Presidente do Santander morre em Portugal vítima do coronavírus

santander

O presidente do conselho de administração do Santander desde 2019, António Vieira Monteiro, de 73 anos, morreu nesta quarta-feira (18) depois de contrair o novo coronavírus, em Portugal. Ele é a segunda vítima fatal no país, segundo informações do jornal português Expresso.

Monteiro estava prestes a completar 74 anos e se tornou presidente depois de atuar como CEO da empresa entre 2012 e 2018. O Jornal Económico disse que António foi colocado em quarentena no início deste mês após uma viagem à Itália, e estava em tratamento intensivo em um hospital da capital portuguesa Lisboa desde a semana passada.

Portugal registrou 448 casos confirmados de coronavírus, muito abaixo dos 11.178 da vizinha Espanha. ( R7)

Identificadas todas as vítimas do acidente que matou Kobe Bryant

acidente helicopteroacidente de helicóptero que matou Kobe Bryant e a filha Gianna, no último domingo (26), em Calabasas, na Califórnia, deixou outras sete vítimas. Todas já foram identificadas e são:

  • John Altobelli, Keri Altobelli e Alyssa Altobelli;
  • Sarah Chester e Payton Chester;
  • Christina Mauser
  • Ara Zobayan
  • Além de Kobe Bryant e Gianna Bryant.

Todos estavam a caminho de um jogo de basquete em Thousand Oaks, no centro de treinamento Mamba Academy, construído por Kobe. Saiba mais sobre cada vítima, com informações do Los Angeles Times e da CBS. (mais…)

Urgente: Foguetes atingem área de embaixada dos EUA em Bagdá; Trump reitera ameaças

E615DA8C-B91D-4749-899F-FF4495A4F45DEm meio à escalada das tensões no Oriente Médio, foguetes atingiram a Zona Verde de Bagdá, região onde fica a embaixada dos EUA na capital do Iraque, no fim da tarde deste domingo (5), segundo veículos de imprensa estrangeiros.

Minutos depois da divulgação dos ataques, cuja autoria e alvos ainda são desconhecidos, o presidente americano, Donald Trump, reiterou suas ameaças de uma resposta militar a eventuais investidas do Irã contra alvos ou cidadãos americanos. Segundo Trump, se isso ocorrer, os EUA reagirão “rapidamente e com força e talvez de forma desproporcional”.

Medo da terceira guerra mundial domina as redes sociais após ataque dos EUA contra general do Irã

EAD71BA6-D487-4BA4-BB44-C7093051317CNo início deste ano, o mundo convive com uma escalada da tensão no Oriente Médio. Um ataque realizado pelos Estados Unidos contra o aeroporto internacional de Bagdá, capital do Iraque, na noite de quinta-feira (02), matou o general Qassim Suleimani, principal comandante militar do Irã e o líder de uma milícia local pró-Teerã.

O bombardeio foi operacionalizado por um drone, e a ação autorizada pessoalmente pelo presidente Donald Trump, que logo após o ataque postou em uma rede social a bandeira dos EUA, sem maiores comentários.

Considerado um herói no Irã, Suleimani recebeu uma oração em rede nacional como homenagem e foi chamado de mártir. O governo iraniano convocou uma reunião de emergência de sua cúpula de segurança para debater uma resposta ao ataque.

A tensão entre Teerã e Washington acaba de atingir, portanto, um nível estratosférico. Especialistas consideram o maior patamar em pelo menos dez anos.

As redes sociais refletem esse momento de apreensão. Os internautas de todo o planeta, incluindo os brasileiros, demonstram temor de uma terceira guerra mundial.

Poucas horas após a morte do general, os assuntos mais comentados no mundo no Twitter passaram a ser Trump, Iran, World War 3 e WWIII. No Brasil, o termo terceira guerra mundial conta com milhares de tuítes. As informações são do jornal Folha de S.Paulo.

Câmara dos EUA aprova impeachment de Trump, e caso vai para o Senado

trump

Em um dia histórico para a política americana, a Câmara dos Representantes dos Estados Unidos aprovou nesta quarta-feira (18) o impeachment do presidente Donald Trump.

De maioria democrata, o plenário da Casa registrou 230 votos a favor e 197 contra a acusação de que o presidente cometeu abuso de poder ao pressionar a Ucrânia a investigar Joe Biden, seu principal adversário na eleição de 2020.

Dois democratas votaram pela permanência de Trump no cargo.

O presidente também é acusado de obstruir o Congresso ao atrapalhar as investigações depois que o episódio foi descoberto -foram 229 votos a favor e 198 contra a denúncia. Três democratas votaram a favor do republicano. (mais…)

Evo Morales renuncia à presidência da Bolívia

Opositores de Evo Morales comemoram renúncia do presidente neste domingo (10) nas ruas de La Paz — Foto: Juan Karita/AP

Evo Morales renunciou neste domingo (10) ao cargo de presidente da Bolívia, após uma escalada nas tensões no país. O anúncio foi feito em rede nacional, pela televisão.

O vice-presidente, Álvaro García Linera, também apresentou a renúncia.

“Eu decidi, escutando meus companheiros, renunciar ao meu cargo da presidência”, ele disse.

Logo em seguida, ele ataca seus opositores Carlos Mesa e Luis Camacho.

“Por que tomei essa decisão? Para que Mesa e Camacho não sigam perseguindo meus irmãos dirigentes sindicais.”

Morales havia dito, mais cedo neste domingo, que convocaria novas eleições, após a Organização dos Estados Americanos, OEA, divulgar que as eleições de 20 de outubro haviam sido fraudadas.

