Em Feira de Santana incêndio destrói supermercado GBarbosa

Um incêndio de grandes proporções atingiu o supermercado G Barbosa localizado no bairro Cidade Nova, em Feira de Santana. De acordo com o Coronel Antunes, do Corpo de Bombeiros, as chamas iniciaram por volta das 2h desta segunda-feira (28) e cerca de 20 bombeiros trabalham no local para fazer o rescaldo, uma vez que as chamas já foram controladas pelas equipes.

Segundo ele, no local havia muito material inflamável o que facilitou a propagação das chamas. “Fomos acionados por volta das 3h e imediatamente nos deslocamos para o local. Ainda há bastante fumaça e estamos informando ao proprietário o que está ocorrendo no interior do imóvel. Trata-se de um trabalho cansativo e neste momento estamos chamando algumas equipes para substituir as que estão aqui”, disse o coronel ao Acorda Cidade.

O fogo não atingiu a parte do supermercado localizada na Avenida Eduardo Fróes da Mota (Anel de Contorno), mas toda a parte localizada na Rua Carlos Alberto, no bairro Cidade Nova, parte lateral do imóvel, e os fundos, na Rua Franco Manoel da Rocha. As seções onde ficam as mercadorias expostas nas prateleiras foram atingidas, principalmente a parte da padaria e eletrodomésticos.

“A parte das prateleiras foi queimada. Há muito material de autocombustão, muito papel, álcool e acetona. Houve pequenas explosões por causa dos recipientes com líquidos inflamáveis e as equipes estão realizando o rescaldo. É uma área aberta, sem andares, e isso facilita o trabalho do Corpo de Bombeiros”, informou o coronel Antunes. De acordo com informações obtidas no local, até por volta das 22h havia funcionários no local realizando o balanço. Inaugurado em 2007, o prédio atingido emprega cerca de 100 funcionários.

Feira de Santana: Jovem tem rosto desfigurado após ser espancada em festa


O rosto de uma jovem de 22 anos ficou desfigurado após ela ser espancada durante uma festa em um bar no bairro Santo Antônio dos Prazeres, em Feira de Santana. Karoline Couto Aquino, que reside no mesmo bairro onde foi agredida, registrou queixa na manhã desta segunda-feira (9) na 2ª Delegacia de Polícia, e foi encaminhada para realizar exames de corpo delito no Departamento de Polícia Técnica (DPT). A vítima prestou depoimento à delegada Ludmila Vilas Boas e Santos, que já iniciou as apurações para identificar os agressores. O fato aconteceu na noite do último sábado (7).

Em entrevista ao Acorda Cidade, a jovem disse que não sabe o motivo da agressão. “Ela disse que eu esbarrei nela, mas pelo que eu lembro eu não tombei nela, só vi a hora do murro. Me disseram que o marido dela me segurou e ela montou em cima de mim e ficou me batendo. Tinha um bocado de homem com ela, uma tal de Joelma, conhecida por esse nome lá no bairro”, disse. “Eu não sei dizer o porquê. Quando acabou a festa, que eu já estava indo para casa, ela começou a fazer isso. Foi mais de uma pessoa na verdade. Eu não consegui ver direito se foi só murro ou se usaram outras coisas para baterem em mim. Agrediram minha irmã também quando ela foi separar. Ela está com o braço todo ralado. Eu não conheço essas pessoas e não sei por que fizeram isso”, afirmou.

Karoline recebeu atendimento médico e levou cinco pontos no rosto. Ela ficou bastante machucada, principalmente na região dos olhos. A mãe da vítima, Arlete Moura Couto, também estava na festa e disse que ficou horrorizada quando viu o rosto da filha completamente ensanguentado. “Os homens vieram para me bater também, mas eu corri. A gente não sabe o que gerou isso. Estávamos na festa e não houve discussão antes nem nada”, disse relatando também que alguém disparou tiros para cima durante o espancamento.

