Homem nu e com boneca inflável corre de mulher na China


Na China, um homem foi flagrado correndo de uma mulher, ambos nus, sendo que ele estava com uma boneca inflável na mão. A imagem já circula nas redes sociais locais e no Facebook, fazendo sucesso entre os usuários. Não se sabe o que os dois faziam e nem se eram um casal. As especulações, claro, já começaram e usuários cogitam até que a cena pode ser uma jogada publicitária. Outros acreditam em apenas uma brincadeira dos dois e há aqueles que julgam que tudo fazia parte de uma briga de casal. A verdade provavelmente será bem difícil de ser descoberta. (Yahoo).

Economista propõe que obesos paguem mais pela passagem de avião

Um estudo publicado em uma revista acadêmica de economia propõe uma ideia polêmica para diminuir os custos das empresas aéreas: a cobrança dos bilhetes de acordo com o peso do passageiro. Na pesquisa, o economista Bharat P. Bhatta, da Sogn og Fjordane University College, na Noruega, avalia modelos de cobrança nos quais passageiros obesos paguem mais pelo bilhete, enquanto os magros recebem descontos.  Segundo o artigo, publicado neste mês no “Journal of Revenue and Pricing Management”, quanto mais quilos somarem os passageiros, mais pesada fica a aeronave. Isso leva a um maior consumo de combustível, o que traria prejuízos às finanças das empresas e ao meio ambiente.

“O peso e o espaço são mais importantes na aviação do que em qualquer outro meio de transporte. As companhias aéreas deveriam levar isso em conta na hora de dar preço aos seus bilhetes”, afirmou o economista. Ele propôs três modelos diferentes de cobrança de acordo com o peso. No primeiro, o valor seria todo fixado de acordo com o peso do passageiro e de seus pertences. Assim, uma pessoa de 60 quilos pagaria a metade de outra de 120 quilos, por exemplo. O segundo modelo propõe uma tarifa básica fixa, com um adicional cobrado de passageiros mais pesados para cobrir custos extras O terceiro modelo é, para o pesquisador, o mais vantajoso, pois, apesar de penalizar uma parte das pessoas a bordo (as mais gordas), beneficiaria outra parte (as que estiverem abaixo do peso). A ideia é estabelecer três faixas de preço: uma mediana para passageiros de peso mediano, outra mais barata para aqueles que estejam abaixo desse limite de peso e outra, mais cara, para aqueles que estiverem acima do limite. Bhatta acredita que esse tipo de cobrança pode trazer benefícios de saúde para o paciente, além de vantagens financeiras e ambientais para a indústria da aviação.

Prostituta tenta comer pênis de cliente nos Estados Unidos

Uma prostituta foi presa em um hotel de Orlando, nos Estados Unidos, ao tentar comer o pênis e os testículos de um cliente. De acordo com o site do jornal inglês “The Sun”, Drunken Priscilla Vaughn, de 29 anos, estava sob efeito de drogas no momento do crime. A mulher tentou arrancar as partes íntimas do rapaz e deixou-o coberto de sangue. Priscilla também mordeu outras partes do corpo do homem, que não teve a identidade revelada. Entre os locais mordidos pela mulher estão a perna, a barriga, o peito e os dedos do cliente, além de ter tentado arrancar os olhos dele. Os dois tinham realizado um jantar romântico e haviam consumido álcool, ecstasy e maconha. Segundo o Jornal Extra, completamente fora de si, a prostituta atacou o homem rosnando como um cachorro, pegou as chaves do carro e quebrou o telefone para a vítima não pedir ajuda. Ao se trancar no banheiro, a vítima gritou e outros hóspedes do hotel ouviram o barulho e acabaram ligando para a polícia. Quando os agentes chegaram, a mulher estava nua com bastante sangue na boca. Drunken Priscilla Vaughn foi presa em flagrante por lesão corporal, tentativa de homicídio e cárcere privado. Inconsciente e coberto de sangue. A vítima foi levada a um hospital para fazer uma cirurgia nos órgãos genitais, mas passa bem. (The Sun)

Cardeal que participou de eleição do novo papa diz que pedofilia ‘não é crime’

Cardeal que participou de eleição do novo papa diz que pedofilia 'não é crime'
Napier é um arcebispo sul-africano | Foto: Reuters

