Utinga inicia a semana com um novo caso suspeito de infecção por coronavírus

prefeitura de utinga4

Surge um novo caso suspeito do Covid-19 no município de Utinga, na Chapada Diamantina. A informação foi divulgada nesta segunda-feira (30), nas redes sociais da prefeitura. Segundo informações da Secretaria de Saúde, o caso está sendo investigado. Através do boletim diário, a prefeitura administrada pelo gestor Joyuson Vieira, informa que dois casos já foram descartados e que não há nenhum confirmado de infecção pelo vírus. Até o momento 23 pessoas vindas de outras cidades estão sendo monitoradas.

O município segue com as restrições emitidas em decretos oficiais e pede que os moradores mantenham os hábitos de higiene tais como lavar bem as mãos com sabão e água, usar álcool em gel, proteger nariz e boca ao tossir e espirrar, não manter contato com pessoas sintomáticas. Se necessário usar máscara, além disso as pessoas vindas de outras cidades devem ficar em isolamento prévio por setes dias. Caso apresentem sintomas informar de imediato as autoridades de saúde. O comércio em Utinga está aberto com restrições. Veja aqui (Jornal da Chapada)

 

Twitter apaga pela 1ª vez postagens feitas por Bolsonaro por violar regras

bolsonaro dfO Twitter deletou duas publicações feitas na conta do presidente Jair Bolsonaro na noite deste domingo (29), por violação às normas da rede social. Os tuítes foram feitos durante passeio dele a regiões de Brasília durante a manhã.
Bolsonaro orientou a reabertura do comércio, contrariando as orientações da Organização Mundial da Saúde e do próprio Ministério da Saúde. Nas filmagens, Bolsonaro citava o uso de cloroquina e falava sobre o isolamento social.
Na última semana, a rede social também tirou do ar dois tuítes do ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, e um do senador Flávio Bolsonaro, que republicavam vídeo antigo do médico Dráuzio Varella. As postagens teriam violado as normas sobre conteúdos enganosos.
Fonte: Bnews

Prefeito de Jacobina atende a população e mantém o comércio fechado

prefeito de jacobinaO prefeito de Jacobina, Luciano Antônio Pinheiro (DEM), popularmente chamado de Luciano da Locar, decidiu não permitir a reabertura do comércio da cidade a partir desta segunda-feira (30). A medida tem como objetivo prevenir o contágio de cidadãos pelo novo coronavírus (Covid-19).
Luciano da Locar editou um novo decreto estendendo o fechamento do comércio por mais duas semanas, até a meia-noite do dia 12 de abril. Informações de bastidores, apuradas pelo Jacobina Notícias, apontam que o prefeito de Jacobina “analisou os pedidos da população” que, em sua maioria, estava “receiosa quanto à reabertura do comércio”.
O decreto proíbe, por mais 90 dias, atividades que envolvam aglomeração com mais de 50 pessoas, incluindo eventos públicos e privados de qualquer natureza, sejam desportivos, religiosos, shows, feiras, circos, encontros, missas, velório, passeatas e outros. O decreto excetua setores que poderão continuar com suas atividades, por serem de natureza essencial para a população, tais como supermercados, mercados, farmácias, distribuidoras de gás, postos de combustíveis, padarias, agências bancárias e estabelecimentos que comercializem alimentos, sendo proibida a venda de bebida alcoólica.
Confira a íntegra do decreto 133/2020, publicado na noite deste domingo (29), no Diário Oficial da Prefeitura de Jacobina.
Fonte: Jacobina Notícias

