Geddel divide cela com nove presos, corta cabelo e tem banho frio

BRASÍLIA, DF - 22.11.2016: GEDDEL-DENÚNCIAS - O ministro-chefe da Secretaria de Governo, Geddel Vieira Lima, participa de reunião com índios no anexo do Palácio do Planalto, nesta terça-feira. (Foto: Alan Marques/Folhapress)
(Foto: Alan Marques/Folhapress)

Recém-chegado ao presídio da Papuda, no Distrito Federal, o ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB-BA) divide cela com nove detentos. O peemedebista chegou à penitenciária nesta terça (4). Ele foi preso pela Polícia Federal na tarde de segunda (3) na Bahia e transferido na madrugada.

A Secretaria de Segurança Pública (SSP) do DF disse à reportagem que a capacidade da cela é para 12 pessoas, com quatro treliches. Segundo a SSP, há apenas chuveiro frio no local e um espaço para necessidades fisiológicas.

O ex-ministro teve o cabelo cortado assim que chegou à Papuda, mas não ficou careca. Geddel está no mesmo presídio de Lucio Bolonha Funaro, pessoa que foi determinante para a decisão da Justiça de pedir a prisão do peemedebista. Preso desde julho do ano passado, Funaro é apontado pelas investigações como operador do ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha.

(mais…)

Geddel Vieira Lima é preso na Bahia pela Polícia Federal

gedel presoO ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB-BA) foi preso nesta segunda-feira (3) pela Polícia Federal. A prisão ocorreu em Salvador, onde ele reside. Geddel foi citado nas delações da JBS como interlocutor do presidente Michel Temer para assuntos relacionados à empresa. A detenção preventiva foi ordenada pelo juiz federal Vallisney Oliveira, no âmbito da Operação Cui Bono, que investiga irregularidades na Caixa Econômica Federal. O peemedebista estaria tentando obstruir as investigações. Em gravação feita pelo empresário Joesley Batista com o presidente Michel Temer, o ex-ministro é classificado pelo executivo como “ponte” entre Temer e a empresa. Ele destaca que, quando ministro, Geddel “sempre estava ali”. “Mas Geddel também, com esse negócio, eu perdi o contato porque ele virou investigado, agora eu não posso também. Eu não posso encontrar com ele”, explica o empresário ao presidente durante o diálogo. Temer concorda com o dono da JBS, afirmando para ele “ir com cuidado” porque isso poderia figurar “obstrução da Justiça”. O empresário, então, questiona qual seria a melhor forma de falar com o presidente, uma vez que por intermédio de Geddel estaria mais difícil. O homem apontado por Temer para fazer essa transição foi Rodrigo Rocha Loures. Dias depois, Loures foi flagrado saindo de uma pizzaria em São Paulo com uma mala contendo R$ 500 mil. A prisão de Geddel já era bastante especulada pelo meio político em Brasília e indica uma aproximação ainda maior das investigações a figuras próximas do presidente Michel Temer. Até novembro de 2016, o peemedebista ocupava a Secretaria de Governo, porém pediu demissão após se envolver em uma polêmica com o ex-ministro da Cultura, Marcelo Calero, que o acusou de tráfico de influência para a liberação de obras do condomínio La Vue, na Ladeira da Barra, em Salvador – as obras eram em um trecho que exigia autorização do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). Além da JBS, Geddel também foi citado nas delações premiadas da Odebrecht e pode se tornar alvo de inquérito. Neste domingo (2), o vice-prefeito de Salvador, Bruno Reis (PMDB), chegou a dizer que o ex-ministro estava “tranquilo” com a escalada de fatos o envolvendo na Lava Jato. No dia seguinte, entretanto, Geddel foi levado preso, sem previsão de quando poderá voltar à liberdade. (Bahia Notícias)

Joesley Batista é internado no Hospital Albert Einstein, em SP

Joesley-BatistaO empresário Joesley Batista, sócio do grupo JBS e autor da delação que gerou abertura de inquérito contra o presidente Michel Temer, foi internado no Hospital Albert Einstein, na Zona Sul de São Paulo, informou nesta quarta-feira (28) a assessoria do centro médico.

