Ministro Marco Aurélio suspende tramitação de inquérito contra Bolsonaro





O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Marco Aurélio Mello, decidiu suspender o inquérito que apura se houve interferência do presidente Jair Bolsonaro na Polícia Federal. A decisão foi divulgada nesta quinta-feira (17).

 




A decisão de Marco Aurélio se dá em um recurso da Advocacia-Geral da União (AGU). O órgão defende o argumento de que Bolsonaro tem direito a agendar o próprio depoimento ou, se quiser, apresentar manifestação por escrito.

(mais…)

Em 600 viagens ao interior, Rui visitou 415 escolas em todas as regiões da Bahia

Nesta sexta-feira (18), em visita aos municípios de Ibititá, Itaguaçu e Barra, o governador Rui Costa completa 600 viagens de trabalho realizadas pelo interior da Bahia desde que assumiu o Governo do Estado, em janeiro de 2015. Nesse período, o chefe do Executivo estadual estabeleceu uma rotina de visitas a escolas durante as agendas para observar a estrutura das unidades e conversar com professores e alunos sobre as demandas para a educação. No total, 415 escolas já foram visitadas, sendo 271 escolas estaduais, 83 escolas municipais, 40 creches e 21 outras instituições de ensino.

(mais…)

SAC Digital facilita acesso à última via da carteira de identidade em Jacobina

Com o RG Expresso, moradores da região precisam se dirigir ao SAC uma única vez, apenas para a retirada do documento pronto

O RG Expresso, serviço que oferece ao cidadão a possibilidade de obter a última via da carteira de identidade, modificou um dos critérios para facilitar a vida de mais pessoas. O prazo foi ampliado. Agora, o cidadão pode solicitar o serviço, caso o RG tenha sido emitido há, no máximo, seis anos.
Com o RG Expresso, o cidadão precisa ir ao posto SAC uma única vez, apenas para ir buscar o documento já pronto. “Já a solicitação da segunda via, exige que o cidadão faça dois deslocamentos. Além disso, ele gasta tempo para realizar, novamente, todas as etapas de confecção do novo RG, como biometria, fotografia e assinaturas”, explica a diretora do Instituto de Identificação da Bahia Pedro Mello (IIPM), Socorro de Maria.

(mais…)

Senado aprova projeto que aumenta validade da CNH para até 10 anos




O Senado aprovou nesta quinta-feira (3) o projeto que aumenta para até 10 anos o prazo máximo de validade da Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

O texto promove uma série de modificações no Código de Trânsito Brasileiro (CTB) e deverá ser analisado novamente pela Câmara dos Deputados porque modificado pelos senadores.

O projeto é tratado como prioridade pelo governo. Em junho do ano passado, o próprio presidente Jair Bolsonaro foi pessoalmente à Câmara para entregar o texto.




De acordo com o projeto, os prazos de validade passam a ser os seguintes:

Prazo de validade da CNH

Validade da CNH Idade do condutor
10 anos inferior a 50 anos de idade
5 anos igual ou superior a 50 anos e inferior a 70 anos de idade
3 anos igual ou superior a 70 anos de idade

Bolsonaro está com cálculo renal e passará por cateterismo este mês





O presidente Jair Bolsonaro descobriu nesta segunda-feira (31) que está com cálculo renal. Segundo informações da CNN Brasil, o diagnóstico foi feito após Bolsonaro realizar ultrassonografia no Departamento Médico do Planalto.

 

Ele deve passar por cateterismo em setembro, para retirada do cálculo. De acordo com o presidente, a pedra é um pouco maior que um caroço de feijão.




 

No início de julho, Bolsonaro foi diagnosticado com a Covid-19 e precisou ficar em isolamento no tratamento da doença. Mesmo assim, quebrou a medida, defendida pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como uma das mais eficazes no combate à pandemia, ao juntar jornalistas em coletiva para divulgar que estava infectado.



Governo Bolsonaro vai lançar novo programa habitacional





O ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, disse hoje (21) que, na próxima semana, o governo federal vai lançar um novo programa de habitação popular e que pretende “apoiar fortemente” os municípios para a regularização fundiária de suas áreas. “Nós precisamos atacar uma situação que é muito ruim, metade da população brasileira que mora em habitações no país não tem a escritura pública”, disse.




