Saque do FGTS começa dia 15 de junho. Saiba quem tem direito

fgts

A partir do dia 15 de junho, a Caixa Econômica Federal começa a liberar a nova rodada de saques do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço). O calendário de pagamentos ainda esta sendo preparado, porém, a rodada deve ir até o dia 31 de dezembro deste ano. A rodada de saque do FGTS vai permitir que os trabalhadores retirem até R$ 1045 da conta ativa ou inativa, conforme autorizou a Medida Provisória 946, de abril de 2020. O cronograma da Caixa deverá ser revelado nos próximos dias.

É provável que você também goste:

Bolsonaro diz que auxílio emergencial deverá ter quarta parcela

Dataprev será obrigada a explicar motivos de recusa do auxílio emergencial 

Saiba como contestar resultado do cadastro do auxílio emergencial




Saque do FGTS: Quem tem direito ao benefício?

Muitos brasileiros ainda possuem dúvidas quanto ao benefício e a principal delas é se tem ou não, direito a fazer o saque do FGTS. Como afirmado mais acima, os trabalhadores que possuem as contas ativas e inativas no FGTS terão o direito a sacar os R$ 1045. Mas atenção, o limite de saque é R$ 1045, conforme estabelece a MP. Então, se o trabalhador tiver mais que uma conta, o valor será retirado das contas inativas, iniciando naquelas que tiverem o menor saldo. Depois, o dinheiro pode ser retirado de outras contas ativas, com início também por aquela que tiver menor saldo. Entretanto, o valor não pode passar dos R$ 1045. (mais…)

Caixa credita auxílio emergencial em contas dos beneficiários

Hoje é a vez dos nascidos em fevereiro

Lançamento do aplicativo CAIXA|Auxílio Emergencial
Lançamento do aplicativo CAIXA|Auxílio Emergencial

A segunda parcela do auxílio emergencial começou a ser creditada pela Caixa nas contas indicadas pelos beneficiários. Os recursos, que haviam sido antecipados para uso digital pelo aplicativo Caixa Tem, estão sendo transferidos automaticamente para as contas informadas pelos beneficiários, de acordo com o calendário de saque em espécie.

No último sábado (30), foi liberado o saque e a transferência para os beneficiários nascidos em janeiro. Hoje é a vez dos nascidos em fevereiro. Amanhã, será para os nascidos em março e assim por diante até o sábado dia 13 de junho, para os nascidos em dezembro, com exceção do domingo (7).

A transferência dos valores será feita para quem indicou contas para recebimento em outros bancos ou poupança existente na Caixa. Com isso, esses beneficiários poderão procurar as instituições financeiras com quem têm relacionamento, caso queiram sacar.

(mais…)

Quando vai sair o calendário da terceira parcela do Auxílio Emergencial?

auxilio emg 3

Os beneficiários do Auxílio Emergencial agora estão ansiosos para receber o pagamento da terceira parcela. Aliás, ainda não foi definido quantas parcelas ainda terão e qual o novo valor que será creditado na conta dos trabalhadores. Mas quando será que vai sair o calendário da terceira parcela do Auxílio Emergencial?




Calendário da terceira parcela do Auxílio Emergencial deve sair em duas semanas

De acordo com Pedro Guimarães, presidente da Caixa Econômica Federal, o calendário de pagamento deve estar disponível em duas semanas. Além disso, ele afirmou que deve anunciar o cronograma de repasses do benefício para o pagamento de lotes residuais em que visa aqueles trabalhadores que não receberam nenhuma das parcelas.

Gostou? Curta nossa Fan Page no Facebook

Auxílio poderá ser suspenso para alguns beneficiários

É importante ressaltar que não é garantido que só por ter recebido a primeira parcela do auxílio emergencial que vai receber as outras. Isso porque, segundo o Ministério da Cidadania, a cada pagamento, o sistema faz uma reanálise dos cadastros, utilizando as bases de dados e as novas informações que foram inseridos sobre os requerentes. Isso serve para evitar os pagamentos indevidos, como por exemplo, alguém que estava desempregado e, depois de receber a primeira parcela, conseguiu um emprego formal.

