Urgente: Agências bancárias da cidade de Mundo Novo são explodidas por bandidos

As agências do Banco do Brasil e do Banco do Nordeste da cidade de Mundo Novo foram explodidas na madrugada desta quarta-feira, 28, por volta das 2h30.
Cerca de 20 elementos fortemente armados efetuaram vários disparos e explodiram as duas agências bancárias, localizadas na Praça Senador Cohin, no centro da cidade.
De acordo com informações de populares, foram quatro explosões. Muitos moradores acordaram assustados. A ação durou cerca de 30 minutos, deixando a população em pânico.
Os criminosos fugiram e incendiaram um veículo na estrada, que pode ter sido utilizado no assalto. Ainda não se sabe a quantia em dinheiro levada. Por sorte, ninguém ficou ferido.
São quatro assaltos em quatro anos. Os últimos três assaltos aconteceram em um período de dois anos uma estatística que assusta a Bahia.
A população de Mundo Novo exige uma resposta imediata dos poderes públicos e de segurança.
Do correspondente do Blog do Sigi Vilares em Mundo Novo, JOABE BARROS

Homem é encontrado morto no município de Mundo Novo

Na manhã deste domingo, 06 de abril de 2014, um homem foi encontrado morto na Fazenda do Zé de Germinio, no município de Mundo Novo.
Segundo informações da Página Ipiaporã, no facebook, o autor do crime enterrou o corpo em uma terra arada. Até o momento não sabem quem foi o assassino. A polícia está apurando os fatos.
Segundo informações de populares, o homem era um cidadão trabalhador. Que Deus tenha piedade de quem fez isso. Os populares do distrito de Ibiaporã estão revoltados. (Agmar Rios Notícias)

Mundo Novo: Jovem morre ao pular de ambulância em movimento

A jovem Leandra Gonçalves Soares, de 32 anos, morreu ao pular de uma ambulância em movimento na manhã desta quinta, estrada vicinal do município de Mundo Novo.
Segundo informações de familiares, Leandra morava no povoado de Umbuzeiro. Ela apresentava um quadro de distúrbio psicótico e estava sendo transferida para a cidade de Feira de Santana onde seria internada em uma colônia especializada em tratamento de pacientes com distúrbios mentais. 
Durante o trajeto, ainda na estrada vicinal que leva a Mundo Novo, Leandra enforcou a acompanhante que viajava com ela, abriu a porta da ambulância e se jogou na estrada, morrendo na hora. Seu corpo foi necropsiado no IML de Jacobina e liberado para sepultamento. Enlutado, um de seus parentes relatou que a moça era uma pessoa normal até os 22 anos, quando foi testemunha ocular de um homicídio em Salvador. 
“O trauma foi demais e desde então ela nunca mais foi à mesma”. Leandra será sepultada no cemitério de Umbuzeiro  nesta sexta-feira. Ela era separada e deixa um filho. (Emerson Rocha / Bahia Acontece)

Acidente entre dois veículos de passeio deixa três vítimas fatais em Mundo novo

Um acidente envolvendo dois veículos deixou três vítimas fatais na manhã deste sábado (21)na região de Mundo novo, no Norte do Estado.

Segundo informações da (PRE) Polícia Rodoviária Estadual, as vítimas ainda não identificadas, se envolveram em uma colisão frontal na região da  BA 052. (Estrada do Feijão)
Ainda segundo o órgão, chovia no momento do acidente, e as circunstâncias em que a colisão aconteceu ainda são desconhecidas. (R7.com)

Chapada: Jacobina, Mundo Novo e Cafarnaum estão entre os municípios com alto risco de dengue

Dos 157 municípios do país em situação de alto risco de dengue, 16 estão na Bahia e três deles na região ou próximos da Chapada Diamantina, são eles Jacobina, Mundo Novo e Cafarnaum. O estado também tem 26 dos 525 municípios que estão em alerta, de acordo com os dados divulgados no mapa da dengue na terça-feira (19), pelo Ministério da Saúde. Dos 417 municípios baianos analisados na pesquisa, apenas 15 apresentam situação satisfatória. As cidades em risco, ou com sinal vermelho, são aquelas onde foram encontrados focos de dengue em mais de 4% das residências visitadas.
As cidades em risco, com sinal vermelho para a dengue, são Cafarnaum, Campo Formoso, Candeias, Ilhéus, Itabela, Itiruçu, Jacobina, Jequié, Mundo Novo, Planaltino, Santo Amaro, Senhor do Bonfim, Serrinha, Serrolândia, Terra Nova e Uibaí. Já os municípios em alerta ou sinal amarelo são aqueles em que houve foco em 1% a 3,9% dos domicílios. As cidades baianas nessa condição são Alagoinhas, Camaçari, Feira de Santana, Cruz das Almas, Guanambi, Castro Alves, Dias D´Ávila, Eunápolis, Ibipeba, Itagimirim, Itaparica, Itapebi, Lauro de Freitas, Muritiba, Presidente Dutra, Salvador, Santa Cruz de Cabrália, Santo Antônio de Jesus, São Sebastião do Passé, Seabra (Chapada Diamantina), Sebastião Laranjeiras, Simões Filho, Souto Soares, Teixeira de Freitas, Vera Cruz e Vitória da Conquista.

Lei dá a 20 localidades chance de se transformarem em municípios

A Bahia poderá ganhar mais 20 municípios caso a presidente Dilma Rousseff (PT) sancione, na íntegra, a lei que devolve às Assembleias Legislativas a prerrogativa de criar novas unidades federativas. Reportagem do jornal A Tarde mostra que o estado possui mais de 100 distritos com potencial para serem emancipados. Entretanto, apenas 20 superam a primeira barreira imposta pela Legislação, que é ter a população superior à média das cidades de pequeno e médio portes da região. Conforme dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), no Nordeste a linha de corte será uma população de 8,7 mil habitantes. Além da população mínima, a localidade também terá de coletar assinaturas de pelo menos 20% do eleitorado local, provar que possui viabilidade econômica e ainda enfrentar um plebiscito que vai abranger toda a população, incluindo a sede.Atualmente, os distriros de Sambaíba, em Itapicuru; Posto da Mata, em Nova Viçosa; e Vila do Café, em Encruzilhada, tem amplas chances de conseguir emancipação por ter uma população maior do que a da sede. Outros cinco distritos: Taboquinhas, em Itacaré; Bom Sossego e Itubaça, em Oliveira dos Brejinhos; Itabatã, em Mucuri; Suçuarana, em Tanhaçu; e Salobro, em Canarana, teriam chances razoáveis, já que têm população quase igual à da sede. De acordo com o presidente da Comissão de Assuntos Territoriais e Emancipação na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), deputado João Bonfim (PDT), a viabilidade econômica e o plebiscito serão os principais obstáculos para a criação dos municípios. “A nova regra é muito mais rígida, o que afasta aquela impressão de que haverá uma farra na criação de novos municípios”, disse.