Mulher briga com o marido e ameaça matar criança com uma faca em Mairi

Na noite desta quinta-feira, 09 de janeiro de 2014, por volta das 20h, uma jovem de 16 anos estava com uma faca e se envolveu numa briga com o marido, conhecido como Lirão, na cidade de Mairi.
A briga começou na Travessa Pinheiro Machado, na casa dos pais do marido. A jovem estava totalmente descontrolada, pegou uma faca e ficou ameaçando matar o marido e a filha de 11 meses.
Depois ela desceu correndo com a criança para a casa onde vive com o marido na Rua Floriano Peixoto. Quando a Polícia Militar e o Conselho Tutelar chegaram ao local, a jovem disse que falou isso no momento do nervoso, mas que não ia fazer nada contra a criança.
Polícia Militar e o Conselho Tutelar aconselharam a jovem e falaram que se ele ameaçar e criança outra vez, que ela será presa. Lirão é filho de Miliano. (Agmar Rios Notícias)

Lapão: Adolescente de 14 anos morre afogado

No final da tarde ontem sexta-feira, 27, por volta das 17h, o jovem Álisson Oliveira da Silva, de 14 anos, foi vítima de afogamento em uma lagoa conhecida como toca do Urubu em Lapão.

De acordo com testemunhas, Álisson estava tomando banho na companhia de outros adolescentes que presenciaram o afogamento.
A mãe do garoto foi avisada e ainda entrou no lago na tentativa de socorrer o filho, mas já era tarde, pois Álisson já estava sem sinais vitais.
O corpo do adolescente foi encaminhado ao IML de Irecê onde foi necropsiado. Só esta semana foram registrados na delegacia de polícia de Irecê, seis casos de afogamento na região. (Blog do Sigi Vilares)

Jussara: Irmãos são vítimas de tentativa de homicídio

Madrugada de ontem, domingo, 15, na cidade de Jussara, no interior de uma Boate, um homem descontrolado e armado com uma faca, tipo peixeira, tentou contra a vida de dois irmãos.

Segundo informações da polícia militar, Igor Araújo dos Santos, de 24 anos, sacou de uma faca e tentou assassinar Jackson de Jesus Moura e Vanessa de Jesus Moura.
Os irmãos, Jackson e Vanessa, foram hospitalizados. Igor, autor das facadas, foi preso por policiais militares.
Não foi informado o motivo da dupla tentativa de homicídio. (Blog do Sigi Vilares)

Fazendeiro doa terreno para reconstrução de bairro em Lajedinho

O prefeito de Lajedinho, na região da Chapada Diamantina, Antônio Mário Lima, afirmou que a área destinada à reconstrução de parte da cidade, destruída após o temporal no último sábado (7), foi doada por um fazendeiro nesta terça-feira (10). Cerca de 250 moradias e 15 pontos de comércio serão construídos na parte alta do município. “É uma área adequada para se fazer o loteamento e isso já vai dando força para vencermos essa batalha”, disse ao G1.
Um levantamento topográfico é feito para reestruturar o município. Mas segundo o prefeito, o trecho da cidade que ficou destruído pela enxurrada não será mais habitado para evitar risco de novas tragédias. “Nós vamos fazer um projeto para alargar o rio. Na parte alta não tem problema com a chuva. A chuva atingiu a parte baixa da cidade, onde não será mais nada construído. Até a prefeitura que ficava ao lado do canal vai ser construída na parte alta. O centro de saúde que estava sendo reformado será reconstruído também. Não dá mais para ter uma tragédia como essa”, relatou.
Em torno 200 famílias, aproximadamente 800 pessoas, estão desabrigadas. “Estamos trabalhando para ter os dados oficiais. As pessoas estão em casa de parentes, outras em escolas, outras em casas da zona rural. Nós estamos dando apoio com roupas, cestas básicas. A nossa vontade é que a gente coloque essas pessoas cada uma em seu lugar, para que elas tenham a privacidade da família”, disse.O prefeito de Lajedinho agradeceu o apoio que tem recebido da sociedade e também dos órgãos públicos. “Estamos emocionados com tanta generosidade do povo brasileiro. Tem chegado doações, tem carreta saindo do Ceará, de São Paulo. É o Brasil inteiro solidário conosco”, diz emocionado. (G1)

Idoso de 100 anos passa 3h dentro de caixa d’água e sobrevive a temporal

Um idoso de 100 anos sobreviveu ao temporal que atingiu a cidade de Lajedinho, a cerca de 355 km de Salvador, na Chapada Diamantina, no último sábado (7). O homem ficou abrigado com a filha por três horas dentro de uma caixa d’água da casa onde morava. “A gente conseguiu jogar ele dentro do tanque e ele ficou lá três horas dentro da água comigo. Quando a água baixou e veio o socorro a gente saiu na corda”, conta a dona de casa Vera Rodrigues. “Ele foi forte porque ele não desgrudava em momento nenhum. Ele me apertava assim, me agarrava e eu agarrada com ele, e aí a gente está aqui. A gente está aqui salvo”, se emociona. A chuva durou menos de três horas, mas a quantidade de água era a prevista para três ou quatro meses. O temporal que atingiu a pequena cidade da Chapada Diamantina deixou 11 mortos e seis desaparecidos até a manhã desta segunda-feira (9), de acordo com informações da Defesa Civil. Cerca de 200 famílias estão desabrigadas. O aposentado Antônio Santos, morador de um trecho da cidade onde todas as casas ficaram destruídas, conta que se salvou porque ficou abrigado no telhado da casa onde mora. “Subi com minha mulher e comecei a jogar os meninos, aí vieram outros que estavam lá desabrigados e começaram a me ajudar a puxar dois, o pai e o filho, e aí nós conseguimos sair”, contou.Já a dona de casa Joana Lima se emociona ao lembrar do temporal. “Eu não posso mais ficar aqui. A casa da minha mãe também está toda alagada, a gente não sabe para onde ir. A cidade toda está desesperada. A cidade toda”, relata. “A água entrou pela porta da rua, aí eu peguei meus dois filhos e o filho da vizinha e me tranquei dentro do banheiro. Amanheci o dia lá”, lembra. Um dos casos mais tristes foi o do pedreiro Carlos Bispo. Além de perder a sogra e um cunhado, ele recebeu uma ligação da filha, que pedia socorro, mas não conseguiu salvar a menina de 11 anos. “Ela me ligou: ´Painho, vem aqui que está entrando água aqui em casa´. Quando eu desci, não deu mais tempo. Cheguei ali na ponte, faltou energia, e aí não consegui ter contato com ela mais. Só tive contato com o vizinho: ´Ô Régi, pega minha filha e bota no telhado aí, Régi´. Aí depois fui perdendo o contato com todo mundo. Só vi gente descendo e eu chorando, mas minha filha morreu”, conta enquanto se emociona. (G1)

Tragédia: chuva deixa rastro de destruição e muitas mortes em Lajedinho

O município de Lajedinho, a cerca de 355 km de Salvador, na região da Chapada Diamantina, foi atingido por chuva forte na noite de sábado (7), o que provocou estragos graves, segundo informações da Defesa Civil da Bahia. O vice-governador do estado, Otto Alencar, está na cidade e confirmou ao G1 a ocorrência de quatro mortes em decorrência da chuva.
“Houve uma tromba d’água, que começou 11h da noite e foi até 1h30 da manhã. Choveu 120mm. O solo estava completamente descoberto por causa da seca. Quatro corpos foram encontrados e cerca de 12 pessoas estão desaparecidas”, afirmou o vice-governador.
Uma equipe da Defesa Civil da Bahia foi enviada em caráter emergencial ao município na manhã deste domingo (8).
O professor Eliude Carvalho da Silva, morador de Lajedinho há 16 anos, também relatou ao G1 a ocorrência de mortes e pessoas desaparecidas. “Duas pessoas da minha família morreram. Minha cunhada e meu sobrinho. Ainda tem pessoas desaparecidas”, afirmou na manhã deste domingo. Eliude Carvalho da Silva relata que casas foram derrubadas e carros arrastados.
De acordo com o morador, a cidade fica em uma região de vale. “Fica em uma baixada. Isso [alagamento] já aconteceu no ano passado. Chuva muito forte e associado a essa chuva, vem trazendo mato da cabeceira do rio”, conta.
MAIS INFORMAÇÕES:
Informações locais dão conta de que o número de vítimas já passa de 20, o que ainda não é confirmado pelo órgão estadual. De acordo com a previsão do tempo, há expectativa de nova tempestade neste domingo e o temporal deve continuar nos próximos dias na região.









FOTOS: Divulgação Facebook

Bonito: Chuva cai e causa alguns prejuízos na feira livre

Por volta do meio dia deste sábado (07), uma forte chuva chegou em Bonito, cidade situada na Chapada diamantina. A chuva durou média de 40 minutos e causou prejuízos, principalmente aos feirantes que ainda estavam com suas barracas na feira livre.

A internauta Zanny de Oliveira registou imagens do momento. A chuva foi tão forte que além de derrubar barracas, derrubou postes e arvores também.


Apesar do susto e dos estragos causados, os bonitenses comemoraram a chegada da chuva, que ameniza um pouco o sofrimento do sertanejo e dá uma trégua no período de estiagem.



Fonte: Blog Bonito Agora / Fotos: Internauta Zanny de Oliveira 

Assalto a casa lotérica de Ourolândia: Polícia troca tiros com bandidos

Quatro elementos fortemente armados chegaram de moto armados renderam o caixa e roubaram todo dinheiro que seria para fazer pagamento para os aposentados e servidores.
Após o assalto os elementos fugiram em um veiculo Fiesta vermelho placa de Goiás, integrantes da 24ª Cia PM entraram em perseguição aos bandidos que ao chegarem entre os povoados de Mulungu e Tabua os policiais trocaram tiros com os bandidos que abandonaram parte do dinheiro e se emprenharam no matagal.
O Capitão Walter da 24ª Cia PM, afirmou ao Site Diário da Chapada que os elementos estão encurralados e pode prende-los a qualquer momento. Um veículo foi apreendido e parte do dinheiro recuperado pela policia deste assalto a Casa Lotérica de Ourolândia.
(Diário da Chapada.)

Rebelião na Cadeia Pública de M. do Chapéu

Momento em que a equipe do SAMU chegou para
socorrer o detento Edinalvo (Peixe Frito)

Vinte e sete presos encarcerados na Cadeia Pública de M. do Chapéu organizaram uma rebelião na tarde desta terça feira (03/12) por volta das 13h50. Os presos reclamavam do serviço de alimentação que estaria sendo oferecido já que recentemente houve uma mudança no fornecedor do serviço. 
Policiais de América Dourada, Carfarnaum, da Policia Rodoviaria Estadual foram deslocados para ajudar a conter o motim, cerca de 20 policiais participaram da ação que foi contornada por volta das 15h30. 

Os rebelados colocaram fogo em colchões e destruíram todas as grades das celas, eles quebraram as grades da cela onde estavam os presos acusados de estupro Edinalvo Souza Brito vulgo “Peixe Frito e o outro acusado conhecido por Branco” e agrediram ambos com requintes de crueldade, com cortes de arma branca, paus, pedras e inclusive no detento Peixe Frito, acusado de ter realizado 44 estrupos os bandidos enfiaram um pedaço de madeira na região anal. 

O líder da rebelião o detendo de pré nome Yuri foi ferido no ombro por ter entrado em confronto direto com os policiais. No saldo da operação Peixe Frito e Yuri foram atendidos no Hospital São Vicente de Paulo e encaminhados para o Hospital Regional de Irecê  e o detento Branco foi atendido no Hospital São Vicente e encontra-se a disposição da justiça. Em conversa com a nossa redação o Tenente Guimarães afirmou que os outros presos deverão ser transferidos para Salvador aguardando a decisão do judiciário já que a cadeia ficou completamente destruída na rebelião. (morronoticias.com)

Yuri acusado de ser o líder da rebelião sendo socorrido por policiais militares.

Casal de traficantes é preso com arma e droga em Itaberaba

Dois revólveres calibres 38 e 32, uma espingarda de fabricação caseira, maconha, crack e cocaína, produtos químicos para misturar às drogas, uma balança de precisão e dois uniformes camuflados, iguais aos usados pelo Exército, foram apreendidos, em Itaberaba, com os traficantes Diego Conceição dos Santos, de 19 anos, e Camila Santos Silva, por investigadores da 12ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin). O flagrante aconteceu na quarta-feira (13), num imóvel usado como ponto de venda de drogas, no bairro Campo do Governo, naquela cidade.
Segundo o coordenador da 12ª Coorpin/Itaberaba, delegado João Uzzum, Diego e Camila fazem parte de uma quadrilha de traficantes investigada há duas semanas. O bando é acusado do assassinato de Ronivon Vieira, o “Roni”, ocorrido no dia 9 de novembro, no Campo do Governo, por causa de uma dívida de drogas. O delegado vai investigar a procedência do fardamento militar e do restante do material apreendido, que será periciado.
Outros quatro integrantes da quadrilha estão sendo procurados. Diego e Camila foram autuados em flagrante por porte ilegal de arma e tráfico de drogas. Eles seguem custodiados no Complexo Policial de Itaberaba, à disposição da Justiça Criminal.