Andrade, campeão brasileiro de 2009, irá comandar o Jegue da Chapada no Campeonato Baiano de 2015

Andrade Flamengo (Foto: Vipcomm)

O Jacobina Esporte Clube anunciou na tarde desta segunda-feira a contratação do técnico Andrade para comandar a equipe no Campeonato Baiano de 2015. Campeão brasileiro em 2009, pelo Flamengo, quando foi premiado como melhor técnico do campeonato, Andrade vai comandar o Jegue da Chapada, que volta à Primeira Divisão do Campeonato Baiano depois de 20 anos de ausência.
O anúncio da contratação foi feito pelo presidente do clube, Rafael Damasceno. O dirigente comemorou o acerto e disse que o treinador será apresentado nesta terça junto com o elenco. Além disso, o presidente disse que com a contratação espera contar com a simpatia dos flamenguistas espalhados pela Bahia.
– Isso mostra que não estamos vindo para brincar no campeonato. É uma satisfação imensa poder trabalhar com um vencedor como Andrade, tanto como jogador como treinador. Muitos flamenguistas na Bahia vão passar a torcer para o Jegue – disse.
A estreia do Jacobina no Campeonato Baiano será no dia 1º de fevereiro, quando vai enfrentar o Galícia. O Jacobina é da cidade de mesmo nome, que fica no norte baiano, e distante 330 KM de Salvador.

Jogador morre após se machucar em comemoração de gol; veja o vídeo

Um acidente chocou o futebol indiano. O jogador Peter Biaksangzuala, do Bethlehem Vengthlang FC, depois de fazer o gol de empate, contra o Chanmari West FC, morreu, depois de cair na comemoração.

Peter celebrou o gol dando uma estrela e um mortal. No entanto, o movimento deu errado e ele caiu de mau jeito. Assista:

O árbitro da partida e os companheiros logo perceberam a gravidade do acidente e chamaram os médicos. O jogador foi levado para o hospital, onde foi diagnosticada uma lesão na coluna vertebral. No úiltimo domingo, depois de cinco dias no centro de terapia intensivo, Peter morreu.

O Bethlehem Vengthlang FC prometeu aposentar a camisa 21, número com qual Peter jogava.

Utinga sedia Jogos Estudantis da Rede Pública

A Administração Governo da Cidadania inaugurou ontem à noite (21), a quadra poliesportiva totalmente coberta e adequada à prática de diversas modalidades esportivas. O sucesso do evento foi potencializado com a abertura do JERP, Jogos Estudantis da Rede Pública da Bahia, que o município está sediando e que conta com a presença das cidades de Andaraí, Bonito, Wagner e Nova Redenção, integrantes da Direc 18.
O Prefeito Alberto Muniz, em um rápido pronunciamento, falou sobre as reformas que o Colégio Municipal Senhor do Bonfim passou recentemente, incluindo o assentamento de pisos de alta resistência, salas climatizadas e renovação do telhado.
O cerimonial foi composto por desfile das delegações, corte da fita inaugural volta olímpica de atletas, acendimento da tocha olímpica, apresentação de grupos de dança etc.
Foi uma comemoração bastante concorrida que contou também com a presença do diretor da Direc 18, Sr.Carlos Eduardo Dourado Bastos, autoridades municipais, diretores escolares e a população em geral.

Garoto utinguense destaque na Copa Sub 17 de Wagner irá jogar pelo Cefeb de Barreiras

O atacante utinguense Paulo Henrique, de 17 anos, uns dos destaques da copa sub-17 de Wagner, irá jogar no Cefeb – Barreiras na Copa Sul Americana de Luis Eduardo em janeiro. O garoto atualmente ainda treina na Escolinha Vila Nova, clube pelo qual participou com apenas 16 da Copa Sub-17 em Wagner e onde em 2013 teve participação marcando um gol na semifinal do “Torneiro de Natal” onde a Vila Nova foi campeão. O garoto que já passou em duas peneiras, mas não teve a oportunidade de ser levado aos respectivos clube que conseguiu o triunfo e agora tem a oportunidade de jogar num clube mesmo que ainda amador tem conseguido colocar vários garotos em clube de grande expressões como Santos entre outros. O garoto Paulo Henrique mesmo tendo encontrado dificuldades por não ter patrocinadores estará representando a cidade de Barreiras, mas também levando o nome da cidade de Utinga. (Blog do Léo Barbosa com informações de Izabelle Penz)

