Inscrições para o ProUni terminam nesta segunda-feira

Terminam hoje (2) as inscrições para o Programa Universidade para Todos (ProUni). Os interessados devem acessar o site do ProUni até as 23h59. Para o segundo semestre de 2012, estão disponíveis 90.311 bolsas. Desse total, 52 mil são integrais e 37 mil são parciais, que custeiam 50% da mensalidade. Podem se candidatar estudantes que tenham cursado todo o ensino médio em escola pública ou em estabelecimento particular na condição de bolsista. Também é pré-requisito ter participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2011 e atingido pelo menos 400 pontos na média das provas objetivas, além de não ter zerado a nota da redação.
As bolsas integrais são destinadas a estudantes com renda familiar per capita mensal até 1,5 salário mínimo. Já as bolsas parciais podem ser pleiteadas por quem tem renda familiar per capita até três salários mínimos. Ao acessar o sistema, o candidato poderá escolher até duas opções de curso, elegendo sua prioridade. A lista dos pré-selecionados será divulgada em 5 de julho. Haverá ainda uma segunda chamada, prevista para 20 de julho. As informações são da Agência Brasil.

Empresa recebeu R$ 6,8 milhões em contratos com o governo do Estado

Capitaneada pelo professor Jorge Portugal, a empresa Abais Conteúdos Educativos e Produção Cultural acumulou pelo menos R$ 6,8 milhões em contratos com o governo do Estado nos últimos quatro anos – todos eles com dispensa ou inexigibilidade de licitação. Os contratos foram firmados com o Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia (Irdeb), para realização dos programas televisivos “Tô Sabendo” e “É Bom Saber”, e com a Secretaria de Educação do Estado (SEC). Orçado em R$ 1,6 milhão, o último contrato firmado teve por objetivo a organização de 384 aulões preparatórios para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O caráter emergencial da contratação despertou críticas de deputados de oposição e de sindicalistas ligados ao movimentos dos professores. Portugal alega que os questionamentos são infundados: “Estou sendo bombardeado por um sensacionalismo moralista. Este projeto é sonho dourado de qualquer aluno da rede pública ou particular, pois reúne professores dos melhores colégios e cursinhos”. 
Em nota encaminhada ao A TARDE, a SEC argumenta que o contrato emergencial foi assinado para “minimizar os prejuízos causados pela greve dos professores aos estudantes concluintes do ensino médio da rede estadual que vão prestar provas do Enem e outros vestibulares”. Segundo a secretaria, os requisitos para a escolha da Abaís foram a “capacidade técnica, pedagógica e de infraestrutura” da empresa. Os eventos vão envolver cerca de 100 professores, além de uma infraestrutura de serviço de sonorização, palco, iluminação e filmagem dos aulões para veiculação na internet. 
Fonte: A Tarde

“Estudetes” ganham programa de rádio em emissora da Ilha

Depois de fazer sucesso no Youtube com um vídeo em que ironizam a situação dos estudantes frente à greve dos professores, as estudantes Isabele, Bruna e Jamile – as “Estudetes” – ganharam um programa na Rádio Comunitária Tupinambá FM, de Itaparica. O programa será transmitido às quartas-feiras, das 13h às 14h. Nele, as Estudetes darão dicas para o vestibular e para o Enem, além de comentar assuntos como música, sexo e esportes. No programa de estreia, nesta quarta (27) um dos temas abordados foi prevenção da gravidez na adolescência.
Segundo o gerente de marketing da rádio, Thadeu Brasileiro, os temas serão variados. A coordenadora do programa, Teresa Coelho, explica a variedade de temas. “Deixo a cargo delas decidirem, hoje elas deram dicas de vestibular, para o Enem, sobre música, saúde, esporte e gravidez precoce”, explica. Para ouvir o programa, o ouvinte de Itaparica pode sintonizar a 87.9 FM. Fora da Ilha, a transmissão será feita através do site tupinambafm.com.br. 
Fonte: Correio






VEJA O VÍDEO:


Greve dos professores causa apreensão em participação de petistas no 2 de Julho

O alerta vermelho foi acionado ontem na articulação política do governo Jaques Wagner (PT) por causa do prolongamento da greve dos professores. Há forte temor em determinados grupos da administração estadual com relação ao risco de participação do governador e, inclusive, do candidato do PT à Prefeitura de Salvador, Nelson Pelegrino, no desfile anual do 2 de Julho, caso o movimento paredista, bastante acirrado por influência de alguns partidos políticos, se prolongue até a realização do evento. Por enquanto é só, mas há grande interesse em que o conflito se encerre antes do 2 de Julho. 
Fonte:Tribuna