O arcebispo sul-africano Wilfrid Fox Napier, um dos 115 cardeais que participaram da eleição do novo papa, defendeu neste sábado que a pedofilia seria uma “doença” psicológica, “não uma condição criminal”. A afirmação causou indignação entre especialistas e vítimas de abusos de sacerdotes da Igreja Católica. “(A pedofilia) é uma condição psicológica, uma desordem. O que você faz com transtornos? Você tem que tentar consertá-los”, declarou, em entrevista à Rádio 5, da BBC. “Se alguém ‘normal’ escolher quebrar a lei, sabendo que está quebrando a lei, então eu acho que precisa ser punido. Agora não me diga que essas pessoas (pedófilos) são criminalmente responsáveis, como alguém que escolhe fazer algo assim. Eu não acho que você pode realmente tomar a posição de dizer que a pessoa mereça ser punida. Ele mesmo foi afetado (na infância)”, considerou. Os comentários de Napier foram amplamente criticados. “Pode ser que (pedofilia) seja uma doença, mas também é um crime e os crimes são punidos. Os criminosos são responsabilizados pelo que fizeram e o que fazem”, diz Barbara Dorries, que foi vítima de abusos por parte de um padre quando era criança e hoje trabalha para uma ONG com sede em Chicago que trata do tema. Para Michael Walsh, que escreveu uma biografia do falecido papa João Paulo 2º, as afirmações do cardeal Napier refletem uma posição que já foi comum na Igreja Católica no Reino Unido e nos Estados Unidos. “Eles chegaram a acreditar que essa era uma condição que podia ser tratada. Muitos bispos simplesmente mudaram o lugar de atuação de seus sacerdotes e tentaram esconder o fato de que eles tinham cometido esses crimes”, disse. Informações da BBC Brasil.

‘Namorada’ diz que Papa virou padre após ter pedido de casamento rejeitado

Uma namorada de infância de Jorge Mario Bergoglio, atual papa Francisco, falou sobre o romance nesta quinta-feira (14) para a imprensa argentina. Amalia, uma vizinha do bairro de Flores, em Buenos Aires, disse que o novo papa poderia ter subido ao altar não como sacerdote, mas como noivo. O namoro teria prosperado se a proposta de casamento não tivesse sido recusada pela vizinha. “Se não me casar com você, vou virar padre”, afirmou um dia Bergoglio a Amalia, de acordo com ela. Os dois tinham apenas 12 anos. Além do pedido, o garoto desenhou uma casa com a seguinte mensagem: “Esta é a casa que te vou comprar quando nos casarmos”.
“Não respondi a carta. Meu pai me deu uma surra porque eu me atrevia a ler a carta de um menino e fez todo o possível para nos separar. Depois disso, eu nunca mais o vi”, lembrou.  Emocionada, Amalia, agora com 76 anos, disse ainda que o romance não prosperou devido à oposição dos pais dela: “Quando isso aconteceu, eu disse a Jorge que não se aproximasse porque meu pai ia me matar”. Segundo a EFE, ela também lamenta o fato de Bergoglio não tenha oficializado a cerimônia de seu casamento com seu atual marido na paróquia do bairro. Bergoglio entrou para a Companhia de Jesus aos 19 anos e foi ordenado padre  um ano depois. Jesuíta e arcebispo de Buenos Aires desde 1998, o argentino se tornou nesta quarta-feira (13) o pontífice número 266 da Igreja Católica. Ele sucede o agora Papa Emérito Bento XVI, que renunciou no dia 28 de fevereiro deste ano.

Francisco I é grande opositor do casamento gay; conheça o perfil do novo papa

Novo papa saudou e rezou o “Pai Nosso” e a “Ave Maria” com a multidão (Foto: AFP)