Alemanha é campeã da Copa do Mundo 2014

Argentina e Alemanha jogam a final da Copa do Mundo no Maracanã

Com gol foi marcado por Götze aos 7 minutos da segunda parte do tempo extra, Alemanha leva a taça da Copa do Mundo 2014.
O mundo do futebol tem um novo soberano. Com um gol de Gotze, aos 7 minutos do segundo tempo da prorrogação, a Alemanha venceu a Argentina por 1 a 0 no Maracanã e se tornou tetracampeã mundial. É a primeira vez que uma seleção europeia vence a Copa do Mundo no continente americano.
Como toda boa final da Copa do Mundo, o jogo teve contornos de dramaticidade e foi decidido só no final da prorrogação. Embalada pela vitória massacrante contra o Brasil, a Alemanha começou a partida dominando as ações. Comandada por Kroos, os europeus mantinham a posse de bola e tentavam furar o bloqueio da retranca argentina. Só que apesar domínio aparente da Alemanha no jogo, a Argentina começou a criar mais chances após os 15 minutos.
A maioria das oportunidades da Argentina eram em jogadas que começavam pela direita. Mas foi em um vacilo da zaga que surgiu a primeira chance real de gol. Kroos deu um passe errado e Higuaín recebeu livre aos 20 minutos. Com uma finalização péssima, o centroavante argentino errou o gol.

Aos 29 minutos, Higuaín até balançou as redes. Mas estava impedido. Na primeira etapa, a Alemanha teve uma chance clara já nos acréscimos. Em escanteio, Hummels acertou a trave aos 46 minutos do primeiro. No rebote, Muller estava impedido. (CBN)

Morre em São Paulo o médico e comentarista Dr. Osmar de Oliveira

Faleceu nesta sexta-feira, aos 71 anos, o médico e comentarista esportivo Osmar de Oliveira. Doutor Osmar, como também era conhecido no meio do futebol, estava internado em São Paulo após uma cirurgia para a retirada de um tumor na próstata e também sofria com problemas pulmonares. Em julho de 2013, Osmar de Oliveira sofreu um infarto e também precisou ser operado.

Osmar de Oliveira formou-se em medicina no ano de 1969, na PUC, em Sorocaba. Especializou-se na medicina esportiva e trabalhou como médico do Corinthians, do Comitê Olímpico Brasileiro (COB) e da seleção brasileira de basquete.
Também foi comentarista e locutor esportivo, tendo passado por TV Gazeta (SP), Rádio Gazeta, TV Bandeirantes, SBT, TV Manchete, TV Cultura, TV Record e também na TV Globo, onde foi locutor entre os anos de 1980 e 1983.
O Corinthians, time do coração de Doutor Osmar, manifestou pelas redes sociais seu luto.


– Luto! Morre Dr. Osmar de Oliveira! Eterno Dr. OSMAR, corintiano roxoo, vai deixar saudades! Descanse em paz, Dr. Osmar de Oliveira! Obrigado por sempre levar o Corinthians contigo. Nossas condolências e respeito à família.- publicou o clube via Twitter e Instagramm

Seu companheiro na TV Bandeirantes, o apresentador Milton Neves também enviou sua mensagem após o falecimento de Dr. Osmar:

– Descanse em paz, Doutor! Obrigado por cada programa juntos. Sentirei falta de seu corintianismo e amizade – publicou via Twitter.

O ex-jogador e também colega de trabalho de Dr. Osmar, Denílson publicou no Instagramm:

– Há 4 anos conheci um cara incrível. Já conhecia como jornalista, mais há 4 anos trabalhava com ele que era e vai continuar sendo uma referência em todos os sentidos. Um senhor simplesmente INCRÍVEL! Descanse em paz Doctor OSMAR obrigado por todas nossas conversas, aprendi muito com o senhor. Meus sentimentos a toda família.

