Confira o calendário de pagamento da 4ª e 5ª parcelas do auxílio emergencial de R$ 600





Acabou a agonia. O Ministério da Cidadania divulgou, nesta sexta-feira (17), as novas datas de pagamento da quarta (4ª) e quinta (5ª) parcela do auxílio emergencial de R$ 600 e R$ 1.200. O dinheiro é uma mão na roda para milhões de pessoas em todo o país.




O dinheiro da quarta parcela será depositado em conta poupança da Caixa entre os dias 22 de julho e 26 de agosto, conforme o mês de aniversário. O saque ficará liberado entre 25 de julho e 17 de setembro.

Já a quinta parcela cairá na conta dessas pessoas entre 28 de agosto e 30 de setembro, também de acordo com o mês de nascimento. Os saques serão liberados entre 19 de setembro e 27 de outubro. (mais…)

Quarta parcela do Auxílio Emergencial já tem data para iniciar pagamentos





Os beneficiados do Bolsa Família serão os primeiros a receber a quarta parcela do auxílio emergencial a partir da próxima segunda-feira (20/07).




Esse grupo segue o calendário regular de pagamento do programa, que é realizado nos dez últimos dias úteis de cada mês, de forma escalonada, de acordo com o NIS (Número de Identificação Social).

O governo federal e a Caixa ainda não divulgaram as datas da 4ª parcela para os demais cadastrados pelo aplicativo e site do bando ou pelo Cadastro Único.

Neste sábado (18/07), começa um novo calendário de saque para o grupo de 40,4 milhões de beneficiários do lote 1 (terceira parcela), lote 2 (segunda parcela) e lote 4 (primeira parcela), de acordo com a data de aniversário.



(mais…)

Auxílio Emergencial: pagamento seguirá de R$ 600 nas últimas duas parcelas; Veja todos os calendários




A Caixa Econômica Federal informou nesta sexta-feira (17) que o valor de pagamento das duas últimas parcelas do Auxílio Emergencial seguirá em R$ 600.

No fim de junho, quando o governo anunciou a prorrogação do Auxílio Emergencial, o ministro da Economia, Paulo Guedes, indicou que o valor do benefício poderia ser fracionado.




“Do ponto de vista operacional, respeitando a questão da pandemia, é mais simples (fazer o pagamento único de R$ 600)”, afirmou o presidente da Caixa, Pedro Guimarães.

O banco também anunciou que adiou o início dos saques e transferências da última parcela que já foi paga aos beneficiários do programa Auxílio Emergencial. Os saques e transferências seriam permitidos a partir deste sábado (18), mas agora só estarão liberados em 25 de julho, data em que a retirada do dinheiro passa a ser permitida no novo ciclo de pagamento.

(mais…)

Auxílio emergencial chega à quarta parcela; veja calendários da Caixa






O Auxílio Emergencial foi prorrogado para mais duas parcelas de R$ 600 cada. O governo poderá dividir o pagamento dessas parcelas, em R$ 500, R$ 100, e duas de R$ 300.

O pagamento da quarta parcela do Auxílio Emergencial começa no dia 20 de julho. Os primeiros que irão receber a prorrogação do auxílio serão os beneficiados do Bolsa Família. As datas de pagamento vão seguir o calendário já existente do programa.




Os beneficiários do Bolsa Família com o número final de Identificação Social (NIS) 1, começarão a receber no dia 20 de julho. Já para quem tem o NIS com o final 2 poderão sacar o dinheiro no dia 21 de julho. O calendário continua na ordem do final do NIS, até o 0, pulando apenas o fim de semana. O pagamento vai até 31 de julho.

(mais…)

Consulte em qual lote do Auxílio Emergencial você está





Com a distribuição do Auxílio Emergencial dividida em etapas e calendários, é normal que os beneficiários tenham dúvidas sobre quando exatamente irão receber – e isso pode se tornar ainda mais complexo à medida que novas parcelas são anunciadas.




Para tentar simplificar o acesso à informação, em uma coletiva realizada no dia 9 de julho, a Caixa Econômica Federal adotou uma forma única para se referir à quem recebe o auxílio: por LOTES a partir da data em que a pessoa foi aprovada para receber o benefício. Ou seja: a data em que você foi aprovado determina o LOTE em que você está.  Cada lote possui o seu próprio calendário. Por isso, saber em qual você se encontra é importante para entender quando você receberá o pagamento de cada parcela do auxílio emergencial.

Em qual lote do Auxílio Emergencial estou?