O sucessor de Bento XVI, o cardeal Jorge Mario Bergoglio, 76 anos, é um intelectual jesuíta e ex-arcebispo de Buenos Aires. Ele é o primeiro cardeal da América do Sul a ser eleito papa na história da Igreja Católica e têm um histórico de oposição ao casamento gay. Na Argentina, Bergoglio foi contra o projeto de lei em 2010, defendendo que as crianças do país deveriam ter o direito de serem criadas e educadas por um pai e uma mãe. Na época, ele argumentou que o projeto é apenas um instrumento de “agitação do Pai da Mentira [o diabo] para confundir e enganar os filhos de Deus”. Pela sua declaração, ele foi duramente criticado por Cristina Kirchner, presidente da Argentina, que comparou o seu discurso a um pronunciamento dos tempos da Santa Inquisição. De acordo com o jornal britânico The Guardian, Francisco I, como escolheu ser chamado, é descendente de italianos e utiliza o transporte público na Argentina e tem um apelo pessoal em relação à pobreza.
Para este conclave, por exemplo, ele pediu para que centenas de argentinos optassem por não viajar à Roma para celebrar, caso ele fosse selecionado como o novo Pontífice pelos demais cardeais. Ao invés disso, ele exortou os fieis a doar os valores que seriam gastos em passagens aéreas para os pobres e necessitados do país. Apontado como cardeal pelo falecido papa João Paulo II, no dia 21 de fevereiro de 2001, Francisco I também foi um feroz crítico de Ernesto Kirchner, ex-presidente da Argentina. Em 2009, ele chegou a declarar que o governo era “imoral, ilegítimo e injusto” por permitir que a desigualdade crescesse no país. “Ao invés de previnir, parece-me que eles optaram por tornar a desigualdade ainda maior”, afirmou na época, “Direitos humanos não só são violados por terrorismo, repressão ou assassínios, mas por estruturas econômicas injustas que criam desigualdades enormes”. 

Cardeal argentino Jorge Mario Bergoglio é o novo papa

O cardeal argentino Jorge Mario Bergoglio, de 76 anos, é o novo papa da Igreja Católica Apostólica Romana. Antes de ser escolhido, ele era arcebispo da Arquidiocese de Buenos Aires desde 28 de fevereiro de 1998. Conforme a tradição, o resultado foi anunciado por meio da emissão de uma fumaça artificialmente colorida de branco, pela chaminé da Capela Sistina, no Vaticano, por volta de 19h06 locais (15h06 de Brasília). Minutos depois, o cardeal protodiácono, o mais velho dos cardeais diáconos, o francês Jean-Louis Tauran, apareceu na sacada do Palácio Apostólico para saudar os fiéis na Praça São Pedro, nos sete idiomas mais populares dos países católicos. O cardeal disse apenas “irmãos e irmãs” em cada um dos idiomas. Após saudar os fiéis, o cardeal lerá um texto em latim. Só então Jorge Mario Bergoglio deve aparecer para o público. O religioso fará uma saudação aos milhares de fieis que se reúnem na praça São Pedro. 

Egito: Torcedores que participaram de briga em estádio de Port Said são condenados à morte

Egito: Torcedores que participaram de briga em estádio de Port Said são condenados à morte

Um tribunal egípcio confirmou neste sábado (9) sentenças de morte contra 21 torcedores de futebol que participaram de uma briga generalizada no estádio de Port Said em 2012. Na ocasião, 72 pessoas morreram ao final de uma partida entre a equipe Al-Ahly, do Cairo, e o time local Al-Masry. A corte, presidida pelo juiz Sobhi Abdelmeguid, ordenou que os condenados sejam enforcados pelos delitos de “assassinato e tentativa de assassinato” em Port Said. As penas de morte já haviam sido pronunciadas em 26 de janeiro e enviadas ao mufti – máxima autoridade religiosa do Egito – para que ele emitisse sua sentença. No mesmo caso, a corte absolveu 28 pessoas e decretou penas de prisão de até 15 anos para o restante dos acusados. Em reação à decisão, torcedores do Al Ahly atacaram e incendiaram o Clube da Polícia, na capital. Informações do Estadão.

Conclave começará na terça-feira

Conclave começará na terça-feiraA reunião secreta de cardeais que escolherá o novo papa ocorrerá na próxima terça-feira (12), de acordo com anúncio do Vaticano. A data foi escolhida na segunda congregação desta sexta-feira (8). Mesmo com a definição, está marcada uma nova congregação no sábado (9). Diferentemente do conclave, em que só participarão os 115 cardeais com direito a voto, as congregações têm participação de todos os cardeais que estão no Vaticano. Na manhã de terça deverá ser celebrada uma missa e, à tarde, começam as votações.( Bahia Notícias)