Com estudos em fase final, SEC se prepara para lançar edital de Certificação e eleição escolar

eleições dirigentes
A Secretaria de Educação do Estado (SEC) está concluindo os estudos para publicação, “nos próximos dias”, do edital de certificação dos candidatos para a realização da Eleição de Dirigentes Escolares para a próxima gestão. Segundo o presidente do APLB-Sindicato, Rui Oliveira, representantes da categoria se reuniram com o secretário de Educação, Jerônimo Rodrigues, em três oportunidades e ficou acertado que a eleição acontecerá até dezembro.

Gestores vinham levantando questões sobre o pleito, uma vez que até o momento não tinham sido divulgadas informações oficiais com previsão de realização do Exame de Certificação, exigido para que os candidatos possam formar chapas e concorrer à gestão escolar, e nem de datas para a realização do pleito. Os educadores suspeitavam do adiamento da eleição para 2020, fato que foi negado pela SEC.

Assim como os do Legislativo e Executivo, os mandatos de gestão escolar duram quatro anos. A última eleição aconteceu no final de 2015 e os gestores assumiram os cargos em janeiro de 2016. (Bahia Notícias)

Colégio Estadual do Bonito realiza Projetos Estruturantes e #TransformaÊ: Virada Educacional Bahia 2019

ceb

Aconteceu nesta quinta-feira (19), a etapa escolar dos Projetos Estruturantes – FACE, TAL, AVE e DANCE,  no Colégio Estadual do Bonito. Neste dia, os alunos tiveram a oportunidade de apresentar suas produções nos diversos segmentos artísticos.

Os Projetos Estruturantes constituem uma categoria composta por um conjunto de projetos que, além de implementarem políticas educacionais, buscam a reestruturação dos processos de gestão pedagógicos, a diversificação e inovação das práticas curriculares e, como consequência e foco principal, a melhoria das aprendizagens.

camile e welson breno
FACE: Camile Oliveira (1º lugar) e Welson Breno (2º lugar)

Já nesta sexta-feira (20), foi a vez do #TransformaÊ – Virada Educacional 2019, em sua 4ª edição que trouxe o tema Escolas que Acolhem. No Colégio Estadual do Bonito foram desenvolvidas diversas atividades durante todo o dia, com oficinas de música  dança, teatro, culinária, maquiagem, apresentações culturais rodas de conversas e serviços como: cortes de cabelo, aferição de pressão arterial, testes rápidos, tipagem sanguínea, além de palestras com a Psicóloga Edimária, com o tema “Depressão”  e com o  Educador Físico Marcos Neiva. (mais…)

Aluno de Bonito é premiado na OBMEP

obmep bonito

Nesta Segunda (26), no Auditório da UEFS, o aluno Lucas Lima de Assis, da Escola Municipal 13 de Junho, recebeu Homenagem pelo excelente desempenho na 14ª Olimpíada Brasileira de Matemática nas Escolas Públicas – OBMEP (2018). Ao seu lado, esteve o Professor Rafael Anjos – que representou o homenageado Professor Washington Araújo, também professor da Escola Municipal Treze de Junho.
A conquista do brilhante Lucas, nos enche de orgulho e confirma que Bonito está no caminho certo, tendo a Educação como norte.

Professores e estudantes protestam no Campo Grande contra cortes na Educação

Foto: Ailma Teixeira / Bahia Notícias
Foto: Ailma Teixeira / Bahia Notícias

Professores e estudantes protestam, na manhã desta quarta-feira (15), no Campo Grande, em Salvador, contra cortes nas verbas da Educação. Os manifestantes gritam palavras de ordem contra os governos do presidente Jair Bolsonaro (PSL), que anunciou corte de 30% no orçamento das universidades e institutos, e de Rui Costa (PT), que enfrenta uma greve dos docentes universitários na Bahia.

Ao Bahia Notícias, os organizadores estimaram que 10 mil estejam no protesto. “Este corte é uma brutalidade muito grande contra a universidade. A interrupção significa interromper o próprio futuro do país”, reclamou o professor de sociologia da Universidade Federal da Bahia (Ufba),  Antônio Câmara.

Estudante de 14 anos do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (IFBA), Maria Eduarda, também criticou os cortes. “O nosso futuro está em jogo. E, se a gente não lutar, quem vai lutar por nós?”, questionou, ao lado da colega Annelie Christinne, de 15 anos.

Um militante, que não teve o nome divulgado, ressaltou que “não é apenas a situação federal, mas a situação estadual também” é grave, ao se referir a greve das quatro universidades estaduais baianas. “É preciso mandar um recado para Rui Costa”, bradou.

Rui se reuni com Diretores e Coordenadores da rede estadual na Chapada Diamantina para discutir a educação

_Governador e secretário Jerônimo Rodrigues participam de encontro com gestores e coordenadores pedagógicos em Lençóis - Foto_ Mateus Pereira_GOVBA
Governador e secretário Jerônimo Rodrigues participam de encontro com gestores e coordenadores pedagógicos em Lençóis – Foto: Mateus Pereira/GOVBA

Com a finalidade de discutir demandas da rede estadual de Educação, o governador Rui Costa se reuniu com diretores, vice-diretores e coordenadores pedagógicos em Lençóis, na região da Chapada Diamantina, nesta quarta-feira (27). “O objetivo desses encontros é aproximar ainda mais a Secretaria da Educação de cada unidade escolar, conhecendo as boas referências, boas práticas e os excelentes resultados, como uma das escolas aqui que está entre os três melhores Idebs [Índice de Desenvolvimento da Educação Básica] da Bahia. Também ouvimos as necessidades e carências das escolas, além das medidas de curto e médio prazo que precisam ser adotadas para fortalecer a educação no estado”, explicou o governador.

Os profissionais são ligados a 39 unidades escolares que pertencem ao Núcleo Territorial de Educação de Seabra (NTE 3). O encontro promovido pela Secretaria de Educação do Estado contou com a presença do titular da pasta, Jerônimo Rodrigues, do sub-secretário Danilo Melo, além da equipe técnica da Secretaria.

_Governador e secretário Jerônimo Rodrigues participam de encontro com gestores e coordenadores pedagógicos em Lençóis - Foto_ Mateus Pereira_GOVBA (2)
Governador e secretário Jerônimo Rodrigues participam de encontro com gestores e coordenadores pedagógicos em Lençóis – Foto: Mateus Pereira/GOVBA

“Com todos unidos, conseguimos resolver os problemas operacionais, de infraestrutura e também de formação, para que a escola esteja pronta para seguir com o processo de aprendizagem dos nossos alunos”, afirmou o secretário da Educação, Jerônimo Rodrigues.

Este foi o terceiro encontro realizado do total de 27 que já estão programados para acontecer em várias partes do estado. A ação faz parte da estratégia que busca a melhoria dos índices educacionais na Bahia.

Visita

Após a reunião com professores, o governador ainda visitou a escola estadual no município, o Centro Educacional Renato Pereira Viana. Na ocasião, foram discutidas possibilidades de melhorias na infraestrutura da unidade de ensino.

_Governador e secretário Jerônimo Rodrigues participam de encontro com gestores e coordenadores pedagógicos em Lençóis - Foto_ Mateus Pereira_GOVBA (1)

Governo do Estado decide fechar o Colégio Modelo de Jacobina no turno noturno, deixando estudantes revoltados

A decisão da Secretaria de Educação do Estado, atingirá dezenas de jovens estudantes do ensino médio
A decisão da Secretaria de Educação do Estado, atingirá dezenas de jovens estudantes do ensino médio

Nesta sexta-feira, 25 de janeiro de 2019, recebemos uma carta aberta dos professores e alunos do Colégio Modelo de Jacobina, repudiando o fechamento do turno noturno da instituição.

A decisão da Secretaria de Educação do Estado, atingirá dezenas de jovens estudantes do ensino médio, que não terão condições de estudar em outro período, devido aos seus trabalhos.
Fonte: Augusto Urgente!
Leia a nota abaixo:
CARTA ABERTA À COMUNIDADE

(mais…)

15 fatos históricos que podem cair no Enem 2019

enen2019

Os processos seletivos, assim como a sociedade, mudam e evoluem ao longo dos anos. Atualmente, as provas têm exigido cada vez mais conhecimentos gerais dos estudantes, mesclando informações da sociedade com competências específicas. Com isso, fatos históricos e datas relevantes no contexto político-social costumam estar presentes nas avaliações.

Maurício Paz, professor de História do Colégio Positivo, explica que o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), principal processo seletivo do país, tende a ser o mais nacionalista possível. “O Enem tem se mantido, no âmbito da prova de ciências humanas, com um perfil de teste que exige conhecimentos e reflexões acerca da realidade brasileira. Assim sendo, temas relacionados ao Brasil são mais recorrentes do que temas internacionais. Mas quando as questões fazem alguma referência a um fato ou temática internacional, é comum que elas estabeleçam relações com a realidade brasileira”.

(mais…)

Bahia: Veja o que muda com PL de Rui que altera sistema de gratificações a professores

pl rui
O governador Rui Costa (PT) enviou à Assembleia Legislativa (AL-BA) um Projeto de Lei (PL) que cria novas regras para a concessão das chamadas gratificações de estímulo ao aperfeiçoamento profissional. O benefício é dado a professores do estado que se especializaram ou fizeram algum curso com objetivo de melhorar a qualidade de ensino.
Entre as mudanças propostas pelo governador está a redução do percentual dado aos professores que completaram pós-graduação, mestrado e doutorado. O Executivo ainda sugere que fique sem direito ao benefício, servidores que estiverem em escolas que não atinjam metas estipuladas pelo governo e façam cursos com menos de 360 horas.
Nos outros artigos propostos, o governador sugere o aumento da rigidez para a concessão dos benefícios aos professores. O Bahia Notícias analisou o projeto que altera a lei n° 8.261 de 29 de maio de 2002, enviado pelo Executivo, e elencou as mudanças. A medida faz parte da tentativa do governador de equilibrar as contas da Bahia e deve ser analisada pela AL-BA na próxima semana.

(mais…)

Rui envia à AL-BA projeto que altera gratificações pagas para professores do estado

rui costa corta

O governador Rui Costa (PT) enviou à Assembleia Legislativa (AL-BA) um Projeto de Lei que propõe a diminuição das gratificações pagas a professores do estado que concluírem cursos de aperfeiçoamento como pós-graduação, mestrado e doutorado. A medida faz parte do pacote econômico e reforma administrativa proposta pelo governador reeleito.

Com a urgência aprovada, os deputados estaduais devem apreciar a matéria do governador na próxima semana. A proposta elimina completamente aumentos pagos para professores que completarem cursos com durações menores do que de 360 horas. Atualmente, professores com cursos de aperfeiçoamento, com duração de carga horária a partir de 80 horas até 360 horas têm direito a uma gratificação que varia entre 5% a 15%.

No projeto, a gratificação paga a profissionais que concluírem mestrado ou doutorado é reduzida. A taxa de aumento dada para mestrandos deve ir de 20% para 15% e a gratificação para aqueles com doutorado passará a ser de 20%, no lugar dos 25% habituais.

A medida é mais uma dose do “chá amargo” elaborado pelo governo para combater o déficit da previdência estadual. De acordo com cálculos da Secretaria da Fazenda da Bahia (Sefaz), o rombo previdenciário deve atingir o patamar de R$ 8 bilhões até 2022, se nenhuma medida for tomada. (Bahia Notícias)

 

Bahia: Governo anuncia fechamento de colégios do ensino fundamental, alunos serão transferidos

escolas
A Secretaria da Educação da Bahia anunciou o fechamento de algumas escolas estaduais do ensino fundamental. Além de Salvador, Feira de Santana, que fica a cerca de 100 km da capital, e Itabuna, no sul do estado, entre outras cidades, terão unidades afetadas. Os estudantes serão transferidos.
Ainda não há o número exato de quantas escolas serão fechadas. Algumas delas passarão a ser responsabilidade das prefeituras, como prevê as Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Segundo a Secretaria da Educação, as mudanças fazem parte de um reordenamento da rede.
“O reordenamento da rede escolar inclui a desobrigação do sistema estadual com prédios inadequados, mesmo que alugados, e a realocação dos estudantes para nossos prédios próprios”, falou o subsecretário da Educação Nildon Pitombo.
Contudo, os alunos das unidades que já foram comunicadas estão preocupados. Entre eles, está o estudante Almir Gonçalves, que é cego e estuda no Centro Estadual de Educação Magalhães Neto (Cea), na capital baiana.
escolas1
“Estudando aqui, a gente já sabe de manhã pra onde vem, já sabemos o professor que nós temos, ele já conhece a gente, as nossas dificuldades”, contou Almir.
Além dele, dona Esterlícia Pinto também teme a mudança. “Depois de 55 anos sem estudar, senti a necessidade de me atualizar no mundo moderno e resolvi estudar. Cheguei aqui, fui muito bem recebida. Os professores são extraordinários no método de ensino, e eu me adaptei rapidamente. Para mim, seria muito difícil uma readaptação”, disse dona Esterlícia.
O fechamento do Cea foi comunicado no dia 13 de novembro. Segundo a Secretaria da Educação, o Ministério Público da Bahia (MP-BA) disse que o local é inadequado para uma escola. Contudo, a coordenadora da unidade, Lúcia Campos, discorda. “Não tem problema na escola. A gente sempre está nos reunindo e indo, indo. Mesmo sem muitos recursos, a gente tenta levar ela à frente”, falou. Já em Itabuna e em Feira de Santana, estudantes fizeram manifestações nas portas das escolas nesta terça-feira (20).
escolas2
O Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado da Bahia (APLB) discorda das mudanças estimadas pelo governo.
“Os municípios basicamente estão sem um tostão. Então, você repassar uma responsabilidade do tamanho que é o ensino fundamental completo para os municípios, sem dinheiro, sem suporte, é jogar a educação na lata do lixo. Então, a gente quer discutir responsabilidade”, contou.
De acordo com o subsecretário da Educação, Nildon Pitombo, caso as prefeituras não tenham como administrar as escolas, o estado irá assumir os cuidados novamente. “Se o município disser que não tem condição de fazer com que acolha a municipalização, o estado manterá a oferta normalmente, sem nenhum prejuízo para as famílias, para os estudantes e para os gestores”, falou.