Veja também:

 Bolsonaro diz que auxílio emergencial deverá ter quarta parcela

Dataprev será obrigada a explicar motivos de recusa do auxílio emergencial 

Saiba como contestar resultado do cadastro do auxílio emergencial

Auxílio Emergencial será prorrogado com novo valor, confira

aux prorrogado

O secretário especial de Fazenda do Ministério da Economia, Waldery Rodrigues, afirmou nesta última quinta-feira (28) que o auxílio emergencial, voltado principalmente a trabalhadores informais, provavelmente será prorrogado. Segundo ele, no entanto, o programa teria que funcionar sob um outro formato.

“O auxílio emergencial será prorrogado? Muito provavelmente sim, mas com outro perfil, outro formato. É um programa valiosíssimo, de alta efetividade, mas caro”, afirmou em audiência virtual promovida por comissão do Congresso.

Veja também: Quando vai sair o calendário da terceira parcela do Auxílio Emergencial?

Ele afirma que o programa custa R$ 51,5 bilhões por mês, um valor que considera muito alto. Por isso, defendeu que seja avaliada a efetividade e o custo da medida. “Não cabe uma extensão muito prolongada, nas nossas contas”, disse.

Embora não tenha mencionado o valor a ser concedido durante a prorrogação, o Ministério da Economia tem defendido um corte dos atuais R$ 600. O titular da pasta, Paulo Guedes, já disse querer um valor de R$ 200. (mais…)

Dataprev será obrigada a explicar motivos de recusa do auxílio emergencial 

reclame aux

O Auxílio Emergencial de R$ 600 a R$ 1200 (para mães solteiras) continua sendo pago a milhares de brasileiros. Entretanto, ainda existem aqueles que passam pela recusa do auxílio emergencial, seja por não se enquadrarem nos requisitos para o benefício, seja por outros motivos. A partir de agora, porém, a Dataprev será obrigada a explicar os motivos do problema.

Assim, devido a diversos problemas com a recusa do auxílio emergencial, a Justiça Federal de Sergipe obrigou a União, a Caixa e a Dataprev a corrigir parte das irregularidades que foram apontadas pela população que ainda espera pelo benefício. Confira, a seguir, como será feita essa explicação e o que está sendo feito para evitar problemas de recusa do auxílio emergencial.



Por que acontece a recusa do auxílio emergencial?

Desde que o benefício de R$ 600 foi concedido, milhares de pessoas estão passando por problemas de recusa do auxílio emergencial. Muitas dessas recusas, entretanto, não deveriam ter sido negadas, demonstrando um problema de cadastro e análise. Nesta semana, por exemplo, diversos beneficiários reclamaram por terem sido enquadrados como presidiários no cadastro, perdendo o direito ao valor.

(mais…)

Caixa libera novos pagamentos do auxílio emergencial para milhões de pessoas

A32AFE61-67A9-401E-B3D3-EB403CC6B6B6A Caixa Econômica Federal paga nesta sexta-feira (29/05) o auxílio emergencial de R$ 600 para mais 2,5 milhões de brasileiros.

O crédito se refere à primeira e segunda parcelas. De acordo com o calendário do banco, o benefício é destinado aos seguintes grupos:

  • Primeira parcela: 600 mil trabalhadores informais e inscritos no Cadastro Único (CadÚnico) nascidos em dezembro;
  • Segunda parcela: 1,9 milhão de beneficiários do Bolsa Família com Número de Identificação Social (NIS) final igual a 0.

Esses são os últimos lotes a pagar programados pela Caixa. Contudo, a estatal deve publicar novos calendários para outros pagamentos.

(mais…)

Publicada com vetos lei sobre ajuda financeira a estados e municípios

Moeda Nacional, Real, Dinheiro, notas de real
Moeda Nacional, Real, Dinheiro, notas de real

A lei que trata da ajuda financeira a estados, municípios e o Distrito Federal para o combate aos efeitos da pandemia do novo coronavírus foi sancionada com vetos pelo presidente Jair Bolsonaro. A Lei Complementar nº 173, de 27 de maio de 2020, está publicada no Diário Oficial da União desta quinta-feira (28) e garante auxílio financeiro de até R$ 125 bilhões aos entes, em forma de envio direto de recursos, suspensão do pagamento de dívidas e renegociação com bancos e organismos internacionais.

