Bahia: Governo anuncia fechamento de colégios do ensino fundamental, alunos serão transferidos

escolas
A Secretaria da Educação da Bahia anunciou o fechamento de algumas escolas estaduais do ensino fundamental. Além de Salvador, Feira de Santana, que fica a cerca de 100 km da capital, e Itabuna, no sul do estado, entre outras cidades, terão unidades afetadas. Os estudantes serão transferidos.
Ainda não há o número exato de quantas escolas serão fechadas. Algumas delas passarão a ser responsabilidade das prefeituras, como prevê as Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Segundo a Secretaria da Educação, as mudanças fazem parte de um reordenamento da rede.
“O reordenamento da rede escolar inclui a desobrigação do sistema estadual com prédios inadequados, mesmo que alugados, e a realocação dos estudantes para nossos prédios próprios”, falou o subsecretário da Educação Nildon Pitombo.
Contudo, os alunos das unidades que já foram comunicadas estão preocupados. Entre eles, está o estudante Almir Gonçalves, que é cego e estuda no Centro Estadual de Educação Magalhães Neto (Cea), na capital baiana.
escolas1
“Estudando aqui, a gente já sabe de manhã pra onde vem, já sabemos o professor que nós temos, ele já conhece a gente, as nossas dificuldades”, contou Almir.
Além dele, dona Esterlícia Pinto também teme a mudança. “Depois de 55 anos sem estudar, senti a necessidade de me atualizar no mundo moderno e resolvi estudar. Cheguei aqui, fui muito bem recebida. Os professores são extraordinários no método de ensino, e eu me adaptei rapidamente. Para mim, seria muito difícil uma readaptação”, disse dona Esterlícia.
O fechamento do Cea foi comunicado no dia 13 de novembro. Segundo a Secretaria da Educação, o Ministério Público da Bahia (MP-BA) disse que o local é inadequado para uma escola. Contudo, a coordenadora da unidade, Lúcia Campos, discorda. “Não tem problema na escola. A gente sempre está nos reunindo e indo, indo. Mesmo sem muitos recursos, a gente tenta levar ela à frente”, falou. Já em Itabuna e em Feira de Santana, estudantes fizeram manifestações nas portas das escolas nesta terça-feira (20).
escolas2
O Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado da Bahia (APLB) discorda das mudanças estimadas pelo governo.
“Os municípios basicamente estão sem um tostão. Então, você repassar uma responsabilidade do tamanho que é o ensino fundamental completo para os municípios, sem dinheiro, sem suporte, é jogar a educação na lata do lixo. Então, a gente quer discutir responsabilidade”, contou.
De acordo com o subsecretário da Educação, Nildon Pitombo, caso as prefeituras não tenham como administrar as escolas, o estado irá assumir os cuidados novamente. “Se o município disser que não tem condição de fazer com que acolha a municipalização, o estado manterá a oferta normalmente, sem nenhum prejuízo para as famílias, para os estudantes e para os gestores”, falou.

Curso de capacitação de produção orgânica de morangos é realizado na Chapada Diamantina

Foto: Quézia Santos. Ao lado esquerdo o palestrante e produtor rural André Mendes e os demais são participantes do evento.
Foto: Quézia Santos. Ao lado esquerdo o palestrante e produtor rural André Mendes e os demais são participantes do evento.

O curso de cultivo de arvores rasteiras, aconteceu em Seabra, na Escola Família Agrícola (EFA) de 12 à 14 de novembro, nos horários de 8 as 12 horas e à tarde de 13 as 17 horas. Esse curso é realizado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR),  em parceria com a Associação Educacional Agrícola do Território da Chapada,  a Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), o Conselho Estadual Quilombola da Bahia, e à Federação de Agricultura e pecuária do Estado da Bahia (FAEB).

Um dos assuntos abordados nesse curso de capacitação de produção orgânica de morangos é a frequência de trabalho e procedimentos técnicos, a serem utilizados. O produtor e palestrante André Mendes aborda alguns critérios necessários para pré-produção, tais como, identificar o Concorrente e se há demanda para a localidade que se pretende comercializar o produto.
Mendes afirma que “O filho do produtor quer ser, médico ou advogado. E questiona: quem vai cuidar da terra, quando o filho estiver longe”? Com isso há uma desvalorização do produto e a terra fica barata. Mas a produção de orgânico mantém a agricultura familiar, evitando assim o êxodo rural e possibilitando melhores condições de salário com renda semanal considerável. Oferece com isso, perspectiva de mudança quando permite sair da condição de trabalhador para produtor de orgânicos.