Hoje, o governo atua por meio do Programa Minha Casa Minha Vida, em parceria com a Caixa Econômica Federal, e atende famílias de diversas faixas de renda, com diferentes modalidades de contratação e recursos oriundos do Fundo de Arrendamento Residencial (FAR) e do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), por exemplo.

(mais…)

Vazamento em obra de transposição do São Francisco evacua 2 mil pessoas no CE




Pelo menos 2 mil pessoas tiveram de ser evacuadas na madrugada deste sábado (22) nas imediações da Barragem jati, que fica no município de mesmo nome, na região sul do Ceará. Na sexta-feira (21), o rompimento de uma tubulação gerou vazamento na obra do Eixo Norte do Projeto Integração do rio São Francisco. A intervenção foi inaugurada recentemente pelo presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido).




Ainda na sexta, o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) chegou a divulgar uma nota afirmando que a situação estava contida, no entanto, durante a noite, os habitantes que residem num raio de 2 km da barragem começaram a ser avisados da evacuação por meio de carros de som, segundo o jornal Folha de S. Paulo. Alguns também foram procurados diretamente em casa por profissionais da Defesa Civil e da operadora do reservatório.

(mais…)

Abraham Weintraub anuncia saída do Ministério da Educação




Em vídeo publicado nas redes sociais nesta quinta-feira (18), o economista Abraham Weintraub anunciou sua saída do cargo de ministro da Educação, que ocupava desde abril de 2019. Na gravação, ele aparece ao lado do presidente Jair Bolsonaro.




Os rumores da saída do ministro se intensificaram ao longo dessa semana, especialmente após a participação dele em manifestações de apoiadores do governo no domingo. Weintraub é investigado em inquérito sobre fake news, que tramita no Supremo Tribunal Federal (STF), e também responde uma apuração na Corte por racismo por ter publicado um comentário depreciativo sobre a China.

(mais…)

Montado em cavalo, Bolsonaro cumprimenta apoiadores em manifestação

Bolsonaro andou a cavalo na manifestação deste domingo (Foto: MATEUS BONOMI/AGIF - AGÊNCIA DE FOTOGRAFIA/ESTADÃO CONTEÚDO)
Bolsonaro andou a cavalo na manifestação deste domingo (Foto: MATEUS BONOMI/AGIF – AGÊNCIA DE FOTOGRAFIA/ESTADÃO CONTEÚDO)

O presidente Jair Bolsonaro participou mais uma vez, neste domingo (31), de uma manifestação de apoiadores do seu governo no centro de Brasília. Os manifestantes se concentraram na área em frente ao Palácio do Planalto, sede do Poder Executivo. Também houve uma carreata que percorreu a Esplanada dos Ministérios. As informações são da Agência Brasil.




O presidente caminhou pela via em frente ao Palácio do Planalto e cumprimentou os apoiadores. Em um determinado momento, Bolsonaro montou em um cavalo da Polícia Militar do Distrito Federal, acenando para os apoiadores.

Bolsonaro e boa parte dos manifestantes não usavam máscara, obrigatória em locais públicos do DF. A multa pelo descumprimento da norma pode chegar a R$ 2 mil.

Vestindo roupas verdes e amarelas, parte dos manifestantes protestou contra o Supremo Tribunal Federal (STF), com faixas e cartazes contendo dizeres como “Abaixo a ditadura do STF” e pedidos de intervenção militar na Corte. (Metro1)



Bolsonaro diz que auxílio emergencial deverá ter quarta parcela

Live da Semana com Presidente Jair Bolsonaro - 28/05/2020
Live da Semana com Presidente Jair Bolsonaro – 28/05/2020

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quinta-feira (28) que o governo deve propor uma quarta parcela do auxílio emergencial, atualmente em R$ 600, mas que o valor ainda está em estudo pelo governo, que poderá reduzi-lo.

“Nós já estudamos uma quarta parcela com o Paulo Guedes. Está definindo o valor, para ter uma transição gradativa e que a gente espera que a economia volte a funcionar”, afirmou o presidente durante sua live semanal, transmitida pelas redes sociais.

O auxílio emergencial prevê o pagamento de três parcelas de R$ 600 para trabalhadores informais, integrantes do Bolsa Família e pessoas de baixa renda. De acordo com a Caixa Econômica Federal, cerca de 59 milhões de pessoas já receberam o benefício. Cada parcela do auxílio emergencial custa aos cofres públicas cerca de R$ 48 bilhões. (mais…)