O hospital informou, por e-mail, que Joesley solicitou privacidade. Questionada sobre os motivos da internação, a assessoria do Grupo JBS disse que o empresário deu entrada na noite de terça (27) com dores no nervo ciático. Ainda de acordo com a assessoria, não havia previsão de alta.

O Supremo Tribunal Federal (STF) retomou nesta quarta o julgamento sobre a validade das delações de executivos da JBS fechados no âmbito da Operação Lava Jato.

Irmão chega ao Brasil

Irmão de Joesley, o também empresário Wesley Batista, chegou ao Brasil na manhã desta quarta-feira (28). Ele estava em Nova York, nos Estados Unidos, e não quis dar declarações sobre sua viagem. Wesley desembarcou no Aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, na Grande São Paulo, por volta das 6h.

De acordo com a assessoria da JBS, o empresário trabalha e vive no Brasil e se ausentou apenas por alguns dias para resolver questões de trabalho. Ainda segundo a assessoria, esta foi a primeira viagem de Wesley ao exterior desde o vazamento da delação do irmão, Joesley. (G1)

Bonito recebe pipinha de 4 mil litros após solicitação de Eduardo Salles

pipinhaNa manhã desta quarta-feira (21), o prefeito de Bonito, Reinan Cedro recebeu um pipinha de 4 mil litros, disponibilizado após solicitação do deputado estadual Eduardo Salles à SDR (Secretaria de Desenvolvimento Rural) e a CAR (Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional).
Em função de compromissos pré-agendados, o parlamentar não participou da entrega, mas encaminhou o seu chefe de gabinete, Maurício Medeiros, para representá-lo. “Sei a dificuldade que muitas famílias de Bonito vivem em função da falta de água. Este equipamento irá ajudar bastante”, afirma Eduardo Salles.
O prefeito Reinan acrescenta que o equipamento será destinado à agricultura familiar. “Nós precisamos levar água para as pequenas comunidades que não têm sistema de abastecimento. É uma conquista que beneficiará centenas de famílias”, avalia o prefeito.
Eduardo Salles aproveitou para agradecer ao secretário Jerônimo Rodrigues e ao diretor-presidente da CAR, Wilson Dias, pela liberação do equipamento. Deixo registrado o nosso agradecimento aos dois gestores por entenderem a importância desta demanda. Além disso, reafirmo o meu compromisso em continuar trabalhando em parceria com o deputado federal José Carlos Araújo, o prefeito Reinan, o ex-prefeito Edinho e todo nosso grupo político em Bonito para levar melhores condições de vida à população”, conclui Salles.
Também participaram da entrega os assessores da prefeitura, Luiz Henrique (Lula) e Joselino Nogueira (Zé). (ASCOM – Deputado Estadual Eduardo Salles)

Saiba quanto o município de Utinga ira receber de repasse extra do FPM, segundo estimativa da CNM

FOTO: Magno Miranda
FOTO: Magno Miranda

A Confederação Nacional de Municípios (CNM) informa que a estimativa do repasse extra do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) de julho de 2017 é de R$ 4,148 bilhões. A previsão da entidade é feita com base em informações oficiais divulgadas pela Secretaria do Tesouro Nacional (STN), por meio do Relatório de Avaliação Fiscal e Cumprimento de Meta.

