Segundo dia do Festival de Verão mistura estrelas do axé, rock, sertanejo e pagode

O segundo dia do Festival de Verão de Salvador foi uma verdadeira mistura musical. Com os ritmos de rock, axé, sertanejo e pagode, milhares de pessoas se divertiram e cantaram junto com os artistas.

primeiro show da noite foi comandado pelo grupo Os Paralamas do Sucesso. A apresentação, que começou ao som de “Alagados”, reuniu antigos sucessos que marcaram a trajetória da banda.
Canções como “Cuide bem do seu amor”, “Melô do Marinheiro”, “Cinema Mudo” e “Lanterna dos Afogados” foram interpretadas pelo vocalista Herbert Vianna, que se emocionou com a participação do público. “Fico muito feliz de voltar à Bahia. Espero que vocês estejam se divertindo, porque estamos aqui para relembrar músicas que marcaram a vida de vocês”, disse o cantor.
O evento, que reuniu gente de todas as idades, contou com a presença de dois fãs antigos da banda. Maria Olívia, 61 anos, e Milton, 67 anos, foram conferir o show e mostraram bastante empolgação. “Já viemos aqui no Festival antes e estamos super ansiosos. Estamos curtindo Paralamas e vamos assistir Asa e Ivete. Somos fãs”, disseram ao Correio24Horas.
Em seguida, o Palco 2014 recebeu uma verdadeira maratona de axé, que começou ao som da banda Asa de Águia. Com Armandinho na plateia, Durval Lelys entrou no palco montado na sua moto Harley Davidson e impressionou a quem assistia a sua apresentação.

Além de embalar o público com músicas como “Não tem lua”, Trenzinho do Amor” e “Dança do Vampiro”, o cantor contou com a participação de Margareth Menezes como convidada especial, com quem interpretou canções como “Faraó” e “Toté de Maiangá”. Com um vestido curto e bordado com lantejoulas douradas, a cantora brilhou no palco.

Uma das mais empolgadas do show do Asa era Lícia, de 52 anos. Apaixonada pela banda há 25 anos, desde quando o grupo se chamava Pinel, a soteropolitana fez questão se chegar cedo para ver o ídolo de perto e declarar o seu amor.

“Sou apaixonada por eles desde que começou. Vou para tudo, onde Durval vai, eu vou. Hoje um pouco menos, porque já tenho 52 anos, mas não perco uma apresentação no Festival, nem no carnaval. Conheço desde que começou, há 25 anos, e me apaixonei”, disse empolgada ao Correio24Horas, sem tirar os olhos do cantor.
 O terceiro show foi um dos mais aguardados da noite. Ivete Sangalo, única artista a participar de todas as edições do Festival de Verão, foi ovacionada pelos fãs assim que chegou ao Parque de Exposições. Recepcionada com gritos de “Cantora, eu te amo” e “Ivete, cadê você? Eu vim aqui só para te ver”, a baiana atendeu aos fãs antes de vestir o figurino preto e branco.
Além de cantar músicas do seu repertório, como “Alegria” e “Manda Ver”, a baiana homenageou cantores de outros ritmos. Ivete cantou músicas como Raiz de Todo Bem, de Saulo Fernandes; CDs e Livros, de Asas Livres; Lepo Lepo, de Psirico e Fui Fiel, do cantor de arrocha Pablo.
Durante o show, Ivete chegou a descer do palco e cantou ao lado do público. Bem-humorada, a cantora agradeceu ao carinho da plateia e falou sobre o seu figurino. “Já não sabia mais o que inventar e resolvi colocar esse figurino chique, preto e branco. Meus dançarinos não estão lindos?” disse orgulhosa.
Veveta, como é carinhosamente apelidada pelos fãs, também contou com uma convidada especial no show. Ela recebeu a vocalista do Babado Novo, Mari Antunes. “Ela sou eu começando. O sonho dela era cantar aqui e eu disse: ‘então você vai cantar comigo’. Ela é muito talentosa”, disse, justificando o convite.
Após a dupla de estrelas do axé, foi a vez de o ritmo sertanejo tomar conta de quem curtia o Festival. Quarta atração da noite, a dupla Jorge e Mateus foi recebida aos berros por fãs de diversas partes do país, como Pernambuco, Goiás e São Paulo.
Com um público repleto de faixas e cartazes, os goianos embalaram o público com sucessos como “Flor”, “Noite e Dia” e “O que é que tem”. O convidado especial da dupla foi o também sertanejo Israel Novaes, que relembrou o seu primeiro grande sucesso, “Sinal disfarçado”, fazendo o público arrochar em pleno Parque de Exposições.
O encerramento do Festival de Verão ficou por conta do grupo Só Pra Contrariar, que se apresentou pela primeira vez no evento e marcou o retorno do vocalista Alexandre Pires a Salvador, que deixou a banda em 2002 e retornou em março de 2013.
Emocionado antes de entrar no palco, o cantor conversou com o Correio24Horas e falou da sensação de voltar a cantar pelo SPC. “Eu agradeço muito a eles, que são meus amigos, por terem me permitido seguir meu caminho sozinho e por me receberem de volta. Vou ficar dois anos na banda e vamos ver o que acontece”, disse.
Com todos os integrantes vestidos de branco, o SPC emocionou o público presente no Parque de Exposições ao som de canções dos anos 90, como que homenagearam grupos como Katinguelê, Molejo e Raça Negra.
Durante a canção “Que se chama amor”, Alexandre surpreendeu e chamou a atriz Camila Camargo, filha de Zezé di Camargo, para dançar com ele no palco. No fim da performance, o vocalista mandou um abraço para a família da jovem e elogiou a moça, que atuará na nova novela das 21h da Rede Globo, “Em Família”, de Manoel Carlos. “Essa menina acompanhou toda a trajetória do SPC. Ela é linda, especial. Um beijo para a família Camargo, que eu quero tanto bem”, disse emocionado.
No decorrer do show, sucessos como “Meu jeito de ser”, “Depois do prazer”, “O Samba não tem fronteiras”, “Compasso do Criador” (Katinguelê), “Samba Rock do Molejão” (Molejo), “Conto de Fadas” (Negritude Jr.) e “Cheia de Manias” (Raça Negra) também foram lembrados pelo grupo.