Lote Data de aprovação
Lote 1 Aprovados em abril
Lote 2 Aprovados em maio
Lote 3 Aprovados no início de junho
Lote 4 Aprovados no final de junho

Vale lembrar que o prazo para fazer a solicitação do auxílio emergencial terminou no dia 2 de julho.  Abaixo, veja as datas de pagamento de cada parcela dentro dos lotes específicos. (mais…)

Governo muda datas de saques para 2 milhões de beneficiários do Auxílio Emergencial





Atenção beneficiários. O governo federal modificou o calendário de saques do Auxílio Emergencial de R$ 600.

A mudança afeta as pessoas que recebem a primeira parcela do terceiro lote de beneficiários, inscritos no aplicativo e site entre 1º e 26 de maio. Com a mudança, serão antecipados os saques e transferências para os nascidos entre agosto e dezembro. Esse grupo, de 2 milhões de pessoas, terá acesso ao benefício a partir da próxima segunda-feira (13). Veja calendário ao final da reportagem.

—> Consulte em QUAL LOTE do AUXÍLIO EMERGENCIAL você está 





O novo calendário foi divulgado em portaria do “Diário Oficial da União” desta sexta-feira (10), e revoga a portaria com o calendário anterior, anunciado em 15 de junho.
(mais…)

Procon notifica PicPay por “sumiço” de dinheiro transferido no app





Diversas pessoas beneficiadas com o Auxílio Emergencial do governo federal que transferiram o valor do app Caixa Tem para o PicPay vêm relatando queixas para concluir o procedimento. A empresa, inclusive, foi notificada pelo Procon-ES para prestar esclarecimento sobre as denúncias feitas em redes sociais.

Entre as principais queixas estão a dificuldade para solicitar o saque do benefício e o não repasse dos pagamentos de boletos pelo PicPay. Muitos usuários também relatam que os recursos não caiam na conta, mesmo após a transferência.




Ao jornal A Gazeta, o PicPay disse que a instabilidade seria no sistema do aplicativo Caixa Tem e que, em caso de não conclusão das operações, a Caixa é responsável pelo estorno.

Já a Caixa informou que “grande parte dos problemas apresentados nas operações para bancos digitais já foram solucionadas” e que “casos mais específicos serão resolvidos ao longo da semana”.




URGENTE! Ministério Público e TCU pedem suspensão do auxílio emergencial de R$ 600




 

O Ministério Público e Tribunal de Contas da União pediram apuração sobre a prorrogação do auxílio emergencial de R$ 600, que definiram que foi “indiscriminada”. Lucas Furtado, subprocurador-geral, pediu que o auxílio seja suspenso até que a legalidade da medida seja explicada.




De acordo com ele, também é necessário analisar se isso não irá colapsar “desnecessariamente o equilíbrio fiscal” do Brasil. De acordo com o subprocurador-geral, a medida foi feita pensando em “seu filhos”, mas não de forma literal, e sim “por todos os filhos dos pais brasileiros, pelas gerações mais novas”. O subprocurador-geral diz que o que está em jogo é o futuro dessa geração.

Lucas Furtado alega que a prorrogação do auxílio de R$ 600 tinha obrigação de atender a critérios técnicos, além de evidências científicas, com análises detalhadas sobre o estado da pandemia do novo coronavírus ao redor do Brasil.

(mais…)

Caixa faz hoje três pagamentos diferentes do Auxílio Emergencial; Veja quem recebe





Hoje tem o pagamento do Auxílio Emergencial do Governo Federal para os beneficiários nascidos em novembro e dezembro.

Pelo aplicativo CAIXA Tem, você pode utilizar o seu crédito para pagar contas, boletos e fazer compras pela internet.




O saque em dinheiro e transferências estarão disponíveis pelo aplicativo a partir do dia 18/07, também de acordo com o seu mês de nascimento. 💻Site: auxilio.caixa.gov.br
📱Aplicativo CAIXA | Auxílio Emergencial
📱Aplicativo Caixa Tem
📞Telefone: 111
Evite aglomerações.




Saiba o valor e quem poderá se inscrever para receber o Renda Brasil






O Renda Brasil, programa de renda mínima permanente, já tem um valor pré-definido, disse o ministro da Economia, Paulo Guedes. O programa de transferência de renda irá ampliar o Bolsa Família e englobar outros programas do governo, como o FAT (Fundo de Amparo ao Trabalhador) e o Seguro Defeso.




Sua abrangência, portanto, será maior que a do Bolsa Família, que hoje transfere entre R$ 89 e R$ 205 para famílias com crianças ou adolescentes na escola. De acordo com a Caixa, hoje são 13,5 milhões de famílias beneficiadas.
(mais…)