A previsão é que o município de Utinga-BA receba em torno de R$ 748.126,22. O repasse é fruto de uma intensa luta da Confederação Nacional de Municípios (CNM) e do movimento municipalista e culminou com a aprovação das Emendas Constitucionais 55/2007 e 84/2014. Essas medidas alteraram o artigo 159 da Constituição Federal e elevaram, gradativamente, os recursos repassados pela União para o Fundo. Assim, o repasse passou dos então 22,5% do produto da arrecadação do IR e do IPI para 24,5%. Em particular, o repasse extra de julho veio no sentido de procurar normalizar a queda do FPM nesse mês.
Porém, a entidade destaca que esses valores são previsões para nortear os gestores em seu planejamento e incorrem em uma margem de erro amostral. Isso porque as estimativas podem variar de acordo com a evolução da atividade econômica futura, onde se dará a arrecadação dos impostos que compõem o FPM.
Veja aqui o valor por município clicando aqui 

Comissão do Senado rejeita reforma trabalhista

Senadores Marta Suplicy e Ricardo Ferraço durante sessão que votou reforma trabalhista... - Veja mais em https://economia.uol.com.br/noticias/redacao/2017/06/20/segunda-comissao-do-senado-vota-reforma-trabalhista.htm?cmpid=copiaecola
Senadores Marta Suplicy e Ricardo Ferraço durante sessão que votou reforma trabalhista

Em votação apertada, a Comissão de Assuntos Sociais do Senado rejeitou o relatório de Ricardo Ferraço (PSDB-ES) sobre a reforma trabalhista. O parecer foi votado na manhã desta terça-feira (20) com 10 votos contrários contra 9 a favor. O placar é comemorado pela oposição, que vem tentando barrar o avanço da matéria na Casa. Ainda assim, já nesta quarta (21), a matéria segue para apreciação na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), cuja relatoria cabe ao senador Romero Jucá (PMDB-RR). A votação na CCJ deve ocorrer na próxima semana, no dia 28. Assim, o governo espera votar a reforma até o final de julho no plenário do Senado. (Bahia Notícias)

Ex-gestor de Wagner é multado por não enviar documentos e informações para o TCM

natan1Por não ter encaminhado os documentos e informações sobre a prestação de contas da gestão e pela sonegação de informações contábeis e financeiras durante alguns meses, o ex-prefeito de Wagner, Natã Garcia Hora, foi multado em R$9 mil pelo Tribunal de Contas dos Municípios. A decisão ocorreu nesta terça-feira (13) e os conselheiros resolveram ampliar para R$1 mil por cada mês a multa caso a documentação exigida não seja entregue no prazo legal. A relatoria afirmou que a Prefeitura de Wagner consta na lista dos ordenadores de despesas que omitiram informações referentes a diversos meses de 2016 – 63 prefeituras, 15 câmaras municipais e 10 entidades vinculadas ainda não puseram em disponibilidade pública suas contas -, o que pode acarretar em processos administrativos.

Os conselheiros irão analisar nos próximos dias a possibilidade de denunciar os gestores omissos ao Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA), movendo ação por Crime de Improbidade Administrativa. Durante a sessão também foram multados por não terem encaminhado documentação correta o ex-prefeito de Presidente Tancredo Neves, Valdemir de Jesus Mota e os presidentes das Câmaras de Entre Rios e Ubatã, Tárcio Luiz Almeida e Jaquison Mendes Brito. (Bahia Notícias)

Deputado Lúcio Vieira Lima fica ferido após bater carro em poste em Salvador

lucio vieiraO deputado federal Lúcio Vieira Lima (PMDB) sofreu um acidente de carro na manhã desta segunda-feira (12). O carro do parlamentar, um HRV/Honda, ficou destruído, segundo o próprio Lúcio. Segundo o Bocão News, o deputado afirmou que cochilou e acabou “pegando um poste na Sabino Silva, ao lado do Vitória Center”, em Salvador. Através das redes sociais, Lúcio acalmou os amigos e eleitores: “graças a Deus, ao air bag e ao cinto de segurança eu quebrei apenas o dedo mindinho da mão direita, o qual devo operar ainda hoje!”. Como de costume, o peemedebista não deixou de fazer uma piada do caso: “Estou comunicando para se alguém falar vcs não ficarem nem preocupados nem felizes!”. Após exames, ficou constatado que Lúcio teve uma costela quebrada e fará tratamento com medicação, sem necessidade de imobilização.