Palco Maurício de Nassau
Além dos artistas que agitaram o Palco 2014, quatro atrações se apresentaram no palco alternativo do Festival. Quem comandou a abertura foi o cantor e compositor Alexandre Peixe, que agitou o público com a música baiana.

Peixe deixou o palco após uma hora e logo seguiu para curtir o show da cantora Ivete Sangalo. “Não existe palco A ou palco B, é uma alegria muito grande tocar em um evento da proporção do Festival de Verão. O show estava cheio, com a galera cantando junto. Foi emocionante. Agora, quem sabe, eu me jogue ali no meio do povo para curtir o show de Ivete”, disse ao Correio24Horas.

Na sequência, o paraense Israel Novaes se apresentou para o público e cantou sucessos da carreira, como “Sinal Disfarçado” e “Vó, to estourado”. Em seguida, o cantor subiu no palco principal para cantar com a dupla Jorge e Mateus.

O palco alternativo também contou com as presenças do cantor mineiro Vander Lee, que embalou o público com sucessos antigos como “Iluminado” e “Românticos”, além do grupo Kart Love, que animou o público ao som de “Bem Perto”, canção que o grupo gravou recentemente com o cantor Xanddy, do Harmonia do Samba.

Professores municipais terão abono de até R$ 4 mil

Com o ano terminando no azul, a prefeitura de Salvador se prepara para dar o abono de fim de ano aos professores. De acordo com o colunista Biaggio Talento, do jornal A Tarde, restaram R$ 25  milhões nos cofres públicos, que devem, por lei, ser destinados à educação. Isso significa que, repartidos entre os profissionais do município, o abono pode chegar a R$ 4 mil. O anúncio deve sair até sexta-feira. Cada professor deve também ganhar um tablet para utilizar no trabalho. 

Salvador: ACM Neto confirma que não haverá feriado durante a Copa

O prefeito ACM Neto confirmou nesta segunda-feira, 16, que não deve decretar feriado municipal nos seis dias de jogos do mundial de futebol em Salvador. “Não é razoável parar a cidade por um mês por conta da Copa do Mundo”, justificou o prefeito, durante entrevista à rádio Metrópole. A intenção de não decretar feriado já tinha sido antecipada pelo Portal A Tarde. ACM Neto justifica a mudança de estratégias entre a Copa das Confederações deste ano, que teve três feriados, e a Copa de 2014, citando problemas no trânsito. “A cidade não tinha um calendário organizado e tinha problemas no trânsito, como o buraco na BR-324. Se não tivesse feito (decretado feriado) na Copa das Confederações, a cidade teria parado”, argumenta.