Em Feira de Santana garota de 14 anos se joga de prédio no Bairro Conceição

A adolescente Emilly de Jesus Alves, 14 anos, morreu na noite de ontem (5) após se jogar da cobertura do prédio do condomínio Conceição Ville, na Rua do Rosário, no bairro Conceição, em Feira de Santana. Ela sofreu diversas escoriações, lesão grave na cabeça e fratura no fêmur esquerdo. Até o momento, o motivo do suicídio não foi esclarecido. Emilly morava no Residencial Videira, no bairro Mangabeira. Uma equipe da Polícia Civil e Peritos do Departamento de Polícia Técnica (DPT) efetuaram o levantamento cadavérico. (Acorda Cidade)

Feira: Homem ameaça se jogar de viaduto e deixa trânsito congestionado

O trânsito no viaduto entre as avenidas João Durval e Getúlio Vargas ficou paralisado na manhã desta terça-feira (3) após um homem ameaçar cometer suicídio na localidade. A Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros foram acionados e conseguiram evitar que a tragédia acontecesse.

Jean Carlos Souza Borges estava com uma corda amarrada ao corpo e se segurou nas grades de proteção do viaduto. O homem disse que estava há cinco dias sem falar com a esposa e apelou para que ela o perdoasse, mas não citou o que teria ocorrido entre os dois. Conforme o sargento PM Sairon, após as negociações, o procedimento de resgate foi bem sucedido. “A gente esperou a vítima se atentar em alguma coisa, quando a gente percebeu que ele virou o rosto, a gente fez a pegada e evitou que ele se jogasse”, relatou. (Blog Macaubense Life)
                                   

Acusada de matar mulher com 50 facadas disse que ‘baixou um santo’

A acusada de ter matado com cerca de 50 golpes de faca e tentado ocultar o corpo em um colchão enquanto o transportava em uma carroça, já está presa no Conjunto Penal de Feira de Santana. A mulher, de 20 anos, prestou depoimento na manhã desta quinta-feira (29), no Complexo de Delegacias, e descreveu como matou Thaiure Silva de Araújo, também de 20 anos. O homicídio ocorreu na residência onde as duas moravam com o marido da vítima, na Avenida Canal, no bairro Rua Nova. Em entrevista ao Acorda Cidade, o delegado Carlos Lins informou que o crime aconteceu após uma briga motivada por pertences da acusada, que estariam sumindo, entre eles roupas e alongamento de cabelo (mega hair). A discussão inicialmente ocorreu entre os três moradores da residência, mas quando o marido da mulher saiu, ela cometeu o crime. Durante depoimento, ela contou que pensou em esquartejar a vítima, mas resolveu ocultar o corpo inteiro por “ser algo mais fácil”. Ela disse também que “baixou um santo nela, que a mandou matar”. “Ela disse que quando as duas ficaram sozinhas foi como se tivesse baixado um santo mandando matar a outra por causa disso (pertences sumindo) e ela então pegou uma faca e desferiu vários golpes, quase 50 ou mais de 50 na vítima.Depois saiu para dar uma voltinha dizendo que iria descansar a cabeça e quando retornou por volta de 10h da manhã o corpo começou a feder e então ela resolveu dar fim no corpo. Ela iria esquartejar, chegou a cortar a perna da mulher. Ela iria jogar a perna no riacho ali atrás, mas viu que diante do trabalho que teria, seria mais fácil jogá-lo inteiro, razão pela qual ela colocou todo o corpo dentro da cama box e chamou um homem para colocar o corpo na carroça. Quando ele viu que ela cometeu o crime passou a agredi-la com outras pessoas. Em seguida, ela chamou dois carroceiros que vinham passando na rua e pagou 20 reais para colocarem a cama box na carroça dizendo que ela queria dar fim. Quando eles pegaram a cama e observaram o peso, ela disse que tinha um cachorro morto, mas logo os carroceiros perceberam que não se tratava de um cachorro e abandonaram a carroça. O povo começou a espancá-la, e ela foi levada para o hospital, onde recebeu voz de prisão”, relatou o delegado em entrevista ao Acorda Cidade. O delegado disse ainda que a mulher cometeu o crime sozinha e que alegou ter distúrbios psicológicos. “Ela disse que tinha problemas de cabeça, que não fez tratamento, e que o crime foi em virtude do problema que ela tem. A autora disse que o santo determinou que ela matasse Thaiure”, informou o delegado. A vítima foi assassinada com golpes nos braços, barriga, tórax e costa.