(mais…)

Navio Bouboulina, da empresa Delta Tankers, é responsável pelo vazamento de petróleo, diz PF

navio bouboulina
O navio Bouboulina, da empresa grega Delta Tankers, é apontado pela Polícia Federal como causa do derrame de óleo no Nordeste Foto: Reprodução

O navio mercante Bouboulina, de bandeira grega e propriedade da empresa Delta Tankers LTD , é o responsável pelo petróleo vazado e que contamina a costa do Nordeste. Esta é a informação da Polícia Federal (PF) que consta na decisão do juiz federal Francisco Eduardo Guimarães Farias, da 14ª Vara Federal em Natal. O juiz determinou busca e apreensão na empresa Lachmann Agência Marítima , que foi agente marítimo da Delta Tankers no Brasil. Outra empresa foi alvo de busca e apreensão autorizada pelo juiz, a Witt O Brien’s. Ambas as empresas ficam no Centro do Rio.

O Bouboulina ficou detido nos Estados Unidos por quatro dias, conforme documento encaminhado pela Marinha à PF. A detenção ocorreu por “incorreções de procedimentos operacionais no sistema de separação de água e óleo descarga no mar”.

(mais…)

Com Cristina Kirchner na vice, Alberto Fernández é eleito presidente da Argentina

Foto: Reprodução / Facebook
Foto: Reprodução / Facebook

Com Cristina Kirchner na vice, Alberto Fernández foi eleito presidente da Argentina. Fernández derrotou o atual líder do país, Mauricio Macri.

Com 96,22% das urnas apuradas por meio do sistema rápido de contagem, o opositor havia conquistado 48,03% dos votos contra 40,44% de Macri.

Na Argentina, é necessário obter índice superior a 45% para ser eleito em primeiro turno —ou votação acima de 40% desde que com uma diferença de 10 pontos percentuais para o segundo colocado. (BN)

Polícia encontra 39 corpos em caminhão no Reino Unido

reino unido

A polícia britânica informou que encontrou 39 corpos no baú de um caminhão em uma propriedade industrial de Waterglade, em Grays, na região de Essex (leste de Londres), nesta quarta-feira (23).

O motorista do veículo, um norte-irlandês de 25 anos, foi preso por suspeita de assassinato.

Segundo a polícia, os corpos são de 38 adultos e um adolescente. Até o momento, não há informações sobre a nacionalidade das vítimas nem se são migrantes. A identificação das vítimas é uma prioridade, mas autoridades dizem que esse processo pode demorar para ser concluído.

A cidade de Grays, onde o caminhão foi encontrado, fica a cerca de 30 km de Londres. A polícia de Essex, responsável pelas investigações, acredita que o caminhão chegou de balsa à cidade de Purfleet, no rio Tamisa, vindo de Zeebrugge, na Bélgica.

Inicialmente, os investigadores acreditavam que o caminhão tinha vindo da Bulgária e entrado no Reino Unido via Holyhead, cidade portuária do País de Gales, onde funciona um serviço regular de balsas conectado com Dublin (Irlanda).

O veículo foi encontrado pela polícia na madrugada desta quarta-feira após um alerta dos serviços de ambulância. Não foram encontrados sobreviventes no interior do veículo.

Mais cedo, o Ministério das Relações Exteriores da Bulgária informou que o caminhão está registrado no país em nome de uma empresa cuja proprietária possui cidadania irlandesa.

Os búlgaros têm direito a trabalhar no Reino Unido. A Bulgária faz fronteira, no entanto, com a Turquia e é comumente usado como parte da rota de imigração ilegal e transporte de refugiados de regiões como a Ásia, África e Oriente Médio.

O primeiro-ministro, Boris Johnson, disse ter ficado “horrorizado com este trágico incidente”. “O ministério do Interior trabalhará em estreita colaboração com a polícia de Essex para estabelecermos exatamente o que aconteceu”, afirmou.

O primeiro-ministro da Irlanda, Leo Varadkar, afirmou ao parlamento irlandês que há relatos de que o caminhão teria passado em seu país. “É uma real e terrível tragédia humana. Abriremos as investigações necessárias se for confirmado que o caminhão de fato passou pela Irlanda”.  (G1)

Brasil não veio ao G-20 para ser advertido, diz Bolsonaro sobre crítica de Merkel

Presidente Jair Bolsonaro desembarca em Osaka, no Japão, para participar do G20 Foto: CHARLY TRIBALLEAU / AFP
Presidente Jair Bolsonaro desembarca em Osaka, no Japão, para participar do G20 Foto: CHARLY TRIBALLEAU / AFP

OSAKA, JAPÃO – O presidente Jair Bolsonaro reagiu duramente a declarações da chanceler da Alemanha , Angela Merkel , sobre o desmatamento na Amazônia e críticas a ele, ao desembarcar em Osaka, Japão, para participar da cúpula do G-20 .  Bolsonaro exigiu “respeito” ao Brasil e disse  que não veio à reunião para ser “advertido” por outros países.

Já o ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI),Augusto Heleno , considerou “muita coincidência” o questionamento feito pela chanceler alemã sobre a evolução do desmatamento na Amazônia.

Questionada por deputados ambientalistas sobre a política ambiental do governo brasileiro, Merkel disse na quarta-feira no Parlamento alemão que pretendia ter uma “conversa clara” com Bolsonaro sobre o assunto quando se encontrassem na cúpula do G-20.

(mais…)