Seis municípios da Bahia lideram entre 15 os mais violentos do Brasil

Seis municípios da Bahia estão entre os 15 mais violentos do Brasil. Segundo os dados do Mapa da Violência, a cidade de Mata de São João, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), aparece em primeiro lugar com o maior número de homicídios por armas de fogo no país. A pesquisa considera o número de crimes praticados entre 2012 e 2014. Foram 135 casos nesse período no município. Simões Filho (8º), Pojuca (9º), Lauro de Freitas (10º),Itabuna (13º) e Porto Seguro (14º) também aparecem no ranking. No total, 14 dos 15 municípios mais violentos estão no nordeste.

A Bahia é seguida por Alagoas, com cinco cidades; Ceará, com duas; e Paraíba, com uma. O município de Ananindeua, no Pará, foi a única exceção. A cidade ocupa a 7ª posição entre os 15 primeiros. O estudo foi elaborado pela Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais (Flacso), uma organização internacional e intergovernamental. No total, dos 417 municípios baianos, 29 aparecem entre os 150 mais violentos.

Quando se leva em consideração a porcentagem de cidades por estado, a Bahia caí para a 5ª posição. Alagoas lidera, seguida por Ceará, Sergipe e Espírito Santo. A maioria das vítimas são homens, entre 15 e 29 anos. Em 2014, morreram 30,7 pessoas por 100 mil habitantes na Bahia, o que representa um crescimento de 161,7% entre 2004 e 2014 e de apenas 7,8% em relação a 2013. Os números deixam o estado atrás de Alagoas, Ceará e Sergipe, na região Nordeste. (Correio da Bahia)

PP começa a punir dissidentes; situação da Bahia é ‘delicada’

A direção nacional do PP já começou a punir os parlamentares que contrariaram a decisão oficial pró-impeachment da sigla e votaram a favor do governo na votação deste domingo (17), na Câmara dos Deputados. Após se abster de votar, ajudando indiretamente o governo Dilma Rousseff, o deputado federal Beto Salame foi destituído no próprio domingo do comando do PP no Pará pela direção nacional do partido. Segundo o presidente do PP, senador Ciro Nogueira (PI), Salame já tinha sido avisado que, se contrariasse o fechamento de questão da sigla a favor do impeachment, seria destituído do comando estadual da legenda. Recém filiado ao PP após deixar o PROS, o deputado tinha assumido o comando da sigla Pará no início de março. O substituto dele na presidência regional do partido ainda não foi divulgado. Na votação de domingo, dos 45 deputados do PP, 38 votaram a favor do impeachment, 4 contra e 3 se abstiveram. Até então, a expectativa do governo era de ter mais de 10 votos favoráveis a Dilma na legenda. Dos votos favoráveis ao governo, quatro foram dados por deputados da Bahia. Dois votaram contra (Roberto Britto e Ronaldo Carletto) e dois se abstiveram (Cacá Leão e Mário Negromonte Júnior). Eles votaram a favor do governo, alegando ter uma aliança regional com o governador da Bahia, Rui Costa, do PT. O vice-governador baiano, João Leão, é presidente estadual do PP. A ala pró-impeachment do PP já pediu “providências” à direção do partido em relação aos baianos. No entanto, pela questão regional e por o partido ter a vice-governadoria do Estado, o caso é considerado delicado por Ciro Nogueira. A bancada pede ainda a expulsão do partido do deputado Macedo (CE), que também votou contra o impeachment. O parlamentar teve um aliado seu indicado recentemente para o Departamento Nacional de Obras contra a Seca (DNOCS).

Policiais civis da Bahia fazem paralisação de 72h a partir desta quarta

A partir desta quarta-feira (20), os policiais civis da Bahia farão paralisação de 72h. De acordo com o iBahia, às 9h desta quarta uma reunião está marcada. Nela, os policiais vão entregar as armas e a carteira funcional como forma de protesto. 

A greve deve seguir até a próxima sexta-feira (22). A volta ao trabalho da categoria está marcada para o sábado (23). A categoria está reivindicando a reestruturação salarial com igualdade entre os cargos da Polícia Civil baseada na atividade de investigação criminal; promoções; reconhecimento do laudo de papiloscopia pelo perito técnico conforme Lei Orgânica da Polícia Civil; reforma e construção de unidades policiais para atendimento à sociedade e a categoria; nomeação, posse e designação dos concursados de 1997, 2013 e 2014; valor da escala extra de Carnaval; entre outras.
De acordo com o iBahia

‘Papai Noel’ que roubou helicóptero em São Paulo é preso em cidade do interior da Bahia

O homem que roubou um helicóptero vestido de papai noel em um sítio da cidade de Mairinque, na Zona Norte de São Paulo, foi preso nesta sexta-feira (8), no município de Queimadas, no semiárido baiano. A informação foi divulgada pela Polícia Militar. Nabiel Cordeiro da Silva, que não teve idade divulgada, foi localizado por volta das 6h. Ele foi preso durante uma operação conjuta das polícias baiana e paulista.