(mais…)

Instituto Ponte Nova de Wagner está entre as escolas que o Governo do Estado pretende desativar

ipn3

A direção do IEPN – Instituto Estadual Ponte Nova, localizado na cidade de Wagner, na Chapada Diamantina, recebeu na última segunda-feira (05), um parecer da Secretaria Estadual da Educação tratando da desativação daquela unidade escolar. A diretora Ana Célia Santana Bispo, que é uma apaixonada pela educação, ao receber a notícia, tratou de reunir-se imediatamente com os professores, funcionários e alunos, quando foi combinado a ida à Câmara de Vereadores para expor o problema, o que aconteceu no mesmo dia. Cientes da situação, os vereadores se prontificaram em levar o assunto para o jurídico da câmara para tentar reverter a situação.

O prefeito Elter Bastos também foi procurado pela diretora para ajudar no caso. O mesmo também se mostrou bastante comovido com a situação e de pronto, agendou uma viagem à Salvador onde se reuniu com  a Secretária Estadual de Educação em exercício,  Isabela Paim, o Deputado Federal eleito, Marcelo Nilo, e o deputado Estadual eleito, Marcelo Veiga, no intuito impedir o fechamento da instituição de ensino centenária.

ipn1
Prefeito Elter Bastos, Secretária Estadual de Educação Isabela Paim, oDeputado Federal eleito, Marcelo Nilo, e o deputado Estadual eleito, Marcelo Veiga

O Colegiado Escolar se reuniu nesta quinta-feira (08), quando foi lançado um abaixo-assinado que estará disponível para a população a partir de amanhã (09) e sábado(10),  na feira-livre de cidade, o mesmo será anexado aos oficios que serão encaminhados à Secretaria da Educação do Estado.

Em dezembro do ano passado, após repercussão de um vídeo publicado pela diretora, alegando dificuldades para reformar a unidade escolar, o  então secretário da Educação Walter Pinheiro, esteve em Wagner visitando o IPN, quando na oportunidade prometeu realizar a reforma solicitada pela diretora, porém, segundo informações, até a presente data, não aconteceu. (mais…)

A UNEB, Campus XXIII de Seabra, comemora seus 15 anos de atuação

Apresentação1

A UNEB de Seabra está em festa. O campus foi criado em 2002, através do Decreto nº 8.354 de 31 de outubro daquele ano, e a promoção de suas atividades foram iniciadas em 2003 no Centro de Treinamento de Líderes (CTL). São, portanto, 15 anos de atividades.

Para a diretora do Campus, Profª Drª. Renata Nascimento, a palavra que define a UNEB em Seabra é “Resistência!”. Conforme a diretora, a universidade tem esse caráter acolhedor e de luta pela promoção dos direitos e das oportunidades educacionais aos indígenas, quilombolas e de todos sem distinção.

“É a Universidade gratuita da Chapada Diamantina que tem caráter popular e inclusivo de bastante relevância para a comunidade. Lembramos que a Universidade é a casa do saber crítico, da formação cidadã em sua totalidade. Temos o desafio da resistência em tempos temerosos e difíceis que estão por vir. A marca da UNEB é a Resistência, são muitas as vitórias ao longo desses anos como a construção da nova sede”, ressalta a diretora.

De acordo com o técnico universitário Elvis Soares, são bem perceptíveis os resultados da UNEB na Chapada: “a UNEB aqui representa a consolidação do ensino superior, de maior oportunidade educacional e inclusiva. Além de formar alunos seu papel vai além ao promover uma real integração social da região de Seabra, alavancando seu desenvolvimento”, afirmou.

Nessa perspectiva o técnico da UNEB, que é da cidade vizinha, Palmeiras, foi estudante de uma das primeiras turmas do curso de Letras. Ele aponta ainda que comemorar os 15 anos tem um sentido bem mais amplo que é o de transformação da realidade regional, pois os alunos egressos dessa Universidade ganham uma nova visão sobre a dimensão da realidade e modificam suas próprias comunidades, destacando as vitórias e a importância de muitos programas, cursos de extensão que existem na UNEB e que já mudaram a vida de tantos alunos. (mais…)