Prefeito de Salvador aprova punição para quem jogar lixo nas ruas

O prefeito ACM Neto sancionou nesta segunda-feira (16) projeto de lei que prevê punições a quem jogar lixo nas ruas de Salvador. Segundo o texto, todo cidadão soteropolitano fica proibido de descartar lixo “em locais inadequados da cidade”. Em caso de descumprimento, a pena será de multa, estabelecida de acordo com o tamanho do prejuízo causado pelo cidadão. Antes de imputar as penas, a prefeitura deve realizar uma campanha para informar a medida e promover a conscientização educativa sobre a importância de manter a cidade mais limpa. (BN)

Suspeito de integrar quadrilha que aplica golpes milionários em bancos é preso na Bahia

Carlos Alessandro Lins e Silva, um dos sócios da Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (Oscip) Hospital Popular da Bahia, foi preso durante a megaoperação realizada pela Polícia Civil nesta segunda-feira (11) para prender suspeitos de aplicar golpes milionários em bancos na Bahia, Rio de Janeiro, Paraná e Espírito Santo. Os Investigadores do Núcleo de Inteligência do Departamento de Polícia Metropolitana (Depom), da Polícia Civil da Bahia, prenderam “Carlinhos” sobre acusação de pertencer a uma quadrilha especializada na obtenção de empréstimos fraudulentos por meio de empresas fantasmas. Segundo o site Bocão News, Alessandro aparece nas investigações realizadas pela 54ª Delegacia Policial de Belford Roxo, na Baixada Fluminense, como sócio de Rogério Manso Moreira no Hospital Popular da Bahia, Oscip responsável junto a prefeituras pela negociação de serviços administrativos oferecidos a hospitais públicos. Rogério é apontado como líder e mentor da quadrilha, que também atua em outros estados.

Incêndio atinge monumento a Clériston Andrade, na Av. Garibaldi

Incêndio atinge monumento a Clériston Andrade, na Av. Garibaldi
Foto: Marcia Freire/TV Bahia

Um incêndio atinge, na tarde deste domingo (20), o Monumento a Clériston Andrade, instalado na Avenida Garibaldi, em Salvador. De acordo com informações do Correio, grandes chamas tomaram conta da obra, que foi feita pelo artista Mário Cravo Júnior. Não há registro de feridos no incidente e não há informações do que teria provocado o fogo. As chamas atingem a parte mais alta da estrutura. Bombeiros foram acionados e estão a caminho do local para combater as chamas. A Guarda Municipal da capital baiana também está no local. (Bahia Notícias)

Professora é estuprada e morta a facadas ao voltar do trabalho em Simões Filho

Uma professora de 31 anos foi atacada e assassinada em Simões Filho, município da Região Metropolitana de Salvador. De acordo com a Central de Polícia, o crime aconteceu por volta das 18h30 da quinta-feira (17), na avenida Paulo Soto. A vítima, Edileia de Jesus dos Santos, voltava para casa do trabalho quando foi abordada por um homens nas proximidades da escola Favo de Mel. Edileia foi atacada e violentada sexualmente pelo homem, que também a esfaqueou quatro vezes no pescoço, tórax e braço. Segundo a 22ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Simões Filho), a professora foi levada para um local deserto no momento do crime. Ela estava lúcido quando foi socorrida por uma ambulância do Serviço Médico de Urgência (Samu) para o Hospital Eduardo Alencar, mas não resistiu aos ferimentos e morreu após dar entrada na instituição. O homem que estuprou e assassinou a professora está foragido e ainda não foi identificado, mas ainda conforme informações preliminares da polícia, ele seria alguém que a vítima conhecia. O corpo de Edileia continua na unidade médica, e deve ser transferido para o Departamento da Polícia Técnica (DPT) de Salvador ainda nesta sexta-feira (18), antes de ser liberado para o sepultamento.

Em protesto contra o crime, moradores de Simões Filho fecharam a avenida Paulo Soto, via que dá acesso à rodovia BA-099, no início da manhã de hoje. Eles queimam pneus e seguram cartazes que demonstram indignação com o assassinato da professora. Ainda conforme a PM, a manifestação é pacífica e está sendo acompanhada pela polícia e pelo Corpo de Bombeiros da região. O crime será investigado pela 22ª Delegacia Territorial (DT/Simões Filho), mas até o momento o autor do crime ainda não foi localizado pela polícia. (Correio/Foto: Fala Simões Filho)

Hospital Aliança pode responder criminalmente por ‘atrasar’ prisão de médica, diz MP-BA