Ele foi levado pela equipe de policiais da delegacia de Mairinque para Salvador, de onde será encaminhado para o município paulista. O roubo do helicóptero ocorreu no dia 27 de novembro. A aeronave modelo Robinson R-44 saiu do Campo de Marte, na capital paulista, e foi contratada para uma confraternização de Natal em uma chácara. Porém, o evento era falso e o piloto caiu em uma armadilha.
De acordo com informações dos donos do sítioalugado pela quadrilha, uma mulher entrou em contato no dia anterior ao roubo e pediu a reserva do imóvel. O contrato foi fechado em nome de um morador da Zona Norte de São Paulo. Não há informações sobre o paradeiro dos demais suspeitos. O período de locação do sítio foi das 6h30 às 18h do dia 27 de novembro, e a quadrilha pagou R$ 900 no momento em que chegou ao local. Dois integrantes do bando passaram o dia todo esperando pelo helicóptero, disse a polícia. Assim que a aeronave pousou no campo de futebol, o papi noel anunciou o assalto. O piloto foi rendido e amarrado com fita adesiva e uma corda. Um vizinho viu quando os criminosos levaram o piloto para a casa, onde ele ficou preso dentro de um banheiro. Horas depois, a vítima conseguiu se soltar e sair da chácara para pedir ajuda aos vizinhos. [Fonte: Rede Bahia . G1]

Detran abre 3 mil vagas na Escola Pública de Trânsito

O Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran-BA) lançou, nesta segunda-feira (21), a unidade da Escola Pública de Trânsito (Eptran) de Feira de Santana, no centro norte baiano, em entrevista coletiva à imprensa, na Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) do município.

As inscrições para o curso que dá direito à primeira Carteira Nacional de Habilitação (CNH) começam no próximo mês com a oferta de três mil vagas.

Para ter direito ao benefício, o candidato precisa residir na cidade, ser maior de 18 anos, possuir renda de até um salário mínimo e ter estudado a vida toda em escola pública ou privada com bolsa integral comprovada.

O evento reuniu o diretor-geral do Detran, Maurício Bacelar, o líder do governo na Assembleia Legislativa, deputado estadual Zé Neto, a chefe da Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), Eliana Boaventura, e o coordenador da 3ª Circunscrição Regional de Trânsito (Ciretran), Sílvio Dias.

“Inicialmente, as aulas serão nas instalações de um colégio estadual, mas já adquirimos outro imóvel para a Ciretran, no Alto do Cruzeiro, onde funcionou a Ebal, que vai abrigar definitivamente a Escola Pública de Trânsito. A nova sede será maior e vai oferecer mais comodidade e conforto aos usuários e alunos. Feira de Santana é um polo regional de desenvolvimento, onde o Detran tem melhorado os serviços oferecidos à população e feito blitzes de alcoolemia para garantir a seguranças nas vias”, afirmou Maurício Bacelar.

Este ano, o Detran já beneficiou 1.600 pessoas de baixa renda com o curso gratuito para a primeira habilitação, que oferece 45 horas de aulas teóricas, 25 horas de exames práticos, material didático e fardamento. O único custo dos candidatos é com o laudo, no valor R$ 143.

Celulares roubados serão bloqueados pela Polícia na Bahia

A Polícia Civil da Bahia é a primeira a utilizar no país o Cadastro de Estações Móveis Impedidas (CEMI), sistema da Associação Brasileira de Recursos em Telecomunicações (ABR-Telecom) para o bloqueio de aparelhos celulares, em caso de furtos e roubos. Um Núcleo de Estações Móveis Impedidas (NEMI) para o bloqueio de celulares começou a funcionar, nesta sexta-feira (18), na sede do Departamento de Crimes Contra o Patrimônio (DCCP), na Piedade.

O núcleo contará com uma equipe treinada na ABR-Telecom, no Rio de Janeiro, para utilizar o CEMI. Na primeira fase, serão bloqueados apenas aparelhos sem vinculação com linhas telefônicas, que ainda não foram habilitados, oriundos de roubos de cargas ou assaltos em lojas de varejo. As ocorrências serão registradas em qualquer delegacia da Bahia e em seguida encaminhadas ao NEMI, que efetuará o bloqueio dos aparelhos.

De acordo com o diretor do DCCP, delegado Moisés Damasceno, um estudo realizado pela polícia, a partir da observação dos números de registros de ocorrências envolvendo passageiros de ônibus, clientes em restaurantes e assaltos a grandes varejistas, permitiu perceber que o celular é utilizado como principal moeda de troca e motivador da maioria dos crimes patrimoniais.

“Esse dado levou a Segurança Pública a pensar estratégias para bloquear o aparelho e torná-lo inutilizável para o possível receptador”, explicou Damasceno. A Polícia Civil de São Paulo iniciou as ações nesse sentido, solicitando o bloqueio às operadoras, mas encontrou dificuldades na operacionalização.

Inicialmente, as operadoras exigiam o número de IMEI do aparelho, uma sequência com 15 números, registrada no próprio aparelho ou na embalagem, raramente guardada pela vítima. Além disso, as operadoras de telefonia não aceitavam bloquear aparelhos que não estivessem vinculados a uma linha, como os celulares roubados em lojas e oriundos de roubos de cargas.

Um grupo de trabalho, integrado pela Anatel, polícias civis de vários estados, operadoras de telefonia, Polícia Federal e ABR-Telecom passou a discutir o acesso das polícias judiciárias diretamente ao CEMI, para cadastrar os bloqueios. Além da Bahia, São Paulo, Espírito Santo e Mato Grosso também devem passar a utilizar CEMI. Conforme nota da Ascom – Polícia Civil.

Deputado quer proibir uso de animais em carroças, charretes e similares na Bahia

Um projeto apresentado pelo deputado estadual Marcell Moraes (PV) na Assembleia Legislativa da Bahia quer proibir em solo baiano o uso de animais em veículos como carroça, charretes e outros meios similares, sejam para uso pessoal ou finalidade lucrativa.

“Os veículos de tração de carga realizada por animais serão apreendidos e remetidos a destino indicado pelo órgão ambiental da administração (Sema)”, diz um trecho do projeto, que prevê ainda o encaminhamento dos animais para o centro de zoonoses do município o caso ocorrer. A liberação do veículo só acontecerá mediante pagamento de multa.
O deputado, que tem o lema de defensor dos animais, afirma que os animais são utilizados como meio de transporte ao tempo em que são submetidos a condições de maus-tratos. “Muitos deles chegam a ter a vida ceifada por conta do tratamento grotesco a que são expostos”, argumenta o verdista.
(Fotos: Jornal A Nossa Voz e Bocão News)

Morre ex-governador da Bahia, Lomanto Júnior

Faleceu na noite desta segunda-feira (23), aos 90 anos o ex-governador da Bahia, Antônio Lomanto Júnior após lutar contra uma insuficiência renal. O gestor estadual ficou internado no Hospital Português no mês de outubro desse ano após dar entrada com um quadro de de infecção urinária que desencadeou para a insuficiência renal. Ele governou o estado baiano entre os anos de 1963 e 1967. O velório será amanhã no palácio da aclamação.

Bahia: homem é preso suspeito de matar, perfurar órgãos genitais e cortar língua de adolescente


Um vendedor ambulante foi preso suspeito de ter matado uma garçonete de 17 anos, com requintes de crueldade, no município de Santa Cruz Cabrália, localizado no sul da Bahia. O corpo da vítima foi encontrado em um terreno baldio, enrolado em uma lona amarela e com um saco na cabeça. De acordo com informações da delegada responsável pelo caso, Teronite Bezerra, antes de morrer, a menor foi torturada.

— Ela teve parte da língua cortada e os órgãos genitais foram perfurados. Tudo leva a crer que ele bateu a cabeça dela na parede, pois tinha marcas de sangue espalhadas pela casa e paredes. Uma testemunha informou à polícia que viu Jaíne de Souza Nascimento entrar na casa do vendedor de coco e caldo de cana, Auto Galdino e Lemos, conhecido como Jabuti, 50 anos, porém, não a viu sair. Após cometer o crime, o homem bateu na porta de uma vizinha, muito nervoso, dizendo que teria que ir embora, pois o irmão dele iria passar por uma cirurgia urgente. Auto Galdino deixou R$ 10,00 para um rapaz comprar ração para os passarinhos que criava e R$ 30,00 para ele tomar conta da casa, além de dizer que o jovem poderia tomar os cocos e chupar as canas que estavam na casa. Em seguida, o homem fugiu em um carro, com o corpo da vítima enrolado em uma lona, mesmo material usado para vender as canas. Quando souberam do crime, populares tentaram invadir a casa do ambulante, para saquear e queimar o imóvel, entretanto, foram impedidos pela polícia.

Vinte e um dias após o crime, o homem se apresentou na delegacia da cidade com uma advogada e foi verificado que havia um mandado de prisão contra ele em aberto. Em depoimento, o suspeito negou o crime e disse nunca ter visto a garçonete. Questionado sobre uma testemunha ter visto a menor entrar na casa dele, Auto disse que um homem esteve em sua residência para instalar uma antena parabólica e que um chaveiro, com algumas chaves, havia sumido. A delegada trabalha com algumas linhas de investigação: vingança ou crime passional. (R7 BA)

Bahia: Terra treme nos municípios de Ibicuí, Itororó, Iguaí, Firmino Alves e Nova Canaã

A terra tremeu nos municípios de Ibicuí, Itororó, Iguaí, Firmino Alves e Nova Canaã, todos da região sudoeste da Bahia, na madrugada desta sexta-feira (6). A informação é do site Políticos do Sul da Bahia. O tremor assustou moradores das cidades e deixou marcas em diferentes áreas.
Segundo dados do Centro de Sismologia da Universidade de São Paulo (USP), a magnitude do tremor no município de Iguaí foi de 3.16 mR. O tremor de terra causou poucos danos e ninguém ficou ferido. Uma das causas do tremor pode ter sido a acomodação do solo por causa da falta de chuva na região. (Itapetinga Repórter)