Aluno do Colégio Zenaide Barreto, Utinga, se destaca na OBAQ 2018

cezab

O evento de premiação da OBAQ 2018 ocorreu no último dia 25 de outubro no Salão Nobre da Reitoria da UFBA em Salvador. Contou com as presenças do Magnífico Reitor da UFBA, o Dr João Carlos Salles, do Professor e Coordenador da OBAQ, Lafaiete Almeida Cardoso, professores da UFBA e de escolas públicas e particulares de vários municípios da Bahia. Contou também com representes de empresas privadas que apoiam o evento, além das estrelas da noite, jovens alunos e familiares. A cidade de Utinga esteve representada pelo Colégio Estadual Professora Zenaide Barreto nas pessoas do Vice Diretor João Mário Sena, da Professora Joseane, da Professora Jvonildes e do aluno Elder Gabriel. Este foi a grande estrela do interior, numa competição dominada por alunos da capital, especialmente das escolas particulares, Gabriel ganhou destaque ao receber três medalhas em um notebook. O jovem utinguense recebeu medalhas de menção honrosa no geral, aluno destaque de escola pública (único aluno do interior da Bahia nesse quesito), além de 1° lugar de escolas estaduais regulares da Bahia. O Colégio Estadual Professora Zenaide Barreto também recebeu diploma como escola pública destaque do interior da Bahia. (Texto: João Mário Sena)

A PROVA
No segundo semestre de 2018 foi realizada a XIII edição da Olimpíada Baiana de Química (OBAQ), evento que permite a participação de estudantes do Ensino Médio de escolas públicas de ensino regular, Institutos Federais (IFBAs), Escolas Militares e escolas da rede particular. (mais…)

Secretário da Educação Walter Pinheiro visita Colégio Estadual em Utinga e avalia melhorias

De acordo com o secretário Walter Pinheiro, a visita deu a oportunidade de avaliar mudanças na estrutura física e pedagógica da escola | FOTO: Divulgação/Ascom |
De acordo com o secretário Walter Pinheiro, a visita deu a oportunidade de avaliar mudanças na estrutura física e pedagógica da escola | FOTO: Divulgação/Ascom |

O secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro, realizou na última sexta-feira (28), uma vistoria do Colégio Estadual Zenaide Alves Barreto, no município de Utinga, na Chapada Diamantina. Na oportunidade, Pinheiro e uma equipe técnica do órgão central percorreram a unidade, que passou por uma pintura completa, para avaliar novas melhorias na infraestrutura, além de discutir novas ofertas de ensino.

De acordo com Pinheiro, a visita deu a oportunidade de avaliar mudanças na estrutura física e pedagógica da escola. “Nós passamos para verificarmos novas melhorias na escola, que teve recentemente sua pintura refeita. Discutimos com os gestores novas ofertas de ensino que devem ser debatidas e sugeridas pela comunidade escolar, assim como algumas implementações, como um sistema para a captação da água da chuva”, disse.

O diretor da escola, Júlio Neto, falou da importância da visita. “É fundamental essa aproximação entre a Secretaria da Educação e a escola, que é a base. Conversar e mostrar pessoalmente nossas necessidades encurta uma distância que muitas vezes não é bem interpretada por quem está na sede do órgão. Por isso foi muito proveitoso essa visita que ainda resultou em uma boa proposta para novas ofertas de ensino para os 800 estudantes da unidade”, completa. (Jornal da Chapada)

Inquérito sobre caso de professor humilhado em sala de aula é concluído e encaminhado ao MP

professor thiago
Professor Thiago dos Santos Conceição foi humilhado e agredido em sala de aula no RJ — Foto: Reprodução/TV Globo

O inquérito sobre o caso de humilhação do professor Thiago dos Santos Conceição, de 31 anos, foi concluído na noite desta quarta-feira (27), em Rio das Ostras, no Interior do Rio.

O delegado Carmelo Santalucia ouviu os seis estudantes envolvidos. O maior de idade pode ser denunciado por constrangimento, desacato, dano ao patrimônio público e corrupção de menores. Já os menores de idade podem ser submetidos a medidas socioeducativas por atos infracionais análogos a esses crimes.

Segundo o delegado, o caso foi encaminhado ao Ministério Público na manhã desta quinta. Os menores de idade foram encaminhados para a Vara da Infância e da Juventude.

(mais…)

Colégio Estadual do Bonito realiza Projeto #TransformaÊ: Virada Educacional Bahia – Escolas que acolhem

transformaÊ2018

O Colégio Estadual do Bonito participou nesta sexta-feira (21), da terceira edição do projeto #TransformaÊ : Virada Educacional Bahia, que este ano trouxe como tema, Escolas que Acolhem.

Foram 12 horas seguidas de ações, apresentações culturais e mobilizações que se iniciaram às 8 da manhã com a Caminhada pela Vida – Setembro Amarelo, onde alunos e professores saíram pelas ruas da cidade com apoio de carro de som, faixas e panfletos chamando a atenção para necessidade de prevenção contra o suicídio.

t1
Tipagem sanguínea: Alunos puderam fazer o teste para saber o tipo sanguíneo e fator Rh

 

WhatsApp Image 2018-09-21 at 11.58.36 (1)
Aferição da pressão arterial

Durante todo o dia, diversas ações e oficinas formam realizadas na unidade escolar, como: corte costura, maquiagem, sobrancelhas, corte de cabelo, aferição de pressão arterial, tipagem sanguínea, teste rápido de doenças sexualmente infecciosas, além de apresentações musicais, poesia e teatro com alunos(as) participantes dos projetos estruturantes – FACE, TAL e FESTE.

IMG_2561
Enfermeira Clara Zilli fala sobre doenças e infecções sexualmente transmissíveis

Além dessas ações e apresentações, aconteceram também palestras com profissionais da saúde onde os estudantes tiveram a oportunidade de esclarecer suas dúvidas com relação às doenças sexualmente infecciosas e, meios de prevenção. (mais…)

Wagner: Instituto Ponte Nova completa neste domingo (12), 112 anos de história e educação

ipn1

No próximo domingo, dia 12 de agosto, o Colégio Instituto Ponte Nova completa 112 anos de história e educação. Em julho publicamos um pouco da história da cidade onde o colégio faz parte. Agora é a vez de saber um pouco do aniversariante.

Colégio, situado no município de Wagner, no estado da Bahia, fundado em 1906 por missionários, teve grande importância no desenvolvimento do ensino na Chapada Diamantina e na expansão do presbiterianismos do Brasil. Raízes fincadas numas cultura centenária, com idéias voltadas para um ser supremo cujo lema é ” Deus é pátria aqui sempre lembrados ” a comunidade é formada de um povo acolhedor interessado nas questões escolares de seus filhos.

Os missionários norte-americanos vieram à Bahia em caráter religioso, chegando aqui adquiriu uma propriedade e lançou as bases de uma escola em agosto de 1906, fazendo da nova escola um ponto de referência para todo sertão baiano antes conhecida com Escola Americana Ponte Nova, mais tarde denominada Instituto Ponte Nova. A escola buscou consolidar a formação cidadã numa educação de qualidade que atraiu gente da Bahia e outros estados também, as instalações físicas como salas de aulas, auditório, internatos deram ao povoado uma posição de destaque entre outras localidades vizinhas.

Encontramos arquivo de fotos daquela época existiam um jornal que se chamava ” O Sertão ” da região de Lençóis, na Chapada Diamantina. O instituto ponte nova era sempre notícia no Jornal no ano de 1928, 1941.

O IPN sempre tinha, naquela época, grandes nomes no esporte de campo e futsal até nos dias de hoje são lembrados e marcados como Zelito, Nego, Roque, Zé Carlos, Américo, Tuquinha, Juarez, Vei Tim, Castelo, Marco Sena e Agnaldo, alguns deles só deixam recordações. (mais…)

Escola Municipal Treze de Junho realiza Projeto Exposição de Linguagens

WhatsApp Image 2018-05-22 at 17.50.34

Aconteceu nesta segunda-feira (21), na Escola Municipal Treze de Junho, localizada na cidade de Bonito, a culminância do Projeto Exposição de Linguagens. Os resultados de parte destas aprendizagens, continuam expostos nas paredes da Escola Municipal Treze de Junho.

WhatsApp Image 2018-05-22 at 17.50.40(1)

Durante toda a unidade os alunos produziram conhecimento, escreveram textos em Língua Portuguesa, Educação Física e Língua Inglesa, criaram belos mosaicos e esculturas nas aulas de Artes, orientados pelas aprendizagens do Plano de Ensino.

Para o Diretor Rivelino Pires, exibir as produções feitas em sala de aula é uma etapa relevante da aprendizagem. (Blog do Léo Barbosa)WhatsApp Image 2018-05-22 at 17.50.42(1)

Veja mais imagens!

(mais…)