O chefe de jornalismo do SporTV, Carlos Cereto, foi outro a reverenciar Dr. Osmar:

– Soube agora que faleceu o Dr. Osmar de Oliveira. Grande jornalista, médico e corintiano. Que Deus o ilumine – escreveu Cereto.

Possibilidade do Brasil ficar fora da Copa de 2018 nunca foi tão real

A humilhação do Brasil diante da Alemanha, nesta Copa do Mundo, deve ser utilizada como uma lição para os próximos anos. O resultado de 7 a 1 levou a seleção ao fundo do poço na história do futebol brasileiro. Manchetes dos jornais de todo o mundo destacam o resultado, apontando para uma decadência do futebol que mais títulos mundiais conquistou. A CBF, neste cenário de destruição, deve utilizar esta derrota como aprendizado. E se preocupar em relação às Eliminatórias para a próxima Copa, em 2018, na Rússia. Diante da boa atuação das equipes sul-americanas neste Mundial no Brasil, a comissão técnica que estiver no comando da seleção terá de montar uma equipe estruturada, que supere este trauma e tenha condições técnicas e psicológicas para classificar o Brasil para o próximo. Muitos resultados
inesperados têm assolado a seleção brasileira nos últimos anos. E, se nada for feito, um novo vexame está à espreita. Uma reestruturação pensada, com planejamento rígido e critérios na convocação, se faz necessária para que novas decepções não se repitam desta maneira. A ameaça de o Brasil não se classificar pela primeira vez para uma Copa é uma realidade que deve ser encarada. É necessário um critério rigoroso para a escolha do treinador, dos jogadores e dos métodos de treinamentos da equipe. Além de uma mudança nos conceitos das categorias de base de muitos dos grandes clubes brasileiros, em que jogadores são trabalhados apenas com vistas ao lucro imediato, visando a uma transferência para o exterior. Há ainda uma clara defasagem dos nossos treinadores em relação aos do futebol europeu. Fora dos gramados, faltam a ousadia, a inventividade e a alegria que tanto caracterizaram o estilo brasileiro dentro deles. Até mesmo a ideia da contratação de um técnico estrangeiro de ponta para comandar o time não deve ser descartada. Afinal, os técnicos de fora estão entendendo mais o futebol brasileiro do que aqueles que atuam em território nacional. Armam equipes versáteis, valorizando a qualidade do jogo, o ímpeto ofensivo e a fluência do jogo muito mais do que aqueles que trabalham no futebol pentacampeão mundial. O Brasil não perdeu a qualidade de seu futebol. O país continua formando grandes jogadores. Mas a forma como eles estão sendo utilizados na seleção indica que este potencial não está sendo utilizado da maneira correta. Uma reformulação planejada não só é fundamental, como urgente. E que ela tenha como objetivo florescer o real potencial do nosso futebol. Para que o povo não tenha de suportar mais um grande fracasso neste esporte, que sempre foi o símbolo do qual o país mais se orgulha. E para que este orgulho não se torne apenas uma linda lembrança do passado.

Neymar agradece carinho da torcida e manda recado: “Meu sonho não acabou”

A CBF divulgou um vídeo neste sábado com uma despedida de Neymar dos torcedores da seleção brasileira. O jogador pediu apoio dos fãs à equipe que vai disputar a semifinal da Copa na próxima terça-feira, contra a Alemanha, no Mineirão, em Belo Horizonte.

– Comissão técnica, torcedores. Momento difícil, que faltam palavras na minha cabeça e no meu coração. Vou voltar o mais rápido possível. Queria agradecer o carinho, o apoio, mas mensagens. O meu sonho não acabou. Foi interrompido por uma jogada, mas ele continua. Os meus companheiros vão fazer de tudo para realizar o meu sonho, que era ser campeão. Dessa vez não vai dar para jogar a final. Tenho certeza que vão vencer essa.
Assista:

