Homem é morto a tiros em Mundo Novo

Na noite desta terça-feira, 29 de julho de 2014, por volta das 23h, um homem de nome ainda não identificado, foi morto a tiros no bairro do Sapé, na cidade de Mundo Novo.
De acordo com as primeiras informações, o homem era de Baixa Grande e estava em uma casa perto do hospital de Mundo Novo. Dois elementos que estavam em uma moto entraram na casa, efetuaram cerca de 06 disparos de pistola ponto 40 e fugiram. (Blog Agmar Rios)

Criminosos explodem carro forte e segurança tem 80% do corpo queimado na região de Irecê

Um carro forte da empresa Prosseguir foi explodido por criminosos fortemente armados na tarde desta sexta-feira (18), em uma estrada a cerca de 2 Km do município de América Dourada, na região de Irecê. 
Segundo informações da polícia de Irecê, o carro forte seguia para Morro do Chapéu e era seguido por bandidos a bordo de um ou dois veículos que começaram a atirar. Na fuga, o carro forte tombou em uma curva e os criminosos aproveitaram para explodi-lo. 
As chamas queimaram parte do dinheiro e o que sobrou foi levado pela quadrilha. O motorista e mais três seguranças que estavam no carro forte sofreram ferimentos como queimaduras e fraturas, um dos seguranças também chegou a ser espancado. 

Todos foram socorridos por uma ambulância do Samu e levados para hospitais em América Dourada e Irecê. O estado mais delicado é de um segurança que sofreu ferimentos de terceiro grau em 80% do corpo. As polícias Civil e Militar da região estão em operação conjunta na tentativa de prender a quadrilha. (Irecê Repórter)

Polícia Civil de Mundo Novo prende dois meliantes que tentaram roubar veículo

Na manhã desta quinta-feira, 17 de julho de 2014, por volta das 11h30m, o Sr. Hugo Gonçalves dos Santos, taxista, encontrava-se no centro da cidade de Mundo Novo, em seu veículo da marca Fiat, modelo Uno, cor azul, quando um indivíduo não identificado, pediu que ao mesmo que o levasse até o Povoado da Canjerana, zona rural deste município.  
Segundo o Dr. José Adriano, delegado titular de Mundo Novo, a vítima percebeu que o suspeito estava portando um objeto, provavelmente, uma arma e conseguiu fugir do suspeito, se dirigindo a Depol de Mundo Novo. Neste ínterim, populares, ao perceberem o crime que estava em pleno desenvolvimento, relataram para a vítima que o meliante estava com outro comparsa, que se encontrava naquelas imediações. Ao chegar na Delegacia,  a vítima relatou o ocorrido e, de imediato, uma equipe composta por policiais desta Delegacia e um Policial Militar de Tapiramutá, empreenderam diligências com a finalidade de efetuar a prisão dos acusados.  
Um dos acusados, identificado como JAILTON ALMEIDA FERNANDES, foi localizado nas imediações do Colégio CELEM e tentou se evadir sendo capturado em um matagal, próximo ao Ginásio de Esportes. JAILTON infirmou que o seu comparsa havia se evadido em direção à localidade denominada BECO DA GIA. Ao chegar à referida localidade, populares informaram a polícia que o segundo indivíduo havia corrido em direção a uma estrada vicinal. 
Com o apoio de um popular que se encontrava de motocicleta, policiais conseguiram alcançar e efetuar a prisão do segundo flagranteado, identificado como MÁRCIO ARAÚJO LOPES SANTOS. No momento de sua prisão, MÁRCIO estava de posse de uma arma branca, tipo “PUNHAL”. Os flagranteados, ambos residentes na cidade de Baixa Grande, negaram a intenção de roubar o veículo da vítima. 
Em contato com a DEPOL de Baixa Grande, a Autoridade Policial foi informada que os flagranteados possuem antecedentes criminais. O flagranteado JAILTON, 36 anos, possui passagem por furto e roubo de veículos, porte ilegal de arma de fogo e Estelionato. Já o flagranteado MÁRCIO, 18 anos, quando ainda era menor, juntamente com outros comparsas, cometeu um roubo à Drogaria São Paulo, localizada no Horto Florestal, Salvador, Bahia, onde várias vítimas ficaram feridas, em virtude dos vários disparos de arma de fogo efetuados pelos meliantes. 
Os flagranteados  foram indiciados pelo crime de Roubo Qualificado, em sua modalidade tentada. Esta Autoridade Policial está investigando os roubos de outros veículos ocorridos neste município, que tem os flagranteados como principais suspeitos. Os flagranteados se encontram custodiados nesta Delegacia, estando os mesmos à disposição da Justiça Criminal desta Comarca.
Da redação do Blog Agmar Rios
Informações e fotos da delegacia.

Tapiramutá: Polícia diz que menina não foi estuprada por sequestradores

A Polícia Militar informou que a menina de 11 anos, que ficou desaparecida por seis dias, na cidade de Tapiramutá, a 350 km de Salvador, não foi estuprada. Inicialmente a 24ª CIPM (Companhia Independente da Polícia Militar) de Jacobina havia informado que a criança foi sequestrada e estuprada por dois homens, Lucivaldo Bastos Rodrigues, de 40 anos e Mario Junior Santos Viera, de 25 anos.
A polícia esclareceu que como não há perícia técnica em Tapiramutá, a menina foi levada a um hospital da cidade e um médico atestou a violência sexual. No dia seguinte, a menor foi encaminhada a perícia de Jacobina e após exames, o médico perito informou que a menina não foi vítima de abusos sexuais.

De acordo com a Polícia Militar, Rodrigues e Vieira não serão investigados pelo crime de estupro, permanecendo somente a investigação de outras condutas relacionadas ao desaparecimento da criança. Os pais da menina afirmaram que não sabiam do sumiço da menor, já que a criança mora em outra casa com a avó.
A menina foi encontrada na casa de Rodrigues, na localizada na rua do Largo, nº 75. A polícia chegou até o local após abordar o vizinho de Rodrigues, que informou onde a menina estava. (Portal R7)

Homens são presos por sequestro e estupro de menina de 11 anos em Tapiramutá

tapiramutá
Dois homens foram presos suspeitos de sequestro e estupro contra uma menina de 11 anos na cidade de Tapiramutá, na região da Chapada Diamantina. De acordo com a Polícia Militar, a vítima foi encontrada na quarta-feira (9) na casa de um dos suspeitos. A equipe policial conseguiu chegar até a casa onde a menina era mantida através de um outro suspeito que foi detido anteriormente. Ao chegar na delegacia, ele confessou o crime e informou o local onde a menina estaria presa. Na casa indicada, a polícia encontrou a criança e prendeu dois homens, que têm 25 e 40 anos.
A criança passou por exame de corpo de delito, que constatou crime de estupro. Os dois foram autuados em flagrante na delegacia de Tapiramutá A criança já estava sumida há seis dias. Os pais delas só comunicaram o desaparecimento dela à delegacia no dia em que a menina foi encontrada. Os pais alegaram que não sabiam do fato porque a menina estava sob cuidado de outra pessoa da família. A equipe do site G1 entrou ligou para a delegacia de Tapiramutá para saber mais detalhes do caso, mas ainda não conseguiu contato com o delegado responsável. Do Portal G1.

Morro do Chapéu: Carreata comemora volta do prefeito Cleová após cassação do mandato

Depois de seis dias afastado do poder público, o prefeito de Morro do Chapéu, Cleová Oliveira Barreto (PSD), conseguiu uma liminar de efeito suspensivo e retorna ao cargo nesta quinta (10).
Após a notícia os simpatizantes do grupo, vereadores e secretários aguardaram a chegada do prefeito e o deputado José Carlos Araújo na entrada da cidade, em seguida tomaram as ruas da cidade para comemorar com carreata e queima de fogos.
O prefeito Cleová Oliveira Barreto (PSD) teve o mandato cassado em primeira instância no último dia 4, nos termos da Lei da Ficha Limpa – Lei Complementar nº 135/2010 pela Juíza Eleitoral, Drª Ivonete de Sousa Araújo da “055ª Zona” de Morro do Chapéu por Captação Ilícita de Recursos de Campanha Eleitoral de 2012.
O prefeito Cleová vai permanecer à frente do cargo até o julgamento do recurso pelo Pleno do órgão. A liminar foi expedida, no início da tarde desta quinta (10), pelo Fábio Alexsandro Costa Bastos.

Decisão Liminar em 09/07/2014 – AC Nº 114037 Juiz Fábio Alexsandro Costa Bastos
Buscando ordem liminar, inaudita altera pars, Cleová Oliveira Barreto, Prefeito do Município de Morro do Chapéu, ingressa com a presente ação cautelar visando a emprestar efeito suspensivo ao recurso eleitoral contra sentença lançada pelo Juízo Eleitoral da 55ª Zona/Morro do Chapéu, nos autos da Representação nº 1-16.2013 promovida pelo Ministério Público Eleitoral da predita municipalidade, na qual a Magistrada Zonal, julgando procedente o predito feito, cassou-lhe o mandato que lhe fora outorgado, igualmente do seu vice, por entender pela ocorrência de ilegalidades, delineadas pela captação ilícita de recursos e gastos.
Sustenta, em síntese, a presença do fumus boni juris em razão da plausibilidade da sua insurgência, porquanto a decisão zonal se estribou ¿unicamente em meras ilações” … “sem, contudo, tipificar um suposto delito sequer” .
Demais disso, a sentença reprochada ignorou que as irregularidades apontadas na supra epigrafada Representação eram ¿sanáveis ocorridas em processo de prestação de contas” , posto que ¿mero erro material” , culminando, daí, ofensa aos princípios da legalidade e da proporcionalidade, vez que a existência daquelas irregularidades não acarretaria a aplicação de penalidade tão grave, in casu, a cassação de mandatos.
Alega, ainda, que a causa de pedir da mencionada Representação, “em sua maioria” , já foi rechaçada por este Tribunal quando do julgamento do recurso agitado pelo Requerente no processo de sua prestação de contas (acórdão nº 822/2013).
Justificando o periculum in mora, aduz que o eventual retardo no julgamento do sobredito inconformismo poderá ocasionar prejuízo irreparável quer para ele e para a própria comunidade de Morro de Chapéu, quanto mais que fora designado o dia 10 do corrente mês e ano, para a diplomação dos segundos colocados, cônsono Edital nº 13/2014.
Escoltam a inicial os documentos de fls. 23/101.
Feitas essas breves considerações, passo a decidir.
Examinando a questão posta para acertamento, em sede de cognição sumária, considero delineados os pressupostos necessários e suficientes à concessão da ordem liminar pretendida, quais sejam: o fumus boni júris e o periculum in mora.
O primeiro resulta do confronto dos fatos exordianos com a viabilidade de êxito do recurso interposto pelo Requerente, vez que, na vertente, as irregularidades consumadas que levaram o a quo a decidir, revelam-se, perfunctoriamente, vícios formais e erro de digitação, e, também, em fatos já enfrentados e afastados pela Corte Regional por ocasião do julgamento do recurso de prestação de contas oferecido pelo Requerente.
A par disso e mormente porque a Magistrada Zonal atribuiu relevância à prova de cunho testemunhal, torna-se imprescindível o cotejo das circunstâncias preludiais com as provas adunadas e produzidas nos autos, que somente se afigura possível durante a análise da questão de fundo, quando então será possível modificar ou não a sentença atacada na sua parte dispositiva.
Infere-se, portanto, que, aqui, o fundamento e ponto nodal da liminar requestada se imbricam com a questão meritória, que só poderá, a bem da boa técnica processual, ser apreciada por ocasião do julgamento do recurso oferecido pelo Requerente.
Não bastasse esse fundamento, imperioso dizer que é assente, tanto na Corte Regional quanto na Superior, a idéia de se obstar alternância de poder, preservando-se, destarte, a efetividade do interesse público e a supremacia da vontade popular, relevante num Estado Democrático de direito que, no âmbito eleitoral, preocupa-se em resguardar e assegurar a legitimidade do voto.
O segundo pressuposto – periculum in mora, decorre das induvidosas conseqüências negativas advindas da manutenção da decisão hostilizada até a apreciação definitiva da questão, tendo em vista que o Requerente estaria alijado do seu mandato, e a possível reforma da sentença guerreada em sede recursal não seria capaz de resgatar o tempo em que aquele se afastou da chefia do executivo municipal.
Efetivamente, caso se aguarde o transcurso natural do prazo para o julgamento do recurso focalizado poderá ocorrer a perda do seu objeto, resvalando-se na inefetividade da prestação jurisdicional, não se olvidando, ademais, que as sucessivas alternâncias no Poder Executivo Municipal poderão acarretar sérios e indeléveis transtornos à administração municipal de Morro do Chapéu.
Com esses fundamentos, louvo-me no poder geral de cautela insculpido no art. 798 do Código de Processo Civil, aqui aplicado subsidiariamente, e CONCEDO A ORDEM LIMINAR pleiteada para emprestar efeito suspensivo ao recurso eleitoral interposto pelo Requerente, nos autos da Representação nº 1-16.2013, até o seu julgamento.
Notifique-se o Juízo Eleitoral da 55ª Zona/Morro do Chapéu, para conhecimento e cumprimento imediato da decisão, citando-se o Requerido para contestar os termos da presente demanda.
Após, remetam-se os autos ao representante do Ministério Público Eleitoral com assento neste Tribunal.
Salvador, 09 de julho de 2014.
Fábio Alexsandro Costa Bastos
(Chapada On Line)

Moradores de Ruy Barbosa protestam em frente a Embasa

Nesta segunda-feira 07, moradores da cidade de Ruy Barbosa fizeram uma manifestação em frente ao escritório local da Embasa, em protesto pela falta do fornecimento de água na cidade. De acordo com informações do site local, Ruy Barbosa Notícias, cerca de 50 pessoas se reuniram em frente ao estabelecimento da referida empresa com gritos e palavras de ordem: “Queremos água!”

Segundo informações, a população vem sofrendo com essa ”racionamento” há mais de um mês.

Jovem é preso após roubar instrumentos musicais em uma igreja evangélica na cidade de Piritiba

O jovem Alberto Silva Souza, natural de Guarulhos-SP, foi preso na madrugada desta segunda-feira, após ter arrombado a Igreja Assembleia de Deus na cidade de Piritiba.
Alberto colocou foto na cozinha da igreja e roubou uma guitarra e um contra baixo, instrumentos que fazer parte da banda da igreja.
Por volta das 2h da madrugada, os prepostos da Guarda Municipal receberam um chamado, se dirigiram ao local e constataram a veracidade dos fatos.
A Guarda Municipal e abordou Alberto com os artefatos musicais. Ele confessou a autoria do fato e foi autuado em flagrante delito e conduzido a Autoridade Policial. (Blog Agmar Rios Notícias)

Miguel Calmon: População se revolta e tenta linchar acusados de matar mulher em praça pública

Os dois menores acusados de terem assassinado uma mulher na Praça Lauro de Freitas em Miguel Calmon, no último sábado (28), foram ouvidos na manhã da última quinta (3) pelo Juiz e pelo promotor de Justiça, no fórum de Miguel Calmon.
Os menores de iniciais J.C.S e C.S.B, chegaram ao fórum por volta das 8:30h da manhã, acompanhados por policiais militares.
Uma multidão de gente foi se formando em frente ao fórum, e sempre que um dos acusados apareciam nas janelas, a multidão se aproximava gritando “Assassinos…assassinos”.
Um reforço policial foi solicitado para garantir a segurança no local e preservar a integridade física dos dois.
Durante a audiência, não foi permitido a presença da imprensa. 
A audiência teve fim por volta das 13:30 da tarde, e centenas de pessoas continuavam na frente do fórum na espera da saída dos acusados. Muitos diziam querer lincha-los. (Calmon Noticias)
Veja aqui a matéria sobre esse assassinato.

Mulher é morta a pedradas no centro de Miguel Calmon

Na manhã deste sábado, 28 de junho de 2014, um crime brutal chocou os moradores da pacata cidade de Miguel Calmon, na região de Jacobina. Uma mulher de 36 anos, identificada como Vagna de Jesus Bispo, moradora da bairro Pontilhão, foi morta a pedradas na Praça Lauro de Freitas, principal cartão postal da cidade.
O corpo de Vagna de Jesus foi encontrado por populares agora pela manhã. A vítima apresentava várias marcas e cortes na cabeça, possivelmente, provocado por uma pedra que estava ao lado do cadáver.
A Polícia Militar está no local aguardando a equipe do Departamento de Polícia Técnica de Jacobina (DPT).
Nenhuma testemunha foi ouvida ainda pela polícia, mas, suspeita-se que Vagna de Jesus tenha sido morta por vingança ou após uma briga durante a madrugada. (Notícia Livre)