) e 24% para Nelson Pelegrino (PT). Certamente, um levantamento de muita credibilidade”, ironizou Reis. O parlamentar afirmou que “virou moda na Assembleia a divulgação de pesquisas de fundo de quintal e que ninguém leva a sério”. “Talvez na ânsia de prestar um serviço ao chefe, que é o governador [Jaques Wagner], Marcelo Nilo coloque em campo o seu DataNilo. Tudo bem, a gente da oposição entende que alguns preferem mesmo é viver de ilusão”. O instituto Bahia Pesquisas e Estatísticas (Babesp) é de propriedade do presidente da Assembleia e tem sido apelidado de DataNilo

Fonte: Bahia Notícias

Oi divulga cidades com orelhões que fazem ligação local gratuita, entre elas Utinga

A operadora Oi publicou em seu site a lista de cidades brasileiras onde os orelhões mantidos pela concessionária já deixaram de fazer cobrança por ligações locais. Por não cumprir os objetivos do Plano de Revitalização da Telefonia de Uso Público, a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e a Oi ajustaram, no último dia 24, um acordo que prevê a gratuidade desse tipo de ligação em cerca de 2 mil municípios do País. De acordo com a Anatel, a medida irá beneficiar cerca de 29% da população brasileira. Nesta quinta-feira, venceu o prazo para a Oi efetivar a gratuidade em pelo menos 90% dessas localidades. Para obter a gratuidade, o usuário não precisará usar cartão. Basta apenas digitar o número do telefone fixo.
A gratuidade deverá ser mantida até pelo menos o final de 2012 em 742 municípios com densidade de orelhões abaixo da meta de quatro aparelhos a cada mil habitantes. Nos demais 1.278 municípios que registraram as piores condições de funcionamento dos orelhões, o prazo da gratuidade vai pelo menos até o próximo dia 30 de outubro. Para voltar a cobrar pelas ligações após essas datas, a empresa terá que garantir, conforme o município, o funcionamento de pelo menos 90% dos aparelhos – ou 95% onde não há serviço individual de telefonia – , ou ainda cumprir a proporção mínima de aparelhos por habitante. Em 446 municípios a Oi terá que se adequar a ambas as metas. 
Procurada pela Agência Brasil, a Oi informou, por meio de nota, que opera mais de 700 mil orelhões em cerca de 4 mil municípios brasileiros. Segundo a empresa, o cronograma de melhorias dos telefones públicos foi prejudicado pelo atraso na entrega de equipamentos por fornecedores e intempéries climáticas.
 “A Oi optou por uma forma de compensação pública e voluntariamente ofereceu gratuidade no uso de orelhões [em ligações locais para telefones fixos] nos municípios que não puderam ser atendidos no prazo acordado, como forma de reparação aos usuários dessas localidades”, diz a nota. A Oi informa ainda que 252 mil aparelhos serão trocados até 2013. A Anatel, por meio de sua assessoria de imprensa, garantiu que o órgão está fiscalizando o cumprimento do acordo. Já a Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor do Paraná (Procon-PR) disse que abrirá reclamações se algum consumidor denunciar o não funcionamento dos telefones públicos ou a “queima” de crédito. O Procon-PR ainda não registrou nenhuma reclamação a respeito. 
Em uma ação similar, no último mês de abril, a Anatel determinou a gratuidade das chamadas interurbanas para telefones fixos originadas de orelhões da Embratel. A medida, que em geral atinge áreas remotas do País, vale até o final do ano.

Ruy Barbosa: Integrantes da New Hit são detidos por suspeita de estupro

Na madrugada deste domingo (26), 10 integrantes da banda de pagode New Hit foram detidos por suspeita de estupro na cidade de Ruy Barbosa, centro norte baiano a 320 km de Salvador. Após realizarem um show na cidade, eles foram acusados de tentar manter relação sexual com duas menores dentro de um ônibus estacionado em lugar público. Duas adolescentes prestaram queixa na delegacia, onde foram encaminhadas ao Departamento de Polícia Técnica (DPT) para reazlização do exame de corpo de delito. Os pagodeiros já estão presos e prestam depoimento na manhã deste domingo (26), afirmando ter passado a noite com uma das adolescentes.

Fonte: Rádio Sociedade AM

O novo visual de Xuxa: morena

Foto: É a morena mais bonita do Brasil! #xuxamorena

Xuxa Meneghel, a eterna rainha loira dos baixinhos, acaba de fazer com seus cabelos o que ninguém poderia imaginar: pintá-los de preto. Sim, Xuxa agora é morena.
A transformação aconteceu na tarde de ontem, 22 de agosto, e a cor da tinta utilizada por Xuxa foi a nuance 30, de Koleston, castanho escuro.
Embora sempre tenha sido loira a vida inteira e nunca ter cogitado mudar, ela declarou em entrevista que ficar morena foi um sonho realizado.
“Eu sempre tive a vontade de ser morena porque era um sonho da minha mãe, que sempre quis um filho com o cabelo castanho, como os dela. Quando a Wella entrou em contato comigo e me apresentou o projeto, pensei: tá na hora”.
A apresentadora não apenas curtiu o novo resultado, como também deixou claro que pode nãoser única essa transformação.
“Sempre gostei de mudar, fazer coisas novas. Admiro as pessoas que se transformam e mudam o visual tipo camaleoa. Estava super ansiosa para chegar esse dia e ainda estou me acostumando com a nova cor, afinal, faz pouquíssimas horas que fiz a transformação. Foi um sonho realizado! Estou me sentindo uma nova mulher! Eu adorei! Com Koleston a gente pode ser o que quiser! Hoje morena, amanhã ruiva… Quem sabe?”, brincou Xuxa fazendo mistério sobre a possibilidade de ser a nova “camaleoa” do Brasil.
O que você achou do resultado? Combinou com ela ou foi uma mudança radical demais? Deixe sua opinião nos comentários!

Veja mais fotos aqui

Fotos e Fonte: Ketchum Digital