O presidente vetou um trecho da lei que tratava dos salários de servidores públicos. Com o veto, esses trabalhadores ficarão sem reajuste salarial até o fim de 2021. Durante a tramitação no Congresso, parlamentares excluíram algumas categorias desse congelamento, como trabalhadores da educação, saúde e segurança pública, servidores de carreiras periciais, profissionais de limpeza urbana e de serviços funerários. (mais…)

Veja o calendário da 3ª PARCELA do auxílio emergencial para o Bolsa Família

74F1DD13-A848-40D3-B340-BEAD430E5523A Terceira Parcela já tem datas definidas

Esta definição feita com antecedência acontece, pois o pagamento do auxílio para o Bolsa Família segue as datas já estipuladas pelo programa social.

A terceira parcela será paga no mês de junho e segue o número do NIS. Confira todas as datas:

  • Dia 17: NIS final 1
  • Dia 18: NIS final 2
  • Dia 19: NIS final 3
  • Dia 22: NIS final 4
  • Dia 23: NIS final 5
  • Dia 24: NIS final 6
  • Dia 25: NIS final 7
  • Dia 26: NIS final 8
  • Dia 29: NIS final 9
  • Dia 30: NIS final 0

Atualizações no Bolsa Família suspensas

Enquanto durar os pagamentos do auxilio emergencial, o governo federal decidiu suspender as atualizações nos cadastros dos beneficiários do Bolsa Família.

Já para quem recebe na poupança digital ou em banco, o calendário ainda será divulgado aqui.

Siga-nos em nossas redes sociais para ficar atualizados com as informações sobre a 3ª e 4ª parcela do auxílio emergencial.

 

Agências dos correios pagarão auxílio emergencial a partir de junho

C4FEFB75-51B4-46E8-8559-F2CB67C504A0
A partir do mês de junho, além das agências da Caixa Econômica Federal, as dos Correios serão opções para que a população possa receber o auxílio emergencial pago pelo governo federal, por causa da pandemia do novo coronavírus.

Em nota oficial, os Correios informaram que o início do pagamento aos trabalhadores informais, microempreendedores individuais, mães solteiras, autônomos e desempregados  acontece em junho nas agências postais, mas não confirmaram uma data específica. “As agências estão, nesse momento, em processo de adaptação dos sistemas para realização do serviço”, diz o comunicado. “A data de início do atendimento, as formas de acesso da população e demais procedimentos serão amplamente divulgados pelos canais oficiais da empresa”, acrescentou.

Caixa vai lançar novo aplicativo para facilitar pagamento dos R$ 600 do auxílio emergencial

novo app caixa

 

Caixa vai lançar novo app para facilitar pagamento dos R$ 600 do auxílio emergencial. O presidente da Caixa, Pedro Guimarães, disse em entrevista coletiva no sábado (23), que o banco realizou mais uma etapa de pagamento do auxílio emergencial. Segundo ele, há no mínimo três semanas não há filas nas agências para receber ajuda para ajudar as famílias durante a crise provocada pelo novo coronavírus.

Além disso, Guimarães antecipou que o banco vai anunciar nas próximas semanas um novo aplicativo em que vai ajudar a melhorar a questão tecnológica para os clientes. “Teremos um anúncio excelente e transformacional que vai melhorar ainda mais a confiança e a segurança do cliente”, e ainda acrescentou que a medida vai atender todos os 27 Estados mais o Distrito Federal.

Por fim, segundo a Caixa, 2,1 milhões de beneficiários receberam o auxílio, que foram as pessoas nascidas entre maio e julho.




Ficaram abertas 901 agências para atendimento ao público, segundo Guimarães. “Tivemos pouca fila, ou quase nenhuma, ao contrário de semanas atrás. Portanto, não há necessidade de a pessoa chegar de madrugada. Sempre tentem evitar chegar muito cedo, pois todos serão atendidos”, disse.

“Hoje, mais 5,2 milhões de brasileiros receberam o depósito por via digital e, nesta semana, batemos o recorde ao pagarmos 35 milhões de brasileiros, sendo pagos R$ 1,3 bilhão”, afirmou Guimarães. ( Exame.)




 

Veja também: Correios serão opção para fazer cadastro para auxílio emergencial