Mulher mata outra com 50 facadas, esconde corpo em colchão e tenta fugir em carroça

Durante uma briga, a jovem de 20 anos Thaiure Silva De Araujo foi assassinada com cerca de 50 facadas na tarde desta quarta-feira (28) no interior de uma residência, na Avenida Canal, no bairro Rua Nova, próximo ao Centro de Abastecimento, em Feira de Santana. A suspeita do crime foi flagrada por volta das 14h30 quando tentava transportar o corpo escondido dentro de um colchão, em uma carroça.

Durante o trajeto, ainda próximo à residência, a suspeita Thaís Fortunada dos Santos, 20 anos, caiu da carroça e bateu a cabeça. Ela também foi espancada e, em seguida, socorrida por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para o Hospital Geral Clériston Andrade.
Thaís recebeu voz de prisão em flagrante, ainda no hospital, pelo delegado João Rodrigo Uzzum, na presença da mãe.

A faca possivelmente usada no crime foi encontrada e apreendida dentro da casa, onde também foi encontrada uma fronha manchada de sangue. Supõe-se que o homicídio ocorreu dentro do quarto, que estava ensanguentado. A Polícia Civil, através da Delegacia de Homicídios, já iniciou as investigações. Existe a suspeita de crime passional, mas o motivo ainda é desconhecido.

A vítima foi assassinada com golpes nos braços, barriga, tórax e costas, e convivia com a suspeita do assassinato.
De acordo com o soldado PM Kruschewsky, do Moto Patrulhamento da 64ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM), populares informaram que um motociclista estava passando e viu o corpo na carroça e acionou a polícia. “Viemos correndo e quando chegamos já estava o tumulto aqui. Segundo populares, elas viviam juntas e o quarto estava todo ensanguentado, achamos a faca usada no crime suja de sangue, que foi colocada junto com roupas de crianças para disfarçar”, disse

Populares informaram ao policial também que um homem disparou cinco tiros, mas de acordo com informações obtidas no HGCA, nenhum tiro atingiu a suspeita. “O cara estava na carroça, veio um cidadão e deflagrou cinco tiros, o cara saiu correndo e ela caiu, segundo populares. Ela iria desovar o corpo, abriu a parte de cima do colchão box, jogou o corpo e contratou o carroceiro para levar o corpo. Ele saiu correndo quando houve os disparos”, informou o policial. (Acorda Cidade)

Porcos morrem após caminhão de Brumado afundar em calçamento em Feira de Santana

Um cano da Embasa estourou e o calçamento da Estrada da Pedra Ferrada, em Feira de Santana, cedeu provocando a morte de dezenas porcos que estavam em um caminhão que virou, por volta das 4h30 desta segunda-feira (12), quando a cratera se abriu. Um veículo Parati carregado com verduras também afundou no calçamento. O proprietário dos porcos, Arnold Pereira, informou que os animais não suportaram e morreram. No veículo havia 60 porcos.
Ele calcula um prejuízo em torno de R$43 mil. “Foi perda total. Os 60 animais morreram. Os que não morreram nos primeiros minutos ficaram estressados, cansaram e não resistiram. Saíram ontem de Brumado, numa viagem de 24 horas e agora a carne vai para o lixão. Em 20 anos de profissão essa é a primeira vez que isso acontece. É um prejuízo grande: R$ 30 mil da carga, mais R$ 5 mil do guincho e uns R$ 8 mil do conserto do caminhão que está com a lateral toda amassada”, contabilizou o proprietário da carga informando que pretende vai acionar os responsáveis para arcar com os prejuízos. Uma equipe da Embasa esteve no local para realizar o conserto do vazamento. (Acorda Cidade)

Feira de Santana: Quatro homens são mortos em chacina no distrito de Humildes

                                Polícia achou garrafa de bebida no local do crime - Foto: Reprodução | Acorda Cidade

Violência retada. Quatro pessoas foram assassinadas em uma chacina na noite de quarta-feira, dia 7, por volta das 10 horas da noite, no povoado de Tanquinho, no distrito de Humildes, zona rural de Feira de Santana.