Neymar sofre fratura na vértebra e está fora da Copa

O atacante Neymar está fora da Copa do Mundo. O jogador sofreu uma fratura na terceira vértebra lombar depois de levar uma joelhada de Zuñiga nas costas na partida em que o Brasil venceu a Colômbia por 2 a 1. O jogo seguiu depois e o atleta colombiano não recebeu cartão.
Neymar foi examinado logo depois do jogo ainda na clínica do estádio. Logo depois, seguiu para uma clínica particular em Fortaleza acompanhado de José Luiz Runco, médico da seleção. Ele saiu de maca da partida, chorando, e chegou chorando na Clínica São Carlos, já com medicamento na veia.
“É uma fratura que evolui. Não tem condição de jogar na próxima semana. São poucas semanas para recuperação. Terceira vértebra lombar, no processo transverso. Tempo nós vamos ver depois. Primeiro momento é fazer o diagnóstico e vamos ver o que vai acontecer. Precisamos do resultado desses exames”, diz  o médico da CBF Rodrigo Lasmar.
(Foto: AFP)
O goleiro Julio César comentou a tristeza dos companheiros sabendo que Neymar não joga mais nesta Copa. “Sabendo agora realmente que ele está fora, é uma tristeza enorme. A gente sabe quanto o Ney queria brilhar nessa Copa, o quanto ele se sente feliz levando alegria para o povo brasileiro. Fui pego de surpresa, a tristeza é enorme e é até difícil falar, porque é um garoto espetacular. Acho que o Neymar, se tivesse que mandar um recado para a gente, diria “Galera, bola para a frente que eu quero estar lá no dia 13 com vocês”. Ele é um garoto espetacular, simples e que ensina muito para a gente todo dia. Mas não estou acreditando até agora que o Ney não vai jogar na terça-feira. Se eu pudesse, queria dar um abraço e um beijo nele agora”, afirmou, emocionado.
Veja o lance que tirou Neymar da Copa

Morre o ex-atacante Fernandão, ídolo do Internacional

751BAE5D631A628D54A666ADF5
O ex-atacante Fernando Lucio da Costa, o Fernandão, morreu neste sábado após um acidente de helicóptero na cidade de Aruanã, em Goiás. Ele tinha 36 anos e viajava de sua casa no interior para a capital, Goiânia.
De acordo com o Corpo de Bombeiros, o acidente ocorreu por volta de 1h30 deste sábado. Fernandão estava com mais quatro pessoas no helicóptero. Não há sobreviventes.
Nascido em Goiânia, no dia 18 de março de 1978, Fernandão começou a carreira nas divisões de base do Goiás, seu clube de coração. Destaque entre os juvenis, passou a ter chances nos profissionais em 1995, na campanha do oitavo lugar na Série A. Em 1996, foi um dos responsáveis pelo quarto lugar no Brasileirão.
O atacante ficou no clube até 2001, quando transferiu-se para o Olympique de Marselha. Na França, ele ainda teve uma passagem pelo Toulouse, por empréstimo, antes de voltar ao futebol brasileiro.
Foi no retorno, pelo Internacional, que Fernandão teve os melhores momentos da carreira. Entre 2004 e 2008, ele foi maior ídolo do time que ganhou a Libertadores e o Mundial, ambos em 2006. Fernandão marcou época e entrou na lista de grandes jogadores da história do clube gaúcho.
Em 2008, seduzido por uma proposta milionária do Alh-Gharafa, do Catar, o atacante partiu para mais uma passagem fora do Brasil. Mas, em 2009, ele retornou ao país e a seu primeiro clube, o Goiás.
Anunciado como a maior contratação da história do clube, Fernandão fez boas partidas em seu retorno, mas não foi o mesmo ídolo da primeira passagem pela equipe esmeraldina. Em 2010, ele foi negociado com o São Paulo, onde encerrou a carreira, no ano seguinte.
Depois de pendurar as chuteiras, o atacante voltou a trabalhar no Internacional – primeiro como dirigente, depois sendo treinador. Nas duas funções, contudo, ele não teve o mesmo destaque.
Nos últimos meses, Fernandão começava uma nova carreira: a de comentarista. Ele participava de transmissões do SporTV e seria uma das novidades do canal na transmissão da Copa do Mundo. (MSN)