Bonito/BA: Gestores se reúnem com presidente da ALBA contra fechamento da comarca de Utinga

Foto: Reprodução / Facebook
Foto: Reprodução / Facebook

Com o intuito de impedir o encerramento das atividades da comarca de Utinga, o prefeito de Bonito, Reinan de Lourinho, juntamente com os vereadores da cidade Sandro Santana, Antônio Sampaio Cobal, Sandro do Vei Loro e Ueriton Primo estiveram em Salvador, nesta quarta-feira (24), para reunião com o presidente da Assembleia Legislativa, Ângelo Coronel.

Na ocasião, os representantes expressaram repúdio contra a iniciativa do Tribunal de Justiça (TJ-BA) de fechar o Fórum da Comarca que atende os municípios de Utinga, Bonito e Wagner.

De acordo com o vereador Sandro Santana, o presidente mostrou apoio e disse que vai lutar em companhia dos gestores para que o órgão retire a iniciativa. “Bem objetivo, o presidente se posicionou do nosso lado e vai lutar com a gente para a não retroação da nossa comarca”, afirmou.

Também estiveram presentes o Chefe de gabinete do deputado Eduardo Salles, Libanilson Braga e o amigo e apoiador, Lula de Alfeu. Depois da manifestação de ideias, aguardam resultado do TJ-BA. (Blog do Fábio Borges)

Assessor de Temer e ex-governadores do DF são presos pela PF nesta terça (23)

(Fotos: Reprodução/Montagem Correio)
(Fotos: Reprodução/Montagem Correio)

A Polícia Federal prendeu na manhã desta terça-feira (23) os ex-governadores do Distrito Federal Agnelo Queiroz (PT) e José Roberto Arruda (PR), além do ex-vice-governador Tadeu Filipelli (PMDB), também assessor do presidente Michel Temer. Os três são alvo de mandado de prisão temporária pela Operação Panatenaico, deflagrada nesta terça pela PF.

As ações da PF estão sendo realizadas desde as 6h e têm como objetivo investigar organização criminosa que fraudou e desviou recursos das obras de reforma do Estádio Nacional Mané Garrincha para a Copa do Mundo de Futebol de 2014. Inicialmente orçadas em cerca de R$ 600 milhões, as obras no estádio custaram ao fim, em 2014, um total R$ 1,575 Bilhão. O superfaturamento, portanto, segundo os investigadores, pode ter chegado a quase R$ 900 milhões.

Além dos três políticos, estão entre os alvos das ações desta terça agentes públicos e ex-agentes públicos, construtoras e operadores das propinas ao longo de três gestões do Governo do Distrito Federal. “A hipótese investigada pela Polícia Federal é que agentes públicos, com a intermediação de operadores de propinas, tenham realizado conluios e assim simulado procedimentos previstos em edital de licitação”, cita a nota da PF.

A Polícia Federal ainda explica que a renovação do Estádio Mané Garrincha, ao contrário dos demais estádios da Copa do Mundo financiados com dinheiro público, não recebeu empréstimos do BNDES, mas sim da Terracap, mesmo a estatal não tendo este tipo de operação financeira prevista no rol de suas atividades.

Cerca de 80 policias estão envolvidos na operação, divididos em 16 equipes. Devem ser cumpridos, no total, 15 mandados de busca de apreensão, 10 mandados de prisão temporária, além de três conduções coercitivas. As medidas judiciais foram determinadas pela 10ª Vara da Justiça Federal no DF, todas as ações ocorrem em Brasília e arredores.

Panatenaico
O nome da operação é uma referência ao Stadium Panatenaico, sede dos jogos panatenaicos, competições realizadas na Grécia Antiga que foram anteriores aos Jogos Olímpicos. (Correio24horas)