De acordo com o site Acorda Cidade, Josevaldo Silva Conceição, 28 anos, José Augusto Nunes da Silva, 25, e Maurício Lima de Jesus, 38, morreram no local. Já Maurício Francisco de Souza, 30, foi baleado no pescoço e tórax e levado para o Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA), mas não resistiu.

Os corpos de Josevaldo, José Augusto e Maurício Lima foram achados de bruços. Dois deles estavam com as mãos na cabeça. A polícia ainda não tem informações sobre autoria e motivação dos crimes.

Essa é a segunda chacina registrada na região de Feira de Santana este ano. Em 8 de abril, quatro pessoas foram mortas também no distrito de Humildes.

Foto: Reprodução/Acorda Cidade (Adelson Carvalho)

Feira de Santana: Capotamento mata dois jovens e deixam quatro feridos

Duas pessoas morreram e quatro ficaram feridas após um grave acidente na Avenida Nóide Cerqueira, em Feira de Santana, por volta das 3h20 da madrugada deste domingo (13).

Os seis jovens retornavam da 40ª Exposição Agropecuária da cidade (Expofeira), na BR-324, sentido centro, quando o condutor do veículo Celta de placa HNA-7314 perdeu o controle do carro ao virar uma curva próximo à entrada bairro Parque Lagoa do Subaé. O carro capotou várias vezes, colidiu na parede de uma borracharia e subiu no canteiro lateral da avenida. Cinco pessoas foram projetadas para fora do veículo e uma ficou presa ás ferragens. O motorista foi identificado como João dos Anjos Marques, que morreu no local. Ele completaria 21 anos de idade hoje (13). Também morreu no acidente a estudanteKarina Guerra dos Santos, 19, que residia no bairro Santo Antônio dos Prazeres.

Larissa Oliveira Porto, 20, Tainá Pereira dos Santos, 18, e Leandra da Silva Rosário, 18, foram socorridas para o Hospital Geral Clériston Andrade por esquipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). A quarta vítima que ficou ferida, identificada apenas como Danilo, foi socorrido para o hospital Emec. Segundo informações, não houve outro veículo envolvido no acidente. Ao capotar várias vezes, o Celta colidiu a uma altura de aproximadamente dois metros na parede da borracharia e o celular de uma das vítimas foi encontrado no teto do estabelecimento.A moradora Luciana Silva de Jesus disse que estava dormindo quando acordou com gritos seguidos de uma batida. Ela disse que esperou alguém gritar por socorro, mas não ouviu mais nada. “Só alguns minutos depois ouvi o barulho do Samu chegando e vi a tragédia. Havia muito sangue. Esse local é muito perigoso, sempre tem acidentes, mas esse foi o mais grave que já ocorreu aqui”, disse. Os corpos de João e Karina foram levados para o Departamento de Polícia Técnica (DPT). O estado de saúde das outras vítimas não foi divulgado. [

(Acorda Cidade)

Estudante é esfaqueada em frente a escola

Segundo o site Acorda Cidade, uma estudante de 15 anos foi esfaqueada por uma mulher em frente à Escola Estadual João Durval, em Feira de Santana, por volta das 16h de ontem (6). De acordo com a polícia, a jovem estava saindo da escola quando foi abordada e ferida com quatro golpes de faca na mão, orelha e queixo. A suspeita tem 23 anos, mas não teve o nome relevado. Ela foi levada para o Complexo de Delegacias, onde foi ouvida e liberada. A mesma responderá por tentativa de homicídio. A estudante foi socorrida por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para o Hospital Geral Clériston Andrade e já recebeu alta médica. O motivo da rixa entre as duas jovens não foi divulgado. O crime está sendo investigado pela 2ª Delegacia de Polícia Civil.