Senado vota hoje auxílio de R$ 600 para autônomos e informais

Sessão Deliberativa Remota destinada a deliberar sobre o Projeto de Decreto Legislativo (PDL) 88/2020, que reconhece o estado de calamidade pública no Brasil. O Senado vota nesta sexta-feira (20) o Projeto de Decreto Legislativo (PDL) 88/2020, que reconhece o estado de calamidade pública no Brasil. Esse é o único item na pauta da reunião, convocada pela Presidência do Senado Federal. A sessão deliberativa é remota, ou seja, senadores poderão debater o assunto e votar a matéria pelo computador, sem estar presentes ao Plenário. A proposta, aprovada na noite da quarta-feira (18) pela Câmara dos Deputados, permite que o Executivo gaste mais do que o previsto e desobedeça às metas fiscais estabelecidas para 2020 para custear ações de combate à pandemia de coronavírus. O senador Weverton (PDT-MA) é o relator da proposta. A sessão deliberativa remota é conduzida pelo 1º vice-presidente do Senado Federal, senador Antonio Anastasia (PSD-MG). Na sala da Secretaria de Tecnologia da Informação do Senado Federal (Prodasen), senadores e funcionários da Casa se preparam para o ínicio da sessão. Foto: Jane de Araújo/Agência Senado

O Senado vota hoje (30) o pagamento de um auxílio emergencial por três meses, no valor de R$ 600, destinado aos trabalhadores autônomos, informais e sem renda fixa. O presidente da Casa, Davi Alcolumbre (DEM-AP), havia confirmado a data da votação em postagem no Twitter, na última sexta-feira (27).

Alcolumbre continua se recuperando após ser diagnosticado com o novo coronavírus. Quem tem comandado as sessões remotas é o vice-presidente, senador Antonio Anastasia (PSD-MG). A sessão está prevista para ocorrer às 16h. Antes, às 10h, os líderes se reunirão, também remotamente, para discutir outras votações prioritárias da semana.

Pelas manifestações de senadores nas redes sociais, a expectativa é que a medida seja aprovada sem objeções. Inicialmente, na primeira versão do relatório, o valor proposto era de R$ 500. Após negociações com o líder do governo, deputado Vitor Hugo (PSL-GO), o Executivo decidiu aumentar para R$ 600 e a proposta foi aprovada na Câmara dos Deputados na última quinta-feira (26).

O auxílio é voltado aos trabalhadores informais (sem carteira assinada), às pessoas sem assistência social e à população que desistiu de procurar emprego. A medida é uma forma de amparar as camadas mais vulneráveis à crise econômica causada pela disseminação da covid-19 no Brasil, e o auxílio será distribuído por meio de vouchers (cupons). (Agência Brasil)

Edição: Juliana Andrade

Prefeitura de Utinga divulga novo decreto para funcionamento do comércio

O prefeito Joyuson Vieira fala sobre o novo decreto | FOTO: Montagem do JC/Léo Barbosa |
O prefeito Joyuson Vieira fala sobre o novo decreto | FOTO: Montagem do JC/Léo Barbosa |

 

A prefeitura de Utinga, município da Chapada Diamantina, continua seguindo as orientações contra o novo coronavírus apontadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS), Ministério da Saúde (MS), Secretaria Estadual de Saúde (Sesab), Secretaria Municipal e Ministério Público da Bahia (MP-BA). Neste domingo (29), o prefeito Joyuson Vieira informou ao Jornal da Chapada dados do novo decreto que mantém diversas restrições para o funcionamento do comércio local para que o vírus mortal fique longe da cidade.

“Decidimos manter diversas restrições, tais como fechamento de bares e restaurantes, limitação da feira livre para apenas determinados produtos produzidos em Utinga. Também recomendamos que o comércio local crie horário exclusivo, das 8h às 10h da manhã, para atendimento ao grupo de risco, idosos maiores de 60 anos e portadores de doenças pré-existentes”, declara o gestor. A decisão acontece após a prefeitura ouvir o comitê técnico de contingência de enfrentamento e combate ao novo coronavírus, instituído no município para conter a pandemia. (mais…)

Bebê de 1 anos e 7 meses morre após sofrer acidente em casa

hec

 

Uma criança de 1 ano e 7 meses morreu no Hospital Estadual da Criança (HEC), em Feira de Santana. Segundo a polícia, ele sofreu um acidente doméstico por volta das 21h de sexta-feira (28), na residência onde morava na cidade de Gavião.

Um aparelho de som caiu sobre a cabeça e ele ficou gravemente ferido. O bebê foi socorrido pelos familiares e encaminhando para o HEC, mas faleceu por volta da meia-noite. O delegado Fabrício Linard efetuou o levantamento cadavérico no hospital neste sábado (28). Os nomes da criança e dos pais não foram divulgados. (Acorda Cidade)

 

Itaberaba reabrirá comércio. Confira as restrições

itaberaba
De 27 de março, o decreto 068 prevê a reabertura do comercio local, mas com rigorosas restrições de funcionamento. Em atendimento à todas as recomendações da vigilância epidemiológica, os comerciantes deverão afastar os funcionários com mais de 60 anos e as gestantes. Qualquer funcionário que apresente sintomas de gripe deverá ir para a quarentena mediante atestado médico.
Bares e restaurantes poderão funcionar até as 21hs, também dentro das prerrogativas de distância de 2 metros entre uma mesa de outra e sem som abusivo. As clinicas odontológicas só mediante emergência comprovada, e estão liberadas para serviço administrativo interno. Laboratórios e clinicas medicas só podem atender com horário marcado, para que não aglomere pessoas nas respectivas recepções.

(mais…)

Prefeito morre por coronavírus no Piauí

prefeito de são josé do divino

O prefeito de São José do Divino, no Piauí, Antônio Nonato Lima Gomes, morreu por causa do coronavírus. Ele é a primeira vítima da covid-19 no estado.

Antônio Felícia, como era conhecido, tinha 57 anos e chegou a ser atendido no hospital, mas não resistiu. Ele tinha diabetes e teve uma evolução rápida da doença.

O governador do Piauí, Wellington Dias (PT), lamentou a morte e disse que o prefeito, que também integra do Partido dos Trabalhadores, era seu amigo pessoa.

Rui Costa proíbe realização de ato ‘Não Para Salvador’, contra isolamento social

rui
Uma carreta promovida por um movimento batizado de “Não Para Salvador” está programada para acontecer no domingo (29), em Salvador, a partir das 10h da manhã, com saída do novo Centro de Convenções da capital baiana.
Por conta da pandemia do coronavírus, o estado da Bahia está em estado de emergência e aglomerações estão vetadas. Se depender do governador Rui Costa (PT), esse evento não irá acontecer. Ele determinou a Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA) a agir com rigor para coibir a manifestação.
“A Secretária da Segurança (SSP) não permitirá manifestações de quem pensa no lucro e quer matar pessoas. Eu vi hoje de manhã cards convocando carreata. Essas pessoas, para serem honestas, consigo mesmo e com os outros, ao invés de propor carreata, em que eles ficam em carro de luxo de R$ 200 mil deveriam deixar o carro na garagem e pegar o buzu, o metrô e van, em que o povo anda. Propor carreata dentro de carro de luxo de R$ 200 mil é fácil (…) Determinei que a Secretaria de Segurança aja com rigor, porque nós estamos em estado de calamidade de saúde pública. Aqueles que só pensam somente  na máquina registradora, nós não vamos permitir que essas pessoas incentivem a o ódio e a morte de outros seres humanos”, declarou o governador.
Até o momento a Bahia contabiliza 123 casos de coronavírus e nenhum óbito.
Por Glauber Guerra

Justiça Federal proíbe medidas de Bolsonaro contra isolamento

Foto: Marcos Corrêa/PR
Foto: Marcos Corrêa/PR

Na tarde da última sexta-feira (27), a Justiça Federal proibiu que o governo federal adote medidas contra o isolamento social do país. A medida de reclusão para evitar maior contaminação do coronavírus é uma recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS), que, se descumprida, pode gerar multa de R$ 100 mil.

 

Os decretos do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que liberavam as atividades de igrejas e funcionamento de casas lotéricas, também foram suspensos. As medidas da Justiça Federal tem efeito imediato e valem para o todo o território nacional.

 

O pedido de suspensão das decisões do presidente foi feito pelo Ministério Público Federal (MPF) com determinação do juiz federal Márcio Santoro Rocha, da 1ª Vara Federal de Duque de Caxias, no Rio de Janeiro, reforçando a adoção das orientações da OMS.