Os promotores do Ministério Público do Estado (MP-BA) estudam entrar com um processo criminal contra o Hospital Aliança, caso a unidade não explique satisfatoriamente o motivo de ter internado e mantido na unidade a médica Kátia Vargas Leal Pereira, 45 anos, acusada de matar dois irmãos em um acidente no bairro de Ondina, em Salvador. Durante coletiva de imprensa na tarde desta quarta-feira (16), os promotores Nivaldo Aquino e Davi Gallo afirmaram que já foi enviado um ofício ao centro de saúde, questionando o porquê de a acusada ter sido levada para a unidade onde está há mais de cinco dias. O laudo do Departamento de Polícia Técnica (DPT) aponta que a médica não sofreu “qualquer tipo de lesão” no acidente e teve apenas um “abalo emocional comum” em tal situação. No entanto, o hospital alegou que a paciente ainda teria de permanecer mais 24h internada e só poderia receber alta nesta quinta-feira (17). O promotor Nivaldo Aquino garantiu que se ficar provada a irregularidade na conduta do Aliança vai “entrar com uma ação criminal”. “Teve claramente o motivo de protelar a prisão”, completou o promotor Davi Gallo sobre a posição da institução de saúde.
O MP-BA também pediu explicações para o Serviço Móvel de Atendimento de Urgência (Samu), a fim de esclarecer o motivo de Kátia não ter ido para uma unidade pública, como estaria previsto na lei. O Samu alega que no caso de pacientes com plano de saúde há a possibilidade de encaminhamento para uma instituição particular. Os promotores pretendem investigar se houve algum tipo de equívoco do Samu que poderia gerar uma multa administrativa ou se existiu “algum tipo de favorecimento”. O advogado da família dos irmãos Emanuel e Emanuelle, Daniel Keller, afirmou que os parentes das vítimas esperam quatro medidas, sendo que duas já foram concluídas: prisão e denúncia da médica, além da condenação por crime doloso e pena máxima, que seria de 60 anos. A acusada deve ser levada ainda nesta quarta para um presídio feminino, onde ficará em uma cela separada, por ter ensino superior. (Bahia Notícia)

Mulher sofre fratura na coluna após ônibus passar por quebra-mola

Uma mulher de 59 anos sofreu uma fratura na coluna quando estava dentro de um ônibus urbano em Feira de Santanaa 108 km de Salvador. De acordo com a família de Zumira de Jesus Barbosa, o acidente aconteceu após o veículo passar por um quebra-mola.A filha da passageira, Fabiane Barbosa contou que ao passar pela estrutura urbana, Zumira foi projetada para cima e caiu do banco do veículo. Ela quebrou um dos ossos da coluna e teve que ser internada no Hospital Geral Clériston Andrade. Fabiane disse também que o médico da unidade informou que a mãe dela precisa ser transferida para Salvador, onde deverá fazer uma cirurgia para colocar uma prótese.
Fabiane reclama que a Empresa Princesinha, responsável pelo transporte da passageira, não forneceu assistência médica à família. De acordo com Roque Gomes, gerente da empresa de ônibus, o seguro já foi acionado para que a mulher possa fazer a cirurgia.
A Secretaria de Saúde da Bahia informou que Zumira de Jesus conseguiu uma vaga em um hospital de Salvador para fazer a cirurgia, e deve ser transferida para a capital baiana ainda nesta quarta-feira (16).(G1)


Presidente e governador anunciam metrô, VLT e BRT para Salvador e Região Metropolitana

O Governo da Bahia e a Companhia de Concessões Rodoviárias (CCR) assinaram, nesta terça-feira (15), o contrato de concessão do Sistema Metroviário de Salvador e Lauro de Freitas, no Gran Hotel Stella Maris, na capital baiana. Com a assinatura do contrato da Parceria Público-Privada, a Linha 1 será concluída e a Linha 2 implantada.

A solenidade teve a presença da presidente Dilma Rousseff, do governador Jaques Wagner, ministros, secretários baianos e outras autoridades.
Segundo o governador, serão investidos R$ 7,3 bilhões, incluindo verbas dos governos federal, estadual e municipal e da iniciativa privada, de modo que no final de 2014, a população vai poder circular e utilizar o metrô no primeiro trecho, que em seguida, será estendido até Cajazeiras/Águas Claras. Ele também lembrou que algumas obras já estão em andamento para facilitar a mobilidade urbana, a exemplo de viadutos, da duplicação da Avenida Pinto de Aguiar e da Via Expressa.
No evento, foi anunciada ainda a liberação de verbas para outras obras em Salvador, através do PAC Mobilidade. De acordo com a presidente, além do metrô de Salvador/Lauro de Freitas, do complemento da Linha 1, vai oferecer outras duas ações, melhorando o transporte público de Salvador, com a implantação de BRT (Bus Rapid Transit) da Lapa ao Iguatemi e de Águas Claras a Paripe, além do VLT (Veículo Leve sobre Trilhos) metropolitano (Comércio/Calçada/Paripe). 
(Secom  – Secretaria de Comunicação